VÍDEO: Apartamento pega fogo no Turu em São Luís


As imagens são de um incêndio ocorrido no fim da tarde desta sexta-feira (3) em um apartamento no terceiro andar do condomínio Vivare, localizado na Avenida General Arthur Carvalho, no bairro Turu, em São Luís.

O Corpo de Bombeiros já foi acionado. As causas ainda serão apuradas.

VIP Leilões e CGJ realizam grande leilão de veículos nesta sexta (3)

Foto Reprodução

A Corregedoria Geral da Justiça, por meio da VIP Leilões, credenciada perante o Poder Judiciário do Maranhão, levará a leilão público veículos automotores vinculados a processos judiciais cíveis e criminais. Serão leiloados, também, aqueles depositados nos pátios dos fóruns ou em outros órgãos e locais cedidos para tal fim, sem identificação ou vinculação a qualquer processo, porém sob custódia do Poder Judiciário do Maranhão.

O leilão será nesta sexta-feira, dia 3 de dezembro, na modalidade on-line. Os bens dispostos no leilão são oriundos de processos em tramitação, processos já baixados pelas varas respectivas, bem como