Preso homem que matou onça no Maranhão e ostentou nas redes sociais; assista!

Homem preso após abater uma onça preta

Um homem foi preso pela Polícia Civil por abater uma onça negra em uma área Indígena Arariboia, no município de Arame, no Maranhão, e se vangloriar do crime.

A prisão ocorreu após a circulação do vídeo abaixo nas redes sociais e da comoção causada pela morte do animal que é ameaçado de extinção.

Com o preso foi encontrado o couro da onça abatida, duas armas de fogo do tipo espingarda, oito munições calibre 20mm intactas e quatro deflagradas, além pólvora e outros materiais utilizados na prática de caça de animais silvestres.

O homem foi apresentado na sede da Delegacia de Polícia Civil de Arame e em seguida recambiado a uma unidade prisional da região.

A PCMA agora pretende localizar os demais envolvidos no crime.

Sem coligação, deputados se desesperam e vão mudar de partido

Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão

Um levantamento feito pelo Blog Diego Emir traz um número relevante de trocas partidárias que podem ocorrer entre os deputados estaduais do Maranhão até abril de 2022, prazo final de filiação para a disputa eleitoral. A decisão do Senado Federal em manter extinta as coligações pode ampliar essas mudanças. Alguns parlamentares já trocaram de partido, outros já deixaram clara a sua intenção e outros aguardam os movimentos futuros.

O único que tem uma definição certa é César Pires que está no PV, mas já fala como parlamentar do PSD, porém vai esperar a janela partidária de março de 2022 para fazer a troca. Outros dois já sinalizaram seus prováveis destinos, caso de Yglesio que indicou uma filiação ao PSDB e Othelino Neto que abriu possibilidade para se filiar ao PDT ou PSB.

Muitos deputados aguardam um posicionamento do governador Flávio Dino sobre a disputa majoritária em 2022 para tomar uma decisão, afinal, se o nome de Carlos Brandão for confirmado, muitos devem acompanha-lo.

Ariston (Republicanos), Daniella Tema (DEM), Paulo Neto (DEM), Rafael (PDT), Socorro Waquim, Édson Araújo (PSB) e Thaiza Hortegal (PP) são considerados aliados de primeira hora, e aguardam uma definição para trocar de partido. O PSDB poderia ser o maior beneficiado, mas ainda existe uma dúvida quanto essa filiação no ninho tucano.

O único filiado no PSDB atualmente, Wellington do Curso também vive uma verdadeira indefinição, não sabe o que fazer no atual momento, mas também aguarda o desenrolar das disputas internas que envolvem João Dória e Eduardo Leite.

Além dos citados, toda a bancada do Solidariedade pode deixar o partido – Rildo Amaral, Helena Duailibe e Fábio Braga – são cortejados por outros partidos. Assim como o único representante do PMN, Wendel Lages, pode trocar por uma legenda da base governista.

Arnaldo Melo (MDB), Betel Gomes (PRTB) e Adriano Sarney (PV), também vivem indefinições, o último demonstra interesse em permanecer no partido, mas precisa ter uma boa nominada ou terá remotas chances na disputa do próximo ano.

Por fim ainda existe o caso de Fábio Macedo que está no Republicanos, mas deve disputar vaga de deputado federal, resta saber por qual partido.

Quem já trocou de partido?

Ariston – eleito pelo Avante – está no Republicanos

Duarte Júnior – eleito pelo PCdoB – filiou-se ao Republicanos – agora está no PSB

Fábio Macedo – eleito pelo PDT – está no Republicanos

Marcos Caldas – eleito suplente pelo PTB – filiou-se no PDT

Yglésio Moyses – eleito pelo PDT – filiou-se ao PROS – está sem partido

Do Blog do Diego Emir

Humberto de Campos vai sediar primeira fecularia do Maranhão

Foto Reprodução

Mais de 900 agricultores familiares cadastrados e quase 18 mil toneladas de mandioca compradas da agricultura familiar. Estes são alguns dos números que refletem o impacto da cerveja Magnífica, que utiliza mandioca produzida dentro do Estado e é fruto de parceria entre a Ambev e o Governo do Maranhão, por intermédio da secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc).

As tratativas para a produção de uma cerveja tipicamente maranhense estavam sendo realizadas desde 2015, e resultaram não só na compra da mandioca maranhense, mas em contrapartidas sociais (como a aquisição de ambulâncias para a rede pública), realizadas por intermédio da Seinc.

Fomentando a agricultura local e contribuindo com o desenvolvimento de diversas cadeias produtivas no Maranhão, a cerveja Magnífica foi lançada em 2018, utilizando inicialmente a mandioca produzida por agricultores familiares do Tabuleiro de São Bernardo, no Baixo Parnaíba.

A produção da cerveja estabeleceu a ampliação de investimentos da Ambev no Estado e, também, a expansão da produção de mandioca por meio da venda do produto, promovendo a verticalização desta cadeia produtiva, atraindo fecularias e fomentando a agricultura local”, analisou o secretário da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo.

