VÍDEO – Bombeiros debelam princípio de incêndio no Shopping Pátio Norte

Corpo de Bombeiros no Pátio Norte

O princípio de incêndio ocorreu na unidade do Hospital São Domingos que fica no primeiro piso do Shopping Pátio Norte, na MA 201, na noite desta segunda-feira, 22.

O fogo iniciou devido a um curto circuito em um aparelho de ar condicionado. Rapidamente uma equipe de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão foi acionada e debelou o fogo.

Veja nas imagens a seguir:

Precariedade sem fim: Juiz volta a impor prazo para reforma do Socorrão II em SLZ

Socorrão II, em São Luís

O juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, determinou ao Município de São Luís que realize reformas e adaptações para o funcionamento adequado do Hospital Municipal Doutor Clementino Moura – o “Socorrão II” -, de acordo com as normas estabelecidas pelo Sistema de Vigilância Sanitária.

No prazo de seis meses, deverão ser reativadas as quatro salas de cirurgias que se encontram desativadas por falta de equipamentos e, ainda, cumpridas as exigências da inspeção sanitária realizada no “Socorrão II” em novembro de 2018.

Em 90 dias, o Município também deverá apresentar à Vara o alvará de funcionamento, condicionado ao cumprimento de todas as exigências sanitárias estabelecidas pelos órgãos de fiscalização apontadas no processo, comprovado pela autoridade sanitária por meio de vistoria. No mesmo prazo, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, deverá apresentar o cronograma de obras sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 a ser paga ao Fundo Estadual de Direitos Difusos.

A decisão foi motivada por Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público estadual contra o Município de São Luís. Na ação, o MPMA informou que a Secretaria Municipal de Saúde de São Luís contraria a lei ao deixar que a estrutura física do Socorrão II se deteriore, principalmente os serviços de urgência e emergência, prejudicando os usuários do Sistema Único de Saúde.

Conforme informações do processo, o Socorrão II se encontra com funcionamento precário e deficitário e com diversas irregularidades sanitárias já comprovadas por meio de relatórios de Inspeção e Reinspeção Sanitárias realizadas pela Superintendência de Vigilância Sanitária Estadual (SUVISA).

Foram constatadas a falta de condições estruturais e más condições de higiene, conservação e organização do Socorrão II e o descumprimento de uma série de exigências sanitárias, como mesa cirúrgica, carros de anestesia e de bisturi, dentre outras.

MP apura possível descumprimento de normas de segurança pelo Restaurante Cabana do Sol

Restaurante Cabana do Sol em São Luís

A Promotora de Justiça Alineide Martins Rabelo Costa determinou, nesta segunda-feira (1º), a instauração de um inquérito civil no intuito de apurar irregularidades apontadas nos autos de um procedimento do Ministério Público que apontou descumprimento de normas técnicas de segurança pelo Restaurante Cabana do Sol, localizado na Avenida Litorânea, em São Luís.

Possível alvo de uma Ação Civil Pública, o estabelecimento, de acordo com o MPMA, pode ter colocado em risco a segurança, saúde e vida da coletividade de consumidores, por infrações às Normas Brasileiras (NBR) nº 9077/2001 e 5410/2004 e Normas Técnicas (NT) do CBMMA nº 11/2021, 172021 e 33/2021.

A decisão da promotora levou em consideração documentos acostados aos autos do Procedimento Preparatório do inquérito civil nº 015192-500/2023, juntados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão (Relatório de Vistoria Técnica nº 05/2023, datado de 04/05/2023) e pela Coordenadoria de Obras, Engenharia e Arquitetura da Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Maranhão (Parecer Técnico PTC-COEA-42024, datado de 05/02/2024), que indicam que o restaurante estaria colocando em risco a integridade física e a segurança dos consumidores.

Juiz determina que Prefeitura de São Luís acabe com transporte de carroça por maus-tratos a animais

Foto Reprodução

O juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, acatou um pedido do Ministério Público do Maranhão obrigando o Município de São Luís a resgatar, cuidar, cadastrar, acompanhar, identificar e buscar abrigo e adoção para os todos os animais de tração que se encontrem abandonados nas ruas da capital.

