COHATRAC BOMBADO: Apreendida carga de anabolizantes de quase R$ 800 mil

Carga apreendida em São Luís abasteceria o Cohatrac

A Polícia Civil do Maranhão interceptou ontem (26), uma grande carga de anabolizantes oriunda do Estado de São Paulo e que tinha como destino os bairros Jardim das Margaridas e Cohatrac, em São Luís. Segundo a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), todo material apreendido está avaliado em quase 800 mil reais.

A ação policial que também contou com a participação de agentes da Receita Federal se iniciou ainda na sede dos Correios, numa fiscalização conjunta entre as instituições, culminando com a apreensão de parte do material e identificação do destinatário, e após um árduo trabalho investigativo foi possível localizar a residência em que estariam guardadas grande quantidade do mesmo material anabólico.

Na ocasião, os policiais ainda encontram na residência uma Pistola Taurus 765 com carregador, e uma caixa contendo vários documentos de procedência ilícita. As investigações continuam afim de que sejam identificados e presos todos os outros autores e cumplices do referidos crimes cometidos contra a saúde pública e outros.

Uma semana sem ônibus em São Luís: Coletivo Nós (PT) repercute greve

Coletivo Nós na Câmara de São Luís

A greve dos trabalhadores do sistema rodoviário de transportes continua em São Luís. Após mais um dia de negociações e reuniões, a categoria não chegou a um acordo e a greve chega ao 7º dia.

Co-vereadores do Coletivo Nós (PT) repercutiram o assunto nas redes sociais, destacando como a paralisação tem afetado a rotina de trabalhadores em toda a cidade. Os parlamentares também criticaram a gestão municipal na condução das negociações.

Em seu perfil no Twitter, o co-vereador Jhonatan Soares pontuou o que considera um despreparo do prefeito Eduardo Braide (Podemos) diante da situação e questionou: “quando o transporte público vai voltar a circular pela cidade?”.

Para a co-vereadora Eunice Che, é inadmissível que 70% da população esteja sendo prejudicada com a falta de transporte pelo que ela considerou uma inabilidade da gestão municipal. “A greve dos rodoviários não é meramente uma situação qualquer. A categoria luta pelo reajuste salarial de 13%, cujo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (SET) não quer acordo e o que oferecem é um desrespeito para com os trabalhadores e afeta diretamente a economia da nossa cidade”, afirmou.

A parlamentar também destacou que é preciso avançar nas discussões para que a concessão do auxílio-creche para as crianças pequenas das trabalhadoras também seja garantida, e, assim, elas possam trabalhar de forma tranquila prestando um serviço com mais qualidade aos usuários desses serviços.

“Somos das periferias de São Luís e conhecemos essa realidade bem de perto. Vale lembrar ainda que a maioria dos coletivos de São Luís já não possui mais trocador e estão sem os ar condicionados, o que afeta diretamente a dignidade humana”, destacou.

Reinvidicações

A categoria pediu um reajuste de 13%, mas a proposta oferecida foi de reajuste de 2%, o que foi rejeitado. Além do reajuste no salário, o sindicato reivindica uma jornada de trabalho de seis horas, tíquete de alimentação no valor de R$ 800,00, manutenção do plano de saúde e a inclusão de um dependente e a concessão do auxílio-creche, para trabalhadores com filhos pequenos.

Os trabalhadores, que foram sobrecarregados e expostos ao coronavírus com o advento da pandemia, tiveram perda no poder de compra, em função das flutuações inflacionárias dos últimos anos.

São Luís fica sem ônibus; rodoviários contrariam Justiça e mantém greve geral

Foto Reprodução

Mesmo após decisão liminar proferida pela desembargadora federal do Trabalho, Ilka Esdra Silva Araújo que determinou ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) e ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) que fosse garantida a circulação de 90% da frota de ônibus na capital, a GREVE GERAL foi mantida pela categoria e São Luís amanheceu sem transporte coletivo nesta quinta-feira (21).