Desde 2019, foram cadastrados 973 agricultores familiares em 64 municípios maranhenses e mais de 50 cidades envolvidas na compra da mandioca. No total, foram 17.991 toneladas de mandioca compradas da agricultura familiar: em maio deste ano, por exemplo, mais de 150 toneladas de mandioca foram destinadas à produção da cerveja – o produto é oriundo do povoado Fala Cantando, do município de Bacabal, e teve compra articulada pela Seinc como parte do compromisso firmado pela Ambev de adquirir mandioca de produtores maranhenses.

No total, são, pelo menos, 14.595 maranhenses beneficiados pelo projeto. Já dos municípios do Programa MAIS IDH, 12 municípios foram contemplados com aquisição de mandioca produzida pela agricultura familiar local, gerando renda para a população.

No primeiro semestre de 2021, a cerveja Magnífica contou com experimentos de projeto de pesquisa e transferência de tecnologia, realizados pela Embrapa Cocais, para manejo, mecanização e cooperativismo e desenvolvimento de cultivares de mandioca, matéria–prima da Magnífica. O estudo, parceria entre Embrapa Cocais e Ambev, visa adquirir recomendação de duas ou três variedades com alta produtividade de raízes e de teor de amido em diferentes condições para investir na melhoria da qualidade da cerveja.

Primeira fecularia do Maranhão

Demanda histórica em território maranhense, o Governo do Maranhão, via Seinc, lançará, nesta sexta-feira (24), a Pedra Fundamental, assim como realizará a assinatura do termo de compromisso da implantação da primeira fecularia do Estado, a CIBUS, que será instalada no munícipio de Humberto de Campos. O lançamento da Pedra Fundamental ocorrerá às 10h, na Fazenda Santa Rosa, H.C, localizada na BR 402, no KM 99, no Povoado Prata (na estrada vicinal sentido Povoado Serraria).

Com produção de fécula de mandioca e ração animal, a instalação industrial terá um investimento inicial de R$ 10 milhões – com previsão de alcance de R$ 22 milhões nos anos seguintes. A primeira etapa tem conclusão prevista para o mês de outubro de 2022 e será exclusivamente dedicada à produção de fécula para Ambev (Cerveja Magnífica).

Para o secretário Simplício Araújo, a implantação da fecularia atende um pedido antigo de produtores e consumidores maranhenses, após a crescente produção de mandioca no Maranhão, em virtude dos trabalhos realizados nesta cadeia produtiva desde 2015, pelo governador Flávio Dino.

A demanda por produtos alimentícios da cadeia da mandioca tem aumentado em todo o país. E no Maranhão não foi diferente. Em junho deste ano, por exemplo, a mandioca no Estado apresentou crescimento de 7,4% em sua estimativa de produção, alcançando 443 mil de toneladas. É mais uma prova de como a Magnífica, cerveja maranhense que já foi destaque internacionalmente, tem aquecido o mercado no Estado”, acrescentou Simplício Araújo.

Com a fecularia de mandioca em Humberto de Campos, serão ofertados contratos de 20 mil toneladas de mandioca para o plantio da safra 2023, que inicia em janeiro de 2022. Os contratos possuem garantia de comercialização antecipada (no momento do plantio) e será ainda oferecido transferência de tecnologia agrícola para melhoria de produtividade.

A previsão é de geração de 50 empregos diretos e mais de 300 empregos indiretos no campo. “A previsão é de alcançarmos até 2.500 empregos indiretos quando a contratação alcançar 150 mil toneladas, com projeção para 10 anos. Este é um dos maiores objetivos do Governo do Maranhão: investir em geração de emprego e renda por todo o território maranhense”, ressaltou o secretário.

As instalações industriais da fecularia contam com galpão de produção, estoque de produtos acabados, guarita, refeitório, escritório, galpão de insumos agrícolas, garagem e laboratório de análises. O projeto contará, também, com a recria e a engorda de gado.

No Ceará só entra vacinado; no Maranhão, qualquer vira-lata com leptospirose entra

Esta foi uma determinação do Governo do Ceará, através da Secretaria de Estado de Turismo. A medida tem como objetivo a segurança sanitária da população cearense no enfrentamento à Covid-19.

Já aqui no Maranhão…

PF estoura operação ‘Réplica’ contra crimes previdenciários no Maranhão e Piauí

PF cumpre mandados no Piauí e Maranhão

A Polícia Federal, em parceria com a CGINT (Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Economia), em trabalho da Força Tarefa Previdenciária no Estado do Piauí, deflagrou nesta terça-feira (8) a Operação RÉPLICA, com o fim de desarticular associação criminosa especializada na realização de fraudes em benefícios assistenciais ao idoso.

