Família Genésio comemora vitória de Lúcio André sobre o Covid-19


A notícia se espalhou rapidamente pelas redes sociais e grupos de aplicativo de mensagem, a recuperação do empresário Lúcio André colocou um ponto final no medo e sofrimento das últimas semanas, sentido pela família Genésio, amigos e admiradores do empresário. O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, publicou nas redes sociais o registro do momento em que o irmão deixou a unidade de saúde.

“Só tenho a agradecer a Deus e a todos que estiveram em oração com a nossa família pela recuperação do meu irmão, um guerreiro, que recebeu alta hoje (4), e já se encontra em casa”, disse Luciano Genésio na publicação.

Foram dias de muita oração e angústia. Após obter a confirmação do diagnóstico de covid-19, Lúcio André se manteve em isolamento social por alguns dias, até que devido ao agravamento dos sintomas teve que ser internado no hospital Carlos Macieira em São Luís. Apresentando o sintoma mais grave da doença, a insuficiência respiratória, Lúcio André chegou a ter 100% do pulmão comprometido, foi intubado e induzido ao coma, passou 25 dias na Unidade de Tratamento Intensivo – UTI. Em entrevista o prefeito Luciano muito abalado disse ter certeza da recuperação do irmão, e hoje comemora junto a família.

“Agradeço aos amigos que deram força e suporte a nossa família, a todo o corpo médico que esteve diariamente colaborando com a recuperação do Lúcio, em especial ao chefe da equipe, Dr. Marco Antônio, a Dra. Alexiana e ao diretor do Hospital Carlos Macieira, Dr. Edilson Junior. Agradeço imensamente também a toda população de Pinheiro, que esteve nos mandando mensagens positivas e orações durante esses dias agoniantes. O Coronavírus não é brincadeira. Cuide da sua saúde e de todos ao seu redor. Obrigado de coração pelo apoio. Foi essencial para nos manter firmes e confiantes na recuperação”, finalizou Luciano.

 

 

Morre o delegado da PCMA, Marco Antônio, vítima da Covid-19

Delegado Marco Antônio

Foi a óbito neste sábado (6), o Delegado Marco Antônio Ramos Fonseca, da Polícia Civil do Maranhão. Ele estava com Covid-19 e ficou internado por 22 dias no Hospital São Domingos, em São Luís.

Marco chegou a ser entubado mas não resistiu às complicações da doença.

Morre o vocalista da banda Carrapicho, vítima da Covid-19

Zezinho Corrêa, mais uma vítima da Covid-19

O tic-tac do relógio da vida do cantor Zezinho Corrêa acaba de silenciar.

Ele morreu em decorrência do agravamento da covi-19.

O artista estava internado em estado grave desde o início de janeiro.

Zezinho Corrêa tinha o nome ligado à Banda Carrapicho, da qual fez parte desde 1980. Tanto o é que nos últimos anos estava sendo anunciado como Zezinho do Carrapicho.

Ele e a banda conquistaram Manaus e o interior do Estado cantando forró como o “Fica comigo”, que marcou a explosão do grupo no Amazonas.

Toada

Mas foi com a toada do boi bumbá de Parintins que Carrapicho e Zezinho romperem o ambiente regional e nacional e conquistaram o mundo.

Esse sucesso global veio em 1996 com o Tic Tic Tac, do pescador Braulino Lima.

A toada já havia sido lançada pelo boi Garantido em 1993, numa antiga fita cassete, mas estourou no França em 1996.

A música fez tanto sucesso entre os franceses que conquistou a Europa e hoje é um dos sucessos musicais mais traduzidos do Brasil, na história recente da música.

Zezinho e Carrapicho já tinham experimentado cantar toadas antes do conquistarem a Europa. Eles gravaram a toada “Mensageiro da paz”, de J. Carlos Portilho, anos antes.

Depois da explosão mundial de Zezinho e da banda com a música de Braulino, eles insistiram na toada gravando “Ritmo quente” e “Canto envolvente”, de Alex Pontes e Mailson Mendes, do grupo Canto da Mata.

As duas toadas eram muito executadas no Amazonas, mas não repetiram o mesmo sucesso do cartão de visita que entregaram na Velho Mundo.

Arte

Zezinho atuou como ator e funcionário de carreira do Serviço Social do Comércio (Sesc), onde atuava como animador cultural.

Idade

Zezinho morreu com o segredo de sua idade, sobre a qualquer evitava falar. Amigos do artista, porém, arriscavam dizer que ele tinha mais de 60 e/ou menos de 70.