Nesse caso de descumprimento, a Justiça do Trabalho deve aplicar multa diária de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) ao STTREMA e ao SET.

Confira a seguir o informativo dos Rodoviários sobre a decisão em manter o movimento grevista.

Sobre a paralisação no sistema de transporte público na grande São Luís, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão confirma, que o movimento grevista liderado pelos trabalhadores Rodoviários, está mantido.

A greve será deflagrada, nas primeiras horas desta quinta-feira (21), por tempo indeterminado, ou até que uma contraproposta descente, seja apresentada pelo sindicato patronal, SET.

A entidade reforça, que tentou de todas as maneiras, manter um diálogo com os patrões, para que as negociações avançassem e a greve fosse suspensa, sem causar nenhum tipo de transtorno aos usuários, o que não aconteceu. Sendo assim, não resta outra alternativa para os trabalhadores, que não seja cruzar os braços.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão respeita toda e qualquer decisão da justiça, mas defende a liberdade de poder manifestar-se, quando os direitos da categoria, não são garantidos. Contamos com a compreensão da população e o apoio dos trabalhadores Rodoviários.

_Ascom Sind. Rodoviários – MA_

Shopping Rua Grande inaugura em janeiro em São Luís com espaço cultural

Foto Divulgação

Com investimentos da ordem de R$ 1,8 milhão, o Shopping Rua Grande é um empreendimento de 2.100m² que funcionará em 3 pavimentos: térreo, 1° piso e 2° piso. Contará com climatização nas áreas de circulação, elevador e sistema de wifi para o público.

Ao todo, serão 172 empregos diretos. Ficará aberto em horário de shopping, das 9h às 21h (12 horas por dia), de segunda-feira a sábado e, aos domingos, a partir das 9h até às 14h, excepcionalmente, com feirinha cultural aberta composta por diversas atrações da culinária, música, dança e artesanato maranhense. Com certeza um novo ponto de referência, com segurança, para quem deseja apreciar o que há de melhor na arte maranhense.

O horário de funcionamento possibilitará um incremento no movimento noturno na área comercial do Centro Histórico de São Luís, no período das 18 às 21h, quando o fluxo de transeuntes e carros diminui com o fechamento do comércio. É o momento em que aumenta o número de vagas de estacionamento que poderão ser utilizadas por consumidores de outras áreas da cidade interessados em frequentar o shopping no período da noite. Haverá segurança pública para favorecer o deslocamento.

No período diurno, a frequência deve envolver mais transeuntes do Centro Histórico de São Luís. A projeção é que, das 5 mil pessoas que transitam pela Rua Grande, diariamente, cerca de 1.000 circulem pelo Shopping Cultural Rua Grande.

Parte dos serviços de construção civil do shopping está sendo realizado por mulheres, por meio de parceria com a ong Ela Faz, que integrou mulheres trabalhadoras, pedreiras, eletricista, pintora, gesseira, entre outras, nas obras de construção do empreendimento. A presidente da ong, a engenheira civil e administradora Lívia Viana destaca o cuidado com que a obra está sendo feita. “Essa parceria reforça o compromisso com o social dentro dessa iniciativa, essas mulheres se dedicaram em nossos processos de capacitação e agora assumem seu papel no mercado”.

Espaço Cultural

A grande novidade do Shopping Rua Grande é o 2° piso (o último andar do imóvel) que será o Espaço Cultural, com venda de artesanato, produtos de artistas e de grupos culturais maranhenses além de comidas típicas.

A comercialização será em 20 bancas, 5 barracas, área para exposição e oficinas e palco para apresentações musicais.

Seleção dos feirantes

As pessoas artesãs e artistas que ocuparão as bancas e barracas do 2° piso serão selecionadas por meio de critérios técnicos da gestão da feirinha. As inscrições poderão ser feitas por meio de link disponibilizado no Instagram do Shopping Praia Grande https://linktr.ee/shoppingruagrandeoficial

Adote um casarão

O programa Adote um Casarão foi criado pelo governador Flávio Dino em 2019. Tem por objetivo tornar o Centro Histórico de São Luís referência em renovação e desenvolvimento sustentável, preservando seu valor histórico e cultural.

