Caxias: Força Tarefa vai intensificar fiscalização a eventos e a concessão de licenças

Foto Divulgação

Órgãos públicos municipais e estaduais estiveram reunidos para discutir a liberação de licenças para eventos, bem como trabalhar ações conjuntas de fiscalização que serão realizadas nos próximos dias, o cumprimento da legislação vigente e o funcionamento correto de estabelecimentos no município de Caxias (MA).

Estiveram presentes na reunião, representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Secretaria Municipal de Segurança, Secretaria Municipal adjunta de Transportes, Secretaria Municipal Adjunta de Articulação Política, Secretaria Adjunta da Receita, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Outros órgãos de grande importância também devem integrar uma força tarefa, como o Conselho Tutelar, a Coordenação Municipal de Juventude, o Ministério Público e a Vara da Infância e Juventude.

Nós ficamos felizes com a atitude da coordenação da Secretaria em deliberar como devem funcionar as festas na cidade. O Corpo de Bombeiros fez sua explanação para a Polícia Militar, Guarda Municipal e outros órgãos do município. Queremos chegar a um senso comum para que possamos trazer benefícios para a comunidade”, destaca Major Ricardo Almeida, comandante do 2º BPM.

Hoje tivemos uma reunião importante para que o poder público municipal e estadual trate uniformemente a autorização para eventos em Caxias (MA)”, frisa Alcides Martins, delegado regional.

Hoje, estivemos com os órgãos reunidos para organizar um trabalho em conjunto, visando disciplinar a realização de eventos em busca do bem-estar da população e da coletividade. Nós temos recebido denúncias de abusos por toda cidade, isso é um problema que precisa ser resolvido. Nós vamos precisar do apoio do Ministério Público, do Juizado de Menores, do Conselho Tutelar, dentre outros”, afirma Pedro Marinho, secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil.

Na oportunidade foi divulgado um Termo de Ajustamento para Licenciamento de Eventos e Afins, que deve ser observado para a concessão de licenças para eventos.

Para eventos esporádicos em logradouros públicos, as licenças só serão concedidas depois que os seguintes órgãos autorizarem: Secretaria Municipal de Transportes ou Urbanismo, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil e Delegacia de Polícia da área do evento.

Licenciamento de locais fixos, como bares, casas de eventos e afins, só serão liberados após a autorização dos seguintes órgãos: Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Delegacia de Polícia da área do evento e Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Administração (Fazenda – Tributos).

Caxias distribui bolsas pelo PROUNI Municipal, programa pioneiro no Maranhão

Reitor Marcos Aurélio, prefeito Fábio Gentil e o vereador Mário Assunção

Caxias assumiu o papel de protagonista no Estado do Maranhão ao ofertar bolsas de estudo 100% gratuitas para estudantes de baixa renda e oriundos da escola pública que almejam ingressar em uma universidade particular, com a condição de ter apenas o compromisso de não ficar reprovado. Isso, graças ao Prouni Municipal, um programa que surgiu a partir de um indicativo de projeto de lei do vereador Mário Assunção ao Poder Executivo.

É um programa pioneiro no estado. Outros prefeitos já tentaram implantar, sem êxito; a exemplo do ex-prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior, que em um encontro recente com o vereador Mário Assunção, o elogiou junto com o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, pela coragem da iniciativa, confessando inclusive que quando gestor pensou em construir mesmo projeto, mas desistiu com o início da pandemia.

Certo também que a força política e social de Mário Assunção colaborou para convencer o prefeito da importância do Prouni Municipal; pois com essa adesão, a universidade transforma um percentual do Imposto Sobre Serviço (ISS) que deveria destinar à prefeitura em bolsas de estudo.

“A Prefeitura de Caxias irá bancar 100% do curso que o aluno quiser cursar no município. Não é financiamento, será uma bolsa gratuita pelo Município. Esse é um projeto que todo gestor do Brasil deveria entender a importância”, declarou Fábio Gentil no lançamento do programa, que ocorreu na programação alusiva ao 1º de agosto, dia da adesão de Caxias à Independência do Brasil.