Em 60 dias, o Município de São Luís deve elaborar e apresentar um plano, com o auxílio de veterinários e assistentes sociais, para reduzir o número de animais de tração que circulam na cidade até a sua total proibição, no prazo máximo de dois anos.

O plano deve conter medidas voltadas para readequar ou recolocar os carroceiros cadastrados na Prefeitura, com pagamento temporário de um auxílio, para garantir uma renda mínima a esses profissionais.

Também deverá oferecer cursos profissionalizantes para qualificar os carroceiros para novas profissões e linhas de financiamento, para que os condutores cadastrados adquiram outros meios de transporte.

Na ação, o MPMA alegou que, por meio de Inquérito Civil, constatou que o Município de São Luís tem praticado condutas de maus-tratos aos animais de tração, violando a Lei Municipal nº 215/2010.

Alegou também que o Município tem pleno conhecimento da situação, mas que “se recusa a tomar qualquer providência que conduza ao controle dos veículos de animais de tração, o acompanhamento e identificação desses animais.

Constam entre as provas do processo diversas reportagens jornalísticas demonstrando a triste realidade do abandono de animais nas ruas do Município de São Luís, com diversos casos de animais de tração encontrados atropelados ou com graves ferimentos nas avenidas, bem como sofrendo maus-tratos, tortura e exaustão.

Desta forma, o juiz considerou que a Constituição Federal garante aos animais a preservação de sua integridade física e psíquica e estabelece que cabe ao Poder Público “proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção das espécies ou submetam os animais a crueldade”.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – SMTT informou, no processo, que no último levantamento realizado, em 2013, foram identificados cerca de 30 carroceiros atuando em São Luís, dentre eles 70% responderam que pretendiam abandonar a profissão em menos de 10 anos.

SES confirma 1ª morte por dengue no Maranhão; óbito foi em São Luís

Foto Reprodução

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou nas últimas horas o primeiro registro de morte por dengue no Maranhão, este ano, ocorrido em São Luís.

O caso já estava sob investigação através de monitoramento de arboviroses divulgado pela SES, assim como outras dez mortes que estão sob suspeitas da doença em Arari, Bela Vista do MA, Brejo, Itapecuru-Mirim, Lago da Pedra, Pinheiro e São Luís.

Somente na capital maranhense já são quase 300 casos de dengue confirmados. Até o momento, segundo boletim da SES, já foram notificados 1.643 casos em 129 cidades. Houve a confirmação de 573 pessoas com a doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, e desse total, 37 apresentaram sinais de alarme, em 61 municípios.

Feirinha São Luís volta a funcionar neste domingo após cancelamento por dívidas do prefeito

Foto Divulgação

O projeto “Feirinha São Luís”, que reúne produtos agrícolas, artesanato, gastronomia e cultura, voltará a ser realizado nas praças João Lisboa e Benedito Leite, neste domingo, 3, das 8h às 14h. A Prefeitura de São Luís anunciou a retomada do evento, que havia sido cancelado no último domingo, por uma suposta inadimplência do prefeito Eduardo Braide com os profissionais que executam a montagem do evento.

Além do repentino cancelamento, Liviomar Macatrão deixou o cargo de chefe da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), responsável pelo projeto.

Segundo informações, o prefeito Eduardo Braide estaria com débitos em aberto com esses profissionais desde janeiro de 2024.  Alguns deles protestaram na porta da prefeitura na última quinta-feira, 28, exigindo os pagamentos atrasados.

São Luís, prepare-se para uma noite mágica: Alexandre Pires e SPC se despedem em “O Último Encontro”

Foto Divulgação

A apresentação será realizada na área externa do São Luís Shopping, dia 06 de julho; ingressos já estão disponíveis para venda no site www.spcaustico.com.br e na Loja 4Mãos Store

Uma das maiores bandas de pagode do Brasil, Só Pra Contrariar chega com a turnê “O Último Encontro”, que marcará a despedida de Alexandre Pires do grupo, e a emoção paira no ar. Esse grande espetáculo será realizado no dia 06 de julho. Os ingressos estão à venda no site www.spcaustico.com.br , Bilheteria Digital e na Loja 4Mãos Store (Piso L2 – São Luís Shopping).

