ELE TÁ FICANDO FORTE: Osmar Filho junta lideranças de 5 municípios só de uma lapada

Foto Divulgação

Dando seguimento a sua caminhada rumo ao Legislativo Estadual, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), demonstrou força ao reunir nesta semana lideranças de cinco municípios da Baixada Maranhense que apoiam seu nome.

No encontro realizado na noite desta quinta-feira (16), em Pinheiro, o vereador reuniu apoiadores dos municípios de Viana, Penalva, Matinha, Cajari e São Vicente Ferrer.

Estamos firmes nesta luta. Temos certeza que Osmar Filho vai representar a nossa Baixada na Assembleia”, disse o ex-vice-prefeito de São Vicente Ferrer, Lelé Aroucha.

O apoio a pré-candidatura do vereador ludovicense também foi declarado pelo vice-prefeito de Cajari, Constâncio, que disse acreditar nesta vitória da Baixada Maranhense nas próximas eleições.

A Baixada, com suas vocações, vem progredindo a cada dia. O nosso objetivo é ser mais uma voz em defesa da região na Assembleia Legislativa”, disse Osmar.

O pedetista aproveitou para declarar apoio a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT), também presente na reunião, ao Governo do Estado: “O ideal é termos um governador parceiro, para que nossas reivindicações em favor da região possam ter a atenção que merecem”.

O encontro ainda contou com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB); do presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier; e do deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT).

A agenda de Osmar Filho em Pinheiro também incluiu uma entrevista à Rádio Pinheiro FM; reunião com o prefeito da cidade, Luciano Genésio (PP) e um grupo de vereadores; e participação no encontro regional da caravana “O Maranhão Mais Feliz”, em apoio a pré-candidatura de Weverton, que acontece no início da noite desta sexta-feira (17).

Caxias distribui bolsas pelo PROUNI Municipal, programa pioneiro no Maranhão

Reitor Marcos Aurélio, prefeito Fábio Gentil e o vereador Mário Assunção

Caxias assumiu o papel de protagonista no Estado do Maranhão ao ofertar bolsas de estudo 100% gratuitas para estudantes de baixa renda e oriundos da escola pública que almejam ingressar em uma universidade particular, com a condição de ter apenas o compromisso de não ficar reprovado. Isso, graças ao Prouni Municipal, um programa que surgiu a partir de um indicativo de projeto de lei do vereador Mário Assunção ao Poder Executivo.

É um programa pioneiro no estado. Outros prefeitos já tentaram implantar, sem êxito; a exemplo do ex-prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior, que em um encontro recente com o vereador Mário Assunção, o elogiou junto com o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, pela coragem da iniciativa, confessando inclusive que quando gestor pensou em construir mesmo projeto, mas desistiu com o início da pandemia.

Certo também que a força política e social de Mário Assunção colaborou para convencer o prefeito da importância do Prouni Municipal; pois com essa adesão, a universidade transforma um percentual do Imposto Sobre Serviço (ISS) que deveria destinar à prefeitura em bolsas de estudo.

“A Prefeitura de Caxias irá bancar 100% do curso que o aluno quiser cursar no município. Não é financiamento, será uma bolsa gratuita pelo Município. Esse é um projeto que todo gestor do Brasil deveria entender a importância”, declarou Fábio Gentil no lançamento do programa, que ocorreu na programação alusiva ao 1º de agosto, dia da adesão de Caxias à Independência do Brasil.

E de lá para cá a administração pública não perdeu tempo. Já ocorreu a seleção dos alunos, a divulgação do resultado e até mesmo as matrículas, pois o ingresso na instituição conveniada neste primeiro momento, que é o Centro Universitário UniFacema, com 15 bolsas de estudos em 09 cursos, é para este segundo semestre.

Agradeço a secretária de Educação, Ana Célia Damasceno, e ao prefeito por transformar esse projeto em realidade. A partir de agora, temos caxienses de forma gratuita estudando em universidade particular. E não para por aí! Agora vamos atrás das universidades que têm EAD, que não pagam impostos para o município de Caxias, notificá-las, pois têm que pagar o ISS para o Município e, assim, aderir também ao Prouni Municipal e poder doar bolsas de estudo”, afirma o vereador Mário Assunção.

MP vai vigiar o VIGIA que fatura R$ 6 mil em Mirador

Prefeita Domingas Cabral

A gestão de Domingas Cabral em Mirador está sob suspeita de uma prática que virou rotineira na administração pública no país.

Conforme denunciou o site ‘Enquanto Isso no Maranhão’, na folha de pagamento do município um vigilante aparece com super salário de R$ 5.410,00 enquanto um professor recebe R$ 3.533,00.

A disparate chama a atenção para a prática de ‘rachadinha’ uma vez que o dinheiro recebido pelo suposto vigilante pode estar indo parar em outro bolso que não seja o dele.

Foto Reprodução

Mas isso somente o Ministério Público deve apurar e VIGIAR!