E de lá para cá a administração pública não perdeu tempo. Já ocorreu a seleção dos alunos, a divulgação do resultado e até mesmo as matrículas, pois o ingresso na instituição conveniada neste primeiro momento, que é o Centro Universitário UniFacema, com 15 bolsas de estudos em 09 cursos, é para este segundo semestre.

Agradeço a secretária de Educação, Ana Célia Damasceno, e ao prefeito por transformar esse projeto em realidade. A partir de agora, temos caxienses de forma gratuita estudando em universidade particular. E não para por aí! Agora vamos atrás das universidades que têm EAD, que não pagam impostos para o município de Caxias, notificá-las, pois têm que pagar o ISS para o Município e, assim, aderir também ao Prouni Municipal e poder doar bolsas de estudo”, afirma o vereador Mário Assunção.

Equatorial esclarece falta de energia na Câmara de Vereadores de Caxias

Equatorial Energia em São Luís

*Nota de Esclarecimento*

Sobre adiamento da audiência pública na Câmara Municipal de Caxias que aconteceria na manhã dessa segunda-feira (13), às 9h, a Equatorial Maranhão esclarece que a mudança da data foi uma decisão dos vereadores. Os representantes da distribuidora estavam no local, no horário combinado.

Cabe esclarecer ainda, que a falta de energia na região aconteceu das 7h40 às 8h50 e foi ocasionada por uma ave (urubu) que se chocou contra a rede e causou o dano.

A Distribuidora reforça o comprometimento em atender a todos e esclarecer as demandas que envolvam rede elétrica e estará novamente presente na data escolhida pela Câmara de Caxias.

*Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão*

Vereador Mário Assunção pede volta das aulas presenciais em Caxias

Foto Reprodução

Primeiro orador do Pequeno Expediente da sessão desta segunda-feira (30), na Câmara Municipal, o vereador Mário Assunção pediu aos colegas de parlamento pressão política para o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino de Caxias.

Mário Assunção iniciou com uma saudação especial aos alunos da Escola Eugênio Barros, que já retornaram às aulas presenciais, presentes na galeria da Câmara.

É impressionante o foço educacional que vai ficar, porque os meus filhos, por exemplo, que estudam em escola particular desde o começo do ano, tão indo para escola de forma normal, e não tem justificativa científica ou de saúde o não retorno às aulas, pois o nível de contaminação de criança é muito pequeno. Para você ter noção, lá na escola onde meus filhos estudam, do começo do ano para cá só 02 alunos, da escola toda, se contaminaram com covid-19”, frisou o parlamentar.

O vereador lembrou que todos os professores e funcionários da rede municipal de ensino já estão vacinados com a primeira e a segunda dose, além de todo um preparo que há nas escolas para receber os alunos. “Esse ano os alunos do 5º ano vão fazer a prova de avaliação do Ideb. Imagine que nota vamos ter no Ideb do nosso município com esses alunos que não retornam às aulas”, indagou.

Reconhecendo o esforço da Secretaria de Educação com o ensino por televisão e rádio, Mário chamou atenção para as crianças da zona rural, que nem todas têm acesso a esses recursos.

Eu queria pedir à Comissão de Educação, pedir aos vereadores para gente se unir em um só som e que a gente consiga até quarta-feira trazer essa informação de maneira precisa, o dia que vão se retornar as aulas da rede municipal de ensino. Próxima semana nós vamos ter um feriado, que é o feriado de 7 de setembro; eu acredito que a gente poderia, aí já é a título de sugestão, para a secretária e o prefeito, que na próxima semana seja uma semana de ambientação para os professores e funcionários, e aí depois, na semana seguinte, já ter o retorno desses alunos à escola”, sugeriu Assunção.

Segundo o vereador, “todos os estudos mostram que nós vamos perder toda essa geração, porque não se recupera um ano e meio de 100 aula, nem 10 anos de aula voltando”.