Com a produção local da 4Mãos Entretenimento, em parceria com a Opus Entretenimento, Ame Entretenimento e R2, o público pode adquirir os ingressos para dois setores, “Terraço Vip”, ou se preferir assistir em mesas numeradas pode optar por três modalidade, “Mesa Diamante”, “Mesa Ouro” ou “Mesa Prata”, comprando um acesso à cadeira. Já o setor “Arena”, encontra-se esgotado.

O ÚLTIMO ENCONTRO

Luzes se acenderão, corações palpitarão. Alexandre Pires, Fernando Pires, Hamilton Faria, Juliano Pires, Luís Fernando, Sérgio Sales e Alexandre Popó subirão ao palco, e a multidão explodirá em aplausos. A nostalgia tomará conta do ambiente enquanto as primeiras notas de “Essa Tal Liberdade” ecoarão pelo local.

Ao longo da noite, um verdadeiro show de sentimentos promete emocionar. Hits como “Mineirinho”, “Depois do Prazer” e “Só Pra Contrariar” embalarão o público em uma viagem no tempo. Momentos de pura alegria se misturarão com a tristeza da despedida. Mas a noite não será apenas sobre nostalgia. Será também sobre celebrar a história de um grupo que marcou a vida de milhares de pessoas. Será sobre a amizade que unirá os integrantes do SPC por tantos anos.

E quando as últimas notas de “Essa Tal Liberdade” silenciarem, a sensação será de que algo único e especial aconteceu. Uma noite que ficará para sempre guardada na memória de todos que presenciarem “O Último Encontro”. Mas a história do SPC não terminará aqui. As músicas continuarão a tocar, as memórias continuarão vivas, e a paixão pelo pagode jamais se apagará. Uma noite que marcará o fim de uma era, mas também o início de novas histórias.

A última chance de ver o SPC em sua formação original. A última chance de cantar junto com Alexandre Pires e sentir a energia contagiante do grupo. A última chance de viver a magia do pagode em uma noite histórica.

MESAS

Para quem busca uma experiência ainda mais exclusiva, o setor Mesa oferece a oportunidade de viver o show de uma maneira única e inesquecível. Desfrute de uma vista privilegiada com conforto e atendimento personalizado, tudo em um ambiente elegante e acolhedor. As mesas são limitadas e garantem a você e seus amigos uma noite memorável, com a melhor visão do show e a oportunidade de se sentirem ainda mais próximos de Alexandre Pires e do SPC.

Serviço:

Show: Alexandre Pires e Só Pra Contrariar – Turnê “O Último Encontro”

Data: 06 de julho

Local: Área Externa do São Luís Shopping

Abertura dos portões: 18h

Ingressos: www.spcaustico.com.br e Loja 4Mãos Store

Informações: www.padrao4maos.com.br ou @4maos

Realização: 4Mãos Entretenimento, Opus Entretenimento, Ame Entretenimento e R2

São Luís revive a magia da micareta com o Vumbora – 10 Anos!

Bell Marques

O evento será realizado nos dias 16 e 17 de março, no estacionamento do São Luís Shopping, com Bell Marques, Durval Lelys, Timbalada, Xanddy Harmonia, Rafa & Pipo Marques e Banda Eva; todos as apresentações serão realizadas no trio elétrico

O saudosismo da micareta volta a tomar conta de São Luís nos dias 16 e 17 de março, com a realização do Vumbora – 10 Anos no estacionamento do São Luís Shopping. O evento, que reúne grandes nomes do axé como Bell Marques, Durval Lelys, Timbalada, Xanddy Harmonia, Banda Eva e Rafa e Pipo Marques, promete reviver a energia contagiante das micaretas que marcaram época em todo o Maranhão.

Todas as apresentações serão realizadas no trio elétrico, proporcionando ao público a experiência autêntica da folia baiana. Os abadás e Camisa Vip estão à venda na 4Mãos Store, no São Luís Shopping e on-line no site www.padrao4maos.com.br, ou no site e app da Bilheteria Digital. Para adquirir o Camarote Empresarial é necessário entrar em contato através do número (98) 98113-4289, ou comprar diretamente na loja 4Mãos Store.