O coordenador do Programa Nosso Centro na Secid, Daniel Sombra, informa que 12 participantes já adquiriram imóveis, por meio de edital, e mais dois editais estão abertos para seleção de adotantes.

É focado em ações de fomento nas áreas comercial, cultural e de lazer. Podem participar dos editais empresas privadas e grupos culturais. Pessoa físicas também, mas, se ganharem o edital, precisam constituir uma pessoa jurídica para assinar o termo de adesão ao programa.

TODO MUNDO JÁ SABIA: Joaquim Haickel anuncia saída da gestão Braide

Joaquim Haickel deixa a Secom

O titular da Secom do governo Eduardo Braide, o ex-deputado Joaquim Haickel, vai deixar a Secretaria de Comunicação de São Luís, após nove meses no comando da pasta.

Os motivos ainda não foram divulgados mas logo virão à tona.

Quem vai o substituir é o secretário adjunto Igor Almeida.

UM PARAÍSO TURÍSTICO CHAMADO MARANHÃO…

Confeiteiro e jurado de culinária do canal GNT, Lucas Corazza. (Foto: Divulgação)

As belezas naturais dos destinos turísticos do Maranhão têm atraído cada vez mais celebridades para o nosso estado. Em setembro, mês que se comemora o Dia Nacional do Turismo (27), a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) divulgou que os Lençóis Maranhenses, Alcântara e São Luís foram os destinos preferidos dos famosos para curtir e relaxar. Destaque para a visita do ator e apresentador Márcio Garcia e família; das atrizes Cláudia Raia e Sheron Menezes; dos atores Sérgio Malheiros, Guilherme Piva, Guilherme Weber; chef Lucas Corazza; além das digitais influencers Sarah Poncio e Patty Leone.

Por meio de press trips, a convite do Governo do Estado, através da Setur, a digital influencer e apresentadora Patty Leone e o confeiteiro e jurado do programa “Que Seja Doce”, do canal GNT, Lucas Corazza, conheceram diversos atrativos turísticos maranhenses.

Em terras maranhenses, a influencer visitou os Lençóis Maranhenses, além de Atins e a capital São Luís, degustando o melhor da culinária local à base de frutos do mar. Além de visitar o Ceprama, onde teve experiência com as rendeiras de bilro. Fez cavalgada, assistiu ao pôr do sol e também tomou café da manhã nas dunas do Parque Nacional do Lençóis Maranhenses. “Os Lençóis Maranhenses no final de tarde é um espetáculo. É nesse momento, ouvindo somente o barulho do vento, que temos a real dimensão de Deus. Somos pequenos demais diante da natureza. E nossa obrigação como seres humanos é admirar mas, acima de tudo, preservar”, relatou a Patty Leone.

Press Trips

As press trips são ações promovidas pela Superintendência de Promoção, Marketing e Eventos da Setur, que visam promover o destino e atrair turistas, geração de emprego e renda para a população.

O Maranhão não está na moda de repente: temos feito um trabalho de promoção muito forte e agora colhemos o reflexo de todo esforço e investimento ao longo dos anos. Além, claro, de que nosso Estado é abençoado e os convidados se encantam com as cidades, nossas histórias, cultura, religiosidade, gastronomia e a alegria do maranhense. Vamos continuar trabalhando para que o Maranhão siga sendo o destino de muitos nas próximas viagens”, destacou o secretário Estadual de Turismo, Catulé Júnior.