Mais

Relatando visita ao município de Coelho Neto, o vereador observou que as aulas lá já voltaram de forma normal, e não foi apresentado nenhum surto de covid-19 por causa disso. As escolas do Estado desde o início de agosto que voltaram às aulas; também não se tem informação de nenhuma contaminação em massa por causa do retorno às aulas.

Acho que chegou o momento da gente se unir e convencer o prefeito Fábio Gentil que Caxias tem que ser pioneira em tudo, inclusive no retorno às aulas na rede municipal de ensino”, finalizou.

Prouni Municipal: Caxias é pioneira no Maranhão com programa de distribuição de bolsas em universidade particular

Foto Divulgação

Caxias assumiu o papel de protagonista no estado do Maranhão ao ofertar bolsas de estudo 100% gratuitas para estudantes de baixa renda e oriundos da escola pública que almejam ingressar em uma universidade particular, com a condição de ter apenas o compromisso de não ficar reprovado. Isso, graças ao Prouni Municipal, um programa que surgiu a partir de um indicativo de projeto de lei do vereador Mário Assunção ao Poder Executivo.

É um programa pioneiro no estado. Outros prefeitos já tentaram implantar, sem êxito; a exemplo do ex-prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior, que em um encontro recente com o vereador Mário Assunção, o elogiou junto com o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, pela coragem da iniciativa, confessando inclusive que quando gestor pensou em construir mesmo projeto, mas desistiu com o início da pandemia.

Certo também que a força política e social de Mário Assunção colaborou para convencer o prefeito da importância do Prouni Municipal; pois com essa adesão, a universidade transforma um percentual do Imposto Sobre Serviço (ISS) que deveria destinar à prefeitura em bolsas de estudo.

“A Prefeitura de Caxias irá bancar 100% do curso que o aluno quiser cursar no município. Não é financiamento, será uma bolsa gratuita pelo Município. Esse é um projeto que todo gestor do Brasil deveria entender a importância”, declarou Fábio Gentil no lançamento do programa, que ocorreu na programação alusiva ao 1º de agosto, dia da adesão de Caxias à Independência do Brasil.

E de lá para cá a administração pública não perdeu tempo. Já ocorreu a seleção dos alunos, a divulgação do resultado e até mesmo as matrículas, pois o ingresso na instituição conveniada neste primeiro momento, que é o Centro Universitário UniFacema, com 15 bolsas de estudos em 09 cursos, é para este segundo semestre.

Agradeço a secretária de Educação, Ana Célia Damasceno, e ao prefeito por transformar esse projeto em realidade. A partir de agora, temos caxienses de forma gratuita estudando em universidade particular. E não para por aí! Agora vamos atrás das universidades que têm EAD, que não pagam impostos para o município de Caxias, notificá-las, pois têm que pagar o ISS para o Município e, assim, aderir também ao Prouni Municipal e poder doar bolsas de estudo”, afirma o vereador Mário Assunção.

Paulo Marinho Jr é o favorito para deputado federal, revela pesquisa em Caxias

Paulo Marinho Jr

O vice-prefeito de Caxias, Paulo Marinho Júnior (PL), mais bem votado para o cargo de deputado federal em 2018 na cidade com mais de 30 mil votos, deve repetir a votação, pelo menos é o que aponta recente pesquisa do Instituto DataIlha. Números obtidos pelo Blog Diego Emir, apontam liderança do filho do ex-prefeito Paulo Marinho na disputa por uma vaga na Câmara Federal.

Na pesquisa espontânea, Paulo Marinho Júnior lidera com 2,4%. A segunda colocada é a filha do prefeito Fábio Gentil, Amanda Gentil, que aparece com 1,6%. Ainda são citados Rubens Júnior com 0,5% e Carlos Lula com 0,3%.

Na pesquisa estimulada, o atual vice-prefeito possui 43,7% contra 16,9% da filha do prefeito. Nesse quesito, Rubens Júnior aparece com 13,9%; Felipe Camarão com 2,9% e os demais pontuam com menos de 1%.

Se Paulo Marinho Júnior manter esse percentual para a disputa de 2022, ele pode garantir quase 37 mil votos, o que seria muito importante para ajudá-lo a eleger federal.

Vale lembrar que existe uma disputa interna entre o vice-prefeito e a filha do prefeito para a disputa de federal e um tenta convencer o outro a ser deputado estadual.

Foto Divulgação

Do Blog do Diego Emir

Mário Assunção, vereador de Caxias, cumpre agenda em Brasília

Foto Divulgação

A convite do deputado federal Edilázio Jr, o vereador Mário Assunção cumpre agenda em Brasília nesta quarta-feira (4). O parlamentar caxiense está acompanhado de seu assessor especial David Lobato e do presidente da Frente Brasileira de Habitação Popular (PFBHP), Pablo Said.

Na ocasião, Mário Assunção prestigiou a filiação do ex-prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Jr, no PSD (partido o qual o vereador é filiado); e visitou o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Estamos aqui imbuídos na construção de um Maranhão melhor e, com certeza, de uma Caxias cada vez melhor”, afirma Mário Assunção.

Caxienses com 45 anos ou mais ou com doenças crônicas a partir dos 18 anos seguem sendo vacinados

Foto Divulgação

A Prefeitura de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, segue vacinando a população contra a covid-19. Nesta terça-feira (15), a gestão municipal ampliou mais uma vez a faixa etária de vacinação para o grupo de pessoas com doenças crônicas (comorbidades), que agora já podem ser vacinados a partir de 18 anos, e do público em geral, para pessoas a partir de 45 anos.

A enfermeira responsável pela vacinação no Ginásio de Esporte Governador João Castelo, Rosangela Oliveira, explicou sobre o processo de vacinação para pessoas com comorbidades. “As pessoas que têm comorbidades, têm que trazer uma declaração ou uma receita, se for hipertensa ou diabética, pelo menos dos últimos 6 meses. Caso ela não tenha essa receita, ela pode pegar uma declaração com a enfermeira da Unidade Básica de Saúde (UBS) da sua área e trazer para gente. Nós vamos ficar aqui direito, até às 17h, não fecha ao meio dia. O movimento está intenso, por conta da mudança de faixa etária. Estamos aqui para atendermos a todos”, frisou.

O artista, Fábio Alex, que se vacinou contra a covid-19, falou sobre a ansiedade para tomar vacina. “A gente estava ansioso, porque nesse momento difícil, perdemos muita gente querida, amigos, que trabalhavam conosco. Então, é uma esperança que renasce no coração da gente. Se Deus quiser vai dar tudo certo”, disse.

Estava muito ansiosa que chegasse logo a minha vez. Foi um momento muito importante”, disse Sonia Maria, de 52 anos, após se vacinar contra a covid-19.

A imunização está acontecendo, de segunda a sábado, das 8h às 17h, no Ginásio João Castelo e de segunda a sexta, das 8h às 17h, no Caxias Shopping (somente drive thru).

Operação ‘Hesíodo’: PF desarticula associação criminosa em Caxias e Timon

Operação ‘Hesíodo’. Foto: PF

A Polícia Federal no Maranhão deflagrou na manhã de hoje (10), a Operação “Hesíodo”, com o objetivo de desarticular facção criminosa com ramificação em vários Estados da federação, inclusive no Maranhão, responsável por tráfico de armas, drogas, crimes violentos e lavagem de dinheiro.

A investigação faz parte do desdobramento de um inquérito policial instaurado inicialmente para investigar grupos criminosos com envolvimento em roubos contra instituições financeiras e a transportadoras de cargas no interior maranhense.

Operação ‘Hesíodo’. Foto: PF

Durante o transcorrer das investigações, revelou-se de forma incisiva a existência, em algumas regiões do interior do Maranhão, de pessoas ligadas a facção criminosa com atuação em âmbito nacional, sendo angariados indícios para acreditar que os investigados possam estar integrados àquela facção criminosa, ou, ao menos, estar auxiliando em suas atividades ilícitas, especificamente dentro de células criminosas atuantes em determinadas cidades como Caxias/MA e Timon/MA.

Os investigados teriam tarefas bem definidas dentro do grupo criminoso, alguns com a incumbência de serem o braço armado do grupo, realizando cobranças de dívidas, outros por realizarem a venda de drogas e armas e alguns por serem operadores financeiros para lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal representou judicialmente perante o Juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de São Luís/MA, especializada em crimes praticados por organizações criminosas, tendo sido deferidos 24 mandados de busca e apreensão, 14 mandados de prisão temporária, além de constrição patrimonial.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Caxias/MA, Timon/MA e Teresina/PI.

Operação ‘Hesíodo’. Foto: PF

Para cumprimento das medidas cautelares foram empregados 102 Policiais Federais, com apoio da Polícia Civil de São Luís, que trouxe cães farejadores, além dos grupos táticos do Comando de Operações Táticas – COT e apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional – CAOP, grupos esses especializados em operações de alto risco.

Os envolvidos, caso condenados, podem responder em tese pela prática de crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, tipificados, respectivamente, nos arts. 2º da Lei 12.850/13, art. 1º da Lei 9.613/96, art. 33, “caput” da Lei 11.343/06 e art. 12 da Lei 10.826/03.

Hesíodo foi um poeta grego que escreveu a obra Teogonia, na qual fez referência a origem de monstros da mitologia grega que espalhavam terror e miséria.

Confira imagens da operação em andamento.

Caxias tem 1º dia de vacinação contra covid para profissionais da comunicação

Foto Divulgação

A vacinação para profissionais da comunicação teve início nesta quarta-feira (02), em Caxias (MA). A gestão municipal, seguindo a orientação da Secretaria de Saúde do Estado, incluiu este grupo na lista de prioridades para vacinação contra covid-19 no município. Trabalhadores autônomos e de veículos de comunicação puderam se imunizar, após a comprovação de que desenvolvem a atividade.

Foto Divulgação

Para a jornalista, Marcela Ramos, receber a primeira dose da vacina é gratificante. “Receber a dose da esperança, é muito gratificante. Nós comunicadores também estamos diariamente na linha de frente para deixar todos informados, nada mais justo que também sermos vacinados. Agradeço à Deus, pois sei que é providência dele, e que por meio dele foram instituídos os cientistas que fizeram a vacina, agradeço ao governador e ao prefeito Fábio Gentil por estarem sempre lutando em prol de todos os caxienses e nos dá a oportunidade de hoje estarmos sendo vacinados”, disse.

Foto Divulgação

Todas as categorias, principalmente a imprensa, está muito envolvida com as comunidades e diariamente entram em contato com pessoas. Uma hora iria chegar a vez da imprensa, é um momento importante. Se você faz parte da imprensa precisa realmente se imunizar, e a gente espera que em pouco tempo todos possam estar imunizados”, frisa Mano Santos, repórter.

Foto Divulgação

A repórter, Nice Ribeiro, falou sobre a esperança que a vacina traz para os profissionais da comunicação. “Há um ano e meio estamos trabalhando, mostrando todos os públicos e o avanço da vacinação. Hoje é um dia marcante para nós. Daqui em diante, vamos para as ruas, com a esperança de estarmos mais seguros. Torcendo também para que a vacina chegue para todos”, destacou.

David Peres, jornalista, destacou a importância do trabalho da imprensa em levar informações sobre a Covid-19 para a população. “Sabemos o quanto tem sido difícil enfrentar esse desafio, de fazer todas as coberturas necessárias, durante a pandemia. Sempre nos expondo aos perigos de contaminação, informando a população da importância de se proteger contra o vírus, informando a população dos locais de vacinação, mostrando o drama das famílias das pessoas que morreram por conta da pandemia, sempre nos expondo a estes riscos. Então, como não tem vacina para todo mundo, vão se formando grupos prioritários e graças a Deus, chegou a nossa vez. Estou extremamente feliz, a vacina é uma prioridade para todos os brasileiros, mas infelizmente não tem para todos. Eu estou muito feliz e espero que tenha vacina para todo mundo em breve. Vacina sim”, ressaltou.