Tuntum terá escola militar em 2022

Escola Militar em Tuntum

Uma equipe da Prefeitura de Tuntum esteve reunida nesta semana com o alto comando da Polícia Militar do Maranhão em vistoria técnica à Escola Gilza Léda, estrutura que servirá de base para implantação do 1º colégio militar do município. As aulas estão previstas para serem iniciadas no próximo ano.

Prefeito Fernando Pessoa

Entusiasmado, o prefeito Fernando Pessoa, que lutou bastante para a chegada do ensino militar na cidade, comemora.

Nossa educação está avançando e temos certeza que estamos na rota do desenvolvimento educacional e pedagógico”, ressalta Fernando Pessoa.

2º turno Datafolha: Lula tem 56%, Bolsonaro 31%

Lula e Bolsonaro. Foto Reprodução

O Instituto Datafolha divulgou hoje (17) mais uma pesquisa referente à eleição presidencial de 2022.

Lula segue na liderança e venceria Bolsonaro no segundo turno. No levantamento  o ex-presidente petista obteve 56% contra 31% do atual presidente.

Vale ressaltar que Lula também venceu nas simulações de disputa com os outros candidatos no segundo turno. Já Bolsonaro perde em todos os cenários apresentados na pesquisa que ouviu 3.667 pessoas entre os dias 13 e 15 de setembro em 190 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

Confira mais detalhes da pesquisa Datafolha AQUI

Icatu recebe duas novas viaturas para reforçar a Segurança Pública no município

Foto Divulgação

O prefeito Walace Azevedo, recebeu, nesta quinta-feira(16), duas novas viaturas para reforçar o trabalho das Polícias Militar e Civil em Icatu, os veículos foram entregues pelo secretário estadual de segurança pública, Jefferson Portela. A cerimônia aconteceu na praça principal da cidade, contou com a presença de autoridades e à população em geral.

O secretário de Estado de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, avaliou que a entrega é um reforço significativo ao setor de segurança em Icatu. “Hoje estamos consolidando nossas ações em combater ferozmente a criminalidade em Icatu, é um plano estratégico de reposicionamento de novas viaturas para esta região, do ponto de vista do controle operacional. Estes veículos estarão 24 horas por dia monitorando a sede e a zona rural, vamos encurralar a criminalidade e proteger o cidadão de bem”, frisou.

A medida de hoje dá continuidade ao plano de apoio e reestruturação da Segurança Pública. O reforço das novas viaturas vai auxiliar nas ações de policiamento na região, no combate ao crime e fortalecendo as ações de segurança em todo o Maranhão.

De acordo com o prefeito Walace, o município tem intensificado as ações para fortalecer a segurança em Icatu, estabelecendo parcerias com as forcas policiais.

Só temos a agradecer ao governador Flavio Dino e ao secretário estadual de segurança, Jefferson Portela. A chegada das viaturas vai ajudar muito nas ações de combate à criminalidade executadas pelas Polícias Civil e Militar em Icatu. Entendemos que é importante o município apoiar e contribuir para que os moradores se sintam mais seguros, por isso mesmo, temos adotado uma série de ações que tem reforçado o combate à criminalidade em nossa cidade”, destacou.

As viaturas recebidas são equipadas com tecnologia adequada para o trabalho de monitoramento, comunicação e demais serviços operacionais realizados pelas polícias. Contam ainda com potência e tração nas quatro rodas, permitindo acesso a diversos tipos de áreas, e na condução de suspeitos.

Mais empregos: Obras do polo Metal Mecânico são iniciadas em Açailândia com apoio da Seinc

Foto Divulgação

Os trabalhos na cadeia produtiva do aço, em Açailândia, agora têm mais um incentivo: início das obras para instalação do polo Metal Mecânico, projeto que vai abrigar empresas de todo o Brasil que demandam aço, administrado pela empresa Aço Verde do Brasil (AVB), que contou com pleno apoio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc).

Nesta primeira etapa de construção, em uma área correspondente a 29 hectares, serão construídos 10 lotes e seis galpões.

De acordo com Simplício Araújo, secretário da Seinc, o polo Metal Mecânico é mais um empreendimento que entra no catálogo de investimentos apoiados pelo Governo do Estado para trazer mais desenvolvimento, emprego e renda para o Maranhão.

O Maranhão ofereceu as condições necessárias para ajudar na implementação desse projeto. Ficamos felizes com o início das obras, que representam, acima de tudo, esperança e concretização de sonhos para a população que, agora, poderá constituir a mão de obra local desse polo. Na outra ponta, a cadeia produtiva do aço também será incentivada continuamente”, garantiu Simplício Araújo.

Foto Divulgação

O projeto do condomínio empresarial abrigará os negócios que demandam aço – matéria-prima da AVB. O aço produzido também será a fonte de matéria-prima para as novas empresas do segmento da metalurgia que já se instalaram e podem, futuramente, se instalar em Açailândia, no novo polo metalomecânico que o Maranhão vai receber.