A programação está dividida por dia:

Xanddy Harmonia
Durval Lelys

Sábado (16), às 18h:

Durval Lelys

Rafa e Pipo Marques

Bell Marques

Domingo (17), às 16h:

Banda Eva

Bell Marques

Xanddy Harmonia

Timbalada

Estrutura

Uma megaestrutura será montada na área do estacionamento do São Luís Shopping, com camarotes empresariais em um lado do evento, proporcionando uma experiência única para cada folião que deseja aproveitar os dois dias de folia de uma maneira mais privativa. Já no outro lado, o setor vip, com centenas de ativações dos patrocinadores, serviços da 4Mãos Experience e muita sofisticação.

Marcelo Aragão, um dos sócios-diretores da 4Mãos, destaca a importância do Vumbora para o calendário de eventos de São Luís:

“O Vumbora já faz parte da história da cidade e, neste ano, com a comemoração dos 10 anos de carreira solo do Bell Marques, a festa será ainda mais especial. Preparamos uma grande estrutura para receber o público e proporcionar uma experiência inesquecível.”

Bell Marques, por sua vez, reforça o seu amor por São Luís e a alegria em realizar mais uma vez o projeto Vumbora na cidade:

“São Luís sempre foi uma cidade muito especial para mim. A energia do público maranhense é contagiante e me motiva a dar o meu melhor em cada apresentação. O Vumbora – 10 Anos será uma grande festa para celebrar a música, a alegria e a energia do axé.”

O Vumbora – 10 Anos é a oportunidade perfeita para reviver a magia da micareta e celebrar a alegria do carnaval em grande estilo.

Serviços:

Vumbora – 10 Anos

Data: 16 e 17 de março

Local: Estacionamento do São Luís Shopping

Pontos de venda: 4Mãos Store (Piso L2 – São Luís Shopping)

Vídeos:

Juiz condena Município de São Luís a reformar suspendeu aulas após desabamento

Unidade Integrada Felipe Conduru

O juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, condenou o Município de São Luís a reformar a sede da escola “Unidade Integrada Felipe Conduru”, localizada na Avenida Guajajaras, no Bairro São Cristóvão, em São Luís.

A reforma deverá ser realizada em seis meses. E em 90 dias o Município deve apresentar cronograma para realização dos serviços, ou será penalizado como pagamento de multa diária de R$ 1 mil ao Fundo Estadual de Direitos Difusos.

A prefeitura deve instalar novas caixas d’água e realizar serviços nos espaços físicos para adequar a estrutura da escola às necessidades apontadas em relatório juntado ao processo na Justiça.

O pedido foi feito pelo Ministério Público Estadual em Ação Civil Pública, com pedido liminar (decisão provisória), em demanda da Ouvidoria do MPMA que relatou o péssimo estado de conservação e funcionamento da escola.

Na unidade, as aulas foram suspensas por causa do desabamento do telhado e de uma parede. E a escola tem problemas como instalação elétrica danificada e sem proteção, que não suporta a carga do funcionamento do ar-condicionado, e falta cisterna para o abastecimento de água.

Em manifestação no processo, o Município de São Luís alegou que a realização das obras deve se dar dentro do orçamento existente e é necessário realizar processo de licitação para contratar empresa para realizar a reforma.

Na análise do caso, o juiz Douglas Martins informou que na leitura do Relatório de Visita realizada pela 2ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Educação, foi possível constatar as falhas apontadas na ação.

Embora o Município tenha juntado ofícios com imagens de pintura das paredes, reforma de telhados e substituição de forro de PVC, pavimentação externa com blocos, pintura das quadras esportivas e fios elétricos e aparelhos de ar-condicionado novos, os pedidos da ação ainda não foram completamente atendidos.

VÍDEO – Alessandro Martins é conduzido à delegacia após mandado de buscas e apreensão

O empresário Alessandro Martins foi conduzido por policiais civis até a sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), em São Luís nesta quarta-feira (21).

O ex-proprietário da antiga concessionária Euromar foi alvo de um mandado de busca e apreensão cumprido na casa dele no Pallazzo da Renascença, no Calhau.

Contra Alessandro havia um pedido de prisão preventiva que foi indeferido pelo juiz Rogério Pelegrini Tognon. O empresário é apontado como autor de crimes como invasão de domicílio, ameaças e agressões, entre outros.