A operação mobilizou 35 policiais federais para o cumprimento de nove mandados judiciais, sendo dois mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão, todos expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Teresina/PI.

Os mandados foram cumpridos nos municípios de Teresina/PI, José de Freitas/PI e Timon/MA.

No decorrer das investigações já foram identificados 34 benefícios assistenciais com indícios de fraude, os quais já causaram um prejuízo efetivo ao INSS no montante de aproximadamente R$ 2,1 milhões e com potencial de lesar o erário na ordem superior a R$ 3,5 milhões, caso não fossem cessadas as atividades criminosas.

A pedido da Polícia Federal, foi determinado o bloqueio judicial das contas bancárias vinculadas a 40 CPFs envolvidos nas fraudes identificadas, bem como foi determinada a suspensão judicial de 34 benefícios assistenciais irregulares.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa (art. 288 do Código Penal), estelionato majorado (art. 171, § 3º do Código Penal); falsidade ideológica (Art. 299 do Código Penal) e uso de documento falso (art. 304 do Código Penal).

O nome da operação decorre do fato de um dos investigados ter suas fotografias replicadas em diversos documentos de identificação, passando-se por pessoas inexistentes.

Maranhão tem a menor taxa de mortalidade por Covid-19 no Brasil

Foto Reprodução

O Jornal Nacional, da TV Globo, confirmou nesta terça-feira (1º) que o Maranhão tem a menor taxa de mortalidade por Covid-19 do Brasil. A informação foi dada durante reportagem sobre o depoimento da médica Nise Yamaguchi em CPI no Senado.

O telejornal contestou dado informado pela médica sobre a mortalidade e publicou um gráfico com o dado correto.

O Estado com a menor taxa de mortalidade do país é o Maranhão”, disse o Jornal Nacional.

O Maranhão vem mantendo desde 2020 a menor taxa de mortalidade por coronavírus, o que já foi reconhecido e confirmado por diversos levantamentos nacionais independentes.

Roberto Rocha e aliados vão inaugurar ponte com Bolsonaro nesta quinta (20)

Foto Reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro, juntamente com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o senador Roberto Rocha, estarão na próxima quinta-feira (20) inaugurando a nova ponte sobre o Rio Parnaíba, entre as cidades de Alto Parnaíba, no Maranhão e Santa Filomena, no Piauí. A estrutura liga as regiões Sul dos dois Estados.

“É bom dizer que ela ficou pronta antes do prazo e vai contribuir muito para o desenvolvimento da região, sobretudo para a produção do MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia)”, disse Rocha nas redes sociais, comemorando o feito.

A obra teve início em 2019 com previsão de ser concluída antes do prazo.

Maranhão é um dos 3 Estados com menor incidência de casos e mortes pela Covid-19

Governador Flávio Dino e o secretário de Saúde, Carlos Lula

O trabalho realizado pelo Governo do Maranhão no combate à Covid-19 tem se destacado diante do atual cenário da pandemia no Brasil. De acordo com os dados disponibilizados no Portal Coronavírus Brasil, do Ministério da Saúde, o Maranhão está entre os três estados com o menor índice de incidência de casos e mortes pela Covid-19 no país.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, os dados comprovam que o trabalho que o Governo do Maranhão tem realizado durante a pandemia da Covid-19 tem gerado resultados positivos.

“Desde o início da pandemia, trabalhamos na ampliação da rede de assistência contra a Covid-19 no estado. Entregamos novas unidades de saúde e investimos em ambulatórios para tratamento precoce da Covid-19, evitando, assim, o agravamento da doença e o aumento da ocorrência de óbitos. Além disso, investimos em fiscalizações e campanhas de conscientização da população quanto à importância da prevenção”, destaca Carlos Lula.

No quesito Incidência de Casos por 100 mil habitantes, o Maranhão ocupa o terceiro lugar entre os estados com a menor incidência do novo coronavírus com uma taxa de 2.887,6 casos por 100 mil habitantes, ficando atrás apenas de Pernambuco (2.561,6/100 mil hab.) e Rio de Janeiro (2.842,9/100 mil hab.)

Já no que se refere à Taxa de Mortalidade por 100 mil habitantes, o Maranhão encontra-se empatado com a Bahia, ambos estão com a segunda menor taxa de óbitos entre os estados do país, 65,4 mortes por 100 mil habitantes, ficando atrás apenas do estado de Minas Gerais (64,8/100 mil hab.).

Os dados contabilizados foram atualizados na noite de quinta-feira (21). Mais informações podem ser acessadas AQUI

IMAGEM DO DIA: Maranhão recebe 1º lote da CoronaVac em SP

O Secretário ⁦de Estado de Saúde, Carlos Lula, está em Garulhos, São Paulo, onde recebeu o 1º lote da CoronaVac destinado ao Maranhão. Um total de 123.040 doses da vacina. A expectativa é que elas cheguem ainda hoje ao nosso Estado. Confira no vídeo a seguir.