O empreendimento vai reforçar as potencialidades de Açailândia como polo produtor de aço e, com o condomínio empresarial, o adensamento da cadeia produtiva e o ciclo de fomento ao desenvolvimento empresarial serão favorecidos pela logística do Estado, formada por matéria-prima, ferrovias, rodovias, portos e eletricidade, o que vai reduzir custos dos empresários.

A PATA DO LEÃO PARTE 2: Mais 15 deputados declaram apoio a Brandão

Foto Reprodução

O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) recebeu em sua residência um grupo numeroso de deputados estaduais na noite desta quarta-feira (15). Os parlamentares de vários partidos reafirmaram apoio ao futuro governo do tucano, ao mesmo tempo que hipotecaram apoio à sua futura pré-candidatura à reeleição.

Carlos Brandão deve assumir o comando do executivo estadual em abril do próximo com a renúncia do governador Flávio Dino (PSB), em obediência às regras eleitorais que prevê a desincompatibilização para quem exerce cargos públicos no governo e pretendam disputar as eleições. O pessebista vai concorrer vaga ao Senado.

Participaram do encontro com o vice governador os deputados Adelmo Soares (PCdoB), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Ana do Gás (PCdoB), Zé Inácio (PT), Ariston Ribeiro (Republicanos), Thaiza Hortegal (PP), Socorro Waquim (MDB), Arnaldo Melo (MDB), Edson Araujo (PSB), Rafael Leitoa (PDT), Fábio Macedo (Republicanos) Paulo Neto (DEM), Iglesio Moisés (Prós), Rildo Amaral (Solidariedade), além dos primeiros-damos Cleomar Tema, representado a deputada Daniela Tema (DEM), e Stênio Rezende, batendo ponto em nome da esposa Andreia Rezende (DEM).

Além do número consistente de deputados, chamou a atenção a pluralidade de partidos representados.

Com a exceção do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), todos os demais deputados do partido comunista marcaram presença. Do MDB, Socorro Waquim e Arnaldo Melo, que vem ao longo do tempo fazendo gestos ao vice-governador, reafirmaram seus compromissos não somente de apoiar o tucano, mas de lutarem para que o partido decida pelo projeto Brandão.

A visita política ao vice-governador foi organizada pelos deputados Rafael Leitoa, Paulo Neto e Adelmo Soares, maiores entusiastas do futuro Governo Brandão. Pelo menos outros cinco parlamentares, que não puderam ir, justificaram suas ausências. Um deles foi o deputado Duarte Júnior (PSB), que comemorava seu aniversário quando do encontro.

Por Gilberto Léda

A PATA DO LEÃO PARTE 1: Após 30 anos no PDT, Ivaldo Rodrigues anuncia desfiliação

Ivaldo Rodrigues

Um dos membros mais aguerridos do PDT no Maranhão, o ex-vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues, anunciou sua desfiliação do partido.

Pelo PDT, Ivaldo foi vereador de São Luís por quatro mandatos consecutivos, líder de governo e exerceu a função de secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento e Articulação Política. Atualmente é secretário adjunto da Agricultura Familiar.

Ivaldo Rodrigues deixou o suspense no ar do seu futuro partidário. Mas é inegável que ele foi fiel aos projetos do PDT, desde Jackson Lago até Weverton Rocha. E seja qual for o seu destino, ele deve se tornar um fiel escudeiro.

Ao longo dos últimos 30 anos da minha vida, estive apenas em um partido, o PDT – onde desenvolvi o início da minha jornada política, mas como todo ciclo, esse também se encerra.

Hoje saio do PDT com a consciência tranquila, por minha contribuição com este partido, como presidente da juventude, presidente do partido, vereador e secretário.

Agradeço a todos os queridos companheiros de partido, em especial no nome do pres. nacional, @carloslupi , do senador e pres. estadual , @wevertonrocha e do presidente municipal @raimundopenha”, declarou Ivaldo Rodrigues.

Por Diego Emir

Não conseguindo passar do Estreito dos Mosquitos, Edivaldo ‘empaca’ na Ilha

Edivaldo Holanda Júnior

Mais de um mês depois do ato político em que formalizou sua filiação e pré-candidatura ao Palácio dos Leões em 2022 pelo PSD, o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, tem evitado viajar pelo interior do Maranhão.

Pouco conhecido depois do Estreito dos Mosquitos, que separa a Ilha de Upaon-Açu do continente, Edivaldo tem mantido apenas agendas na própria capital, a maioria dentro da própria residência.

O isolamento destoa do histórico montado pelo seu marketing eleitoral, de que poderia transitar pela cidade livremente porque teria deixado a gestão municipal com alta aprovação popular. Por consequência, sugere que o projeto político que traçou para a eleição do ano que vem não é para valer ou tende a implodir, possibilidade que prejudicaria neoaliados.

Também longe de entrevistas, Edivaldo Júnior impede questionamentos desagradáveis sobre casos de suposta corrupção e de como deixou São Luís para seu sucessor, Eduardo Braide (Podemos).

ATUAL 7