Para a superintendente de Promoção, Marketing e Eventos da Setur, Cristiane Muller, estas ações aumentam a visibilidade do estado. “As press trips, que sempre fizeram parte do nosso planejamento estratégico com artistas, influenciadores e impressa especializada, são uma ótima oportunidade para as personalidades desbravarem o nosso Maranhão de encantos, e divulgarem através das suas redes sociais e conteúdos nas mídias digitais para o seu público, que ultrapassam mais de 52 milhões de seguidores”, explica Cristiane Muller.

Outro que foi atraído pelas belezas maranhenses foi o confeiteiro e jurado do programa “Que seja Doce”, do canal GNT, Lucas Corazza. Ele também contemplou o nascer do sol do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses tomando café da manhã, onde também passeou de caiaque. Lucas Corazza também visitou a cidade histórica de Alcântara, onde teve uma experiência gastronômica com o doce de espécie. Na capital São Luís, o jurado visitou o Espigão Costeiro e realizou um city tour pelo Centro Histórico, onde visitou os Museus da Gastronomia e do Palácio dos Leões.

Promoção do destino Maranhão

No final de 2020, a Setur realizou ações promocionais com press trips nas cidades de São Luís, Barreirinhas e Atins.

Os convidados, naquela ocasião, foram os influenciadores Rafael Zulu, Aline Becker, Juliana Paes, Léo Santana e Lorena Improta. Eles visitaram o Maranhão em roteiros que promoveram as belezas e serviços turísticos da região, com direito a muitas fotos nas lagoas de águas cristalinas e dunas dos Lençóis Maranhense e no vilarejo de Atins.

São Luís ganha Museu do Tribunal de Justiça do Maranhão

Inauguração do Museu em São Luís

A terceira mais antiga Corte brasileira, instalada em 4 de novembro de 1813, abre as portas de sua história ao público. O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, inaugurou o Museu “Desembargador Lauro de Berredo Martins”, nesta terça-feira (21). A solenidade foi realizada no local do mais novo ambiente cultural maranhense, no Solar dos Veras, anexo ao Centro Administrativo do TJMA, antigo prédio da Assembleia Legislativa, na Rua do Egito, Centro, São Luís.

O acervo conta com documentos, obras e outros bens de valor histórico, artístico e cultural, como jornais, fotos diversas – inclusive de várias mudanças por que passou o Tribunal –, móveis, selos, medalhas, máquinas de escrever, livros e outras publicações – algumas anteriores à própria existência do TJMA.

“O Poder Judiciário do Maranhão rejubila-se, nesta expressiva cerimônia, para exaltar, celebrar e cultuar sua história com a inauguração do Museu Desembargador Lauro de Berredo Martins”, saudou o desembargador Lourival Serejo, destacando ser uma homenagem ao homem que se dedicou à pesquisa da história do Judiciário maranhense.

O presidente do TJMA ressaltou que a memória deve ser sempre despertada e que as melhores ferramentas para isso são o resgate e a preservação do passado. Enfatizou que a inauguração do Museu representa o tempo reencontrado e a certeza de que as épocas podem passar, mas não se esgotam, não se corroem, não se perdem, se as preservarmos.

Em seu discurso, Lourival Serejo ressaltou que o museu é a instância de valorização da memória, é o foro da recuperação da história, na qual se deposita a memória do Poder Judiciário do Maranhão. “Nele não haverá preclusão. Não haverá decurso de prazo decadencial. Não haverá prescrição alguma”, frisou Lourival Serejo.

Ao citar Miguel de Cervantes – romancista, dramaturgo e poeta espanhol – o desembargador exaltou a importância da história: “Sem conhecê-la, não interpretaremos nosso tempo. Sem estudá-la e compreendê-la, não seremos capazes de planejar e construir um futuro com segurança e um mínimo de previsibilidade”, disse.

Para Lourival Serejo, é fundamental compreender que a necessidade de historiografar o Poder Judiciário é um dever cultural com as futuras gerações, “proporcionando aos pesquisadores de amanhã, condições de acesso memorial a conteúdo bibliográfico, artístico, fotográfico, científico, histórico e documental, de interesse institucional, jurídico e social, evocando momentos e situações que honraram a Justiça e proclamando os princípios que constituem os alicerces do Tribunal de Justiça do Maranhão”.