Após a publicação desta matéria, a família informou que ele tinha 69 anos de idade.

Fonte: BNC AMAZONAS

TCE vai acompanhar cumprimento de Planos de Vacinação em todo o Estado

Foto Reprodução

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) vai apreciar nesta quarta-feira (03) projeto de Decisão Normativa da Secretaria de Fiscalização do órgão voltado para o controle da campanha de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) em todo o Estado. A decisão obriga os gestores públicos estaduais e municipais a divulgarem seus Planos de Vacinação em seus respectivos Portais da Transparência, sob pena do pagamento de multa

Ao garantir maior publicização dos planos, a decisão objetiva garantir maior efetividade ao Planos de Vacinação, permitindo seu acompanhamento por parte da população em geral, e em especial pelos conselheiros sociais, que exercem um papel importante no processo.

Além da publicação dos planos nos Portais, Estado e município terão ainda que enviar toda a documentação relativa ao órgão de controle, via sistema eletrônico, e também responder a um questionário relacionado à execução do serviço de imunização. O questionário aborda aspectos como disponibilidade de agulhas e seringas, pagamento de pessoal, priorização dos grupos de riscos e categorias, alocação correta dos recursos, quantidade de insumos, etc.

Em relação ao governo do Estado, responsável pela distribuição dos insumos e dos recursos públicos aos municípios, o TCE vai querer saber também sobre como está sendo feito o acompanhamento dos Planos municipais. “Ou seja, vamos saber como Estado está acompanhando a execução do Plano Estadual, que se desenvolve por meio dos municípios. Temos conhecimento de municípios que ainda não elaboraram seu Plano de Vacinação, o que é um evidente absurdo a essa altura”, observa o secretário de Fiscalização, Fábio Alex Melo.

De acordo com o secretário, a partir da aprovação da Decisão Normativa, os gestores terão um prazo curto para o envio dos relatórios e dez dias para a publicação dos planos de vacinação em seus portais. “A partir daí a Secretaria de Fiscalização irá representar pelo pagamento de multa visando forçar o cumprimento da determinação”, conclui Melo.

Morre o empresário Henry Duailibe, vítima da Covid-19

Henry Duailibe (à esquerda)

Faleceu nesta segunda-feira (1º), aos 66 anos de idade, Henry Duailibe, empresário maranhense da área de construção civil, proprietário da Ducol e também da Duvel, concessionária da Ford em São Luís.

Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês em São Paulo e foi a óbito em decorrência de complicações da Covid-19.

O TSUNAMI SE APROXIMA

Foto Reprodução

Por Fernando Reinach

“Tudo indica que um tsunami vai atingir o Brasil”, diz Fernando Reinach, biólogo molecular, em artigo publicado nesta sábado no Estadão. Na semana passada, o pesquisador já alertava para a vulnerabilidade das vacinas diante das novas cepas mutantes do Covid-19. Desta vez, Fernando Reinach volta a avisar que as vacinas não conseguem eficácia contra as cepas inglesas e sul-africanas, sendo que a de Manaus, mais virulenta, é uma grave e perigosa incógnita, pois as vacinas existentes nem foram testadas contra as mutações.

No artigo publicado hoje no Estadão, Reinach informa:

“A Europa e Manaus já estão sofrendo com novas cepas do Sars-CoV-2, que se espalham rapidamente. Elas são difíceis de controlar, aumentam o número de mortes por 100 mil habitantes, e conseguem ludibriar parcialmente o sistema imune dos já infectados e vacinados.

Para tentar deter a disseminação da cepa mutante que surgiu na Inglaterra, a Europa emprega a solução de trancar a população em casa e vacinar em questão de semanas todo o grupo de risco com as vacinas da Pfizer e Moderna. E na falta destas, com a vacina da AstraZeneca. Mas são alternativas inócuas diantes das novs mutações.

A cepa inglesa, a B.1.1.7, é três vezes mais resistente aos anticorpos presentes nas pessoas que tiveram covid-19 causada pelo SARS-CoV-2 original, e duas vezes mais resistente aos anticorpos presentes nas pessoas vacinadas.

Ou seja, não somente ela se espalha rapidamente, mas parece possuir características que a ajudam a despistar a resposta do sistema imune.

Já a cepa da África do Sul, a B.1.351, é muito mais preocupante. Ela não é bloqueada pelos anticorpos monoclonais, é de 11 a 33 vezes mais resistente aos anticorpos presentes no soro de pessoas previamente infectadas, e de 6,5 a 8,6 vezes mais resistente que o vírus original aos anticorpos gerados pelas vacinas da Pfizer e Moderna.

A conclusão é de que essas duas cepas, que estão se espalhando pelo mundo, podem tornar inúteis os anticorpos monoclonais que estão sendo desenvolvidos como tratamento e devem ameaçar de forma significativa a eficácia das vacinas. É por esse motivo que a Pfizer e a Moderna já anunciaram que estão desenvolvendo novas versões de suas vacinas.

Esse estudo não analisou a nova cepa de Manaus (semelhante à cepa sul-africana), e não analisou a capacidade das três cepas (Inglaterra, África do Sul e Manaus) de burlar as defesas criadas pelas vacinas Cononavac e AstraZeneca. Ou seja, não sabemos ainda as propriedades da cepa de Manaus, e também não sabemos nem como as vacinas que dispomos vão se comportar diante dessas novas cepas.

É uma questão de tempo a disseminação dessas cepas pelo Brasil, mas muito provavelmente elas vão chegar antes de vacinarmos uma fração significativa da população. Nos EUA se acredita que elas serão dominantes nas próximas semanas.

Desculpem o pessimismo, mas é melhor apertar os cintos e nos prepararmos para o pior. E lembrem: no início de 2020, quando o coronavírus demorou um pouco mais para chegar ao Brasil, muitos acreditavam que ele não chegaria por aqui. (Fernando Reinach, *É BIÓLOGO, PHD EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR PELA CORNELL UNIVERSITY E AUTOR DE A CHEGADA DO NOVO CORONAVÍRUS NO BRASIL)

Prefeito de Peritoró paga mico ao furar fila da vacinação contra Covid-19

Prefeito de Peritoró, Dr Júnior sendo vacinado

Na semana passada, Isaías Rocha comentou numa roda de amigos que os políticos iam dar um jeito de furar a fila e se vacinar contra a Covid-19. Não deu outra. Vários prefeitos no interior do Maranhão viraram notícia por se vacinar sem pertencer a nenhum grupo de risco.

Um deles foi o prefeito de Peritoró, Dr. Júnior (PP), que provocou uma grande aglomeração de pessoas durante a ‘festa de posse’ na cidade, que chegou a fazer o anúncio no sábado (23), por meio de uma rede social.

Segundo o blog do Isaías apurou, o chefe do executivo peritoroense pode ser investigado por furar a fila da imunização sem pertencer ao grupo prioritário.

A maior vergonha é que a cidade, assim como outras no interior do estado, recebeu entre 30 e 129 vacinas. Eu até previ a desculpa que usariam: “é pra dar exemplo”…

Por Isaías Rocha

Covid-19: Felipe Camarão testa negativo e Vanessa Maia positivo

Secretário Felipe Camarão e a prefeita Vanessa Maia

Após apresentar alguns sintomas gripais, o Secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão, foi submetido a exames que comprovaram que ele não está com Covid-19. Ele mesmo divulgou nas redes sociais o resultado.

Já a prefeita de Pedreiras, Vanessa Maia, testou positivo para o novo coronavírus e já encontra-se em isolamento social, em casa.

Covid-19 faz mais uma vítima: morre o compositor maranhense Zezico

Zezico, compositor maranhense

Faleceu nesta terça-feira, dia 26 de janeiro, o músico, José Carlos Sousa (Zezico), 94 anos, vítima de complicações do Covid-19. Ele era muito conhecido, foi marceneiro e músico como gostava de se identificar. Fundador e proprietário a Banda Carlos Miranda Show, marcou por décadas como um dos melhores conjuntos musicais que faziam os bailes de clubes em Bacabal e diversas cidades do Maranhão e Estados vizinhos.

Cidadão culto, de gosto musical refinado, José Carlos Sousa era natural de Codó, chegando a Bacabal ainda bem jovem, onde formou família e paralelo a sua carreira artística , tornou-se próspero empresário no ramo da marcenaria.

Ao lado de vários amigos artistas como Donato Miranda fundaram a União Artísticas Operários Bacabalense e o Clube dos Pretos, espaços que serviam para difusão da música e apreciadores do vinil.

Zezico participou também da cultura popular , foi compositor de sambas que embalaram o carnaval de rua como a famosa canção Icaraí , tendo fundado também Bloco Carnavalesco e Escola de Samba em Bacabal.

Blog do Zé Lopes