Ao finalizar, o presidente do TJMA disse que, uma vez instalado, o trabalho será de entregar o museu à sociedade, na certeza de que ele sirva para fazer criar, do espírito das relíquias culturais, um olhar novo de comprometimento, para não deixar que se rompam as correntes da história.

Visitação Pública

Foto Divulgação

Inicialmente, segundo a coordenadora de Biblioteca e Jurisprudência, Cíntia Andrade, a visitação pública, que deverá ocorrer a partir de segunda-feira (27), será por agendamento, pelo e-mail [email protected] e pelos telefones (98) 3261-6146 e 3261-6147, das 8h às 15h.

Histórico

Foto Divulgação

O museu foi criado por meio da Resolução nº 60/2021, assinada pelo presidente do TJMA, desembargador Lourival Serejo.

Dentre as relíquias, um atlas histórico, geográfico, político e econômico maranhense do final do século XIX, de autoria de José Ribeiro do Amaral. Há também “Viagem ao Norte do Brasil”, obra realizada no início do século XVII, fruto da observação do padre francês Ivo D’evreux.

Quem visitar o museu poderá ver uma coleção de registros testamentais dos séculos XVIII e XIX; um livro das atas das sessões do Tribunal da Relação do Maranhão, no período 1841-1845; livro de cartas e títulos dos desembargadores do Maranhão (1813-1899); o livro de termo de posse e juramento dos desembargadores do Tribunal de Justiça, em 1813.

Há também o inquérito policial, de 1935, contra o estudante Hilton Gregório Lobato, preso no Largo do Carmo, em São Luís, por panfletar e distribuir bandeirinhas de cunho político. Ele foi acusado da prática de comunismo na época.

Numa parede, diploma e outros documentos da primeira mulher a ocupar o cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça do Maranhão, em 1976: Judith Pacheco. Num lado de uma das salas, cadeiras que foram usadas no Plenário, em 1908, com uma foto do local onde os móveis estavam, no começo do século XX.

Saiba mais em TJMA

Não conseguindo passar do Estreito dos Mosquitos, Edivaldo ‘empaca’ na Ilha

Edivaldo Holanda Júnior

Mais de um mês depois do ato político em que formalizou sua filiação e pré-candidatura ao Palácio dos Leões em 2022 pelo PSD, o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, tem evitado viajar pelo interior do Maranhão.

Pouco conhecido depois do Estreito dos Mosquitos, que separa a Ilha de Upaon-Açu do continente, Edivaldo tem mantido apenas agendas na própria capital, a maioria dentro da própria residência.

O isolamento destoa do histórico montado pelo seu marketing eleitoral, de que poderia transitar pela cidade livremente porque teria deixado a gestão municipal com alta aprovação popular. Por consequência, sugere que o projeto político que traçou para a eleição do ano que vem não é para valer ou tende a implodir, possibilidade que prejudicaria neoaliados.

Também longe de entrevistas, Edivaldo Júnior impede questionamentos desagradáveis sobre casos de suposta corrupção e de como deixou São Luís para seu sucessor, Eduardo Braide (Podemos).

ATUAL 7

A realidade da gestão Braide começa aparecer…

Protesto em frente à Prefeitura de São Luís

A realidade da gestão do prefeito Eduardo Braide em São Luís começa vir à tona. Professores e diretores de escolas comunitárias estão nesse momento realizando um protesto em frente à sede da Prefeitura da capital. Eles cobram o repasse do FUNDEB que está atrasado há meses prejudicando o funcionamento das mesmas.

Protesto de professores de escolas comunitárias de São Luís

Sem salários, a classe pede ‘respeito pelas Escolas Comunitárias’ e lembram que foi “com a ajuda das escolas que o prefeito foi eleito e agora nem liga para as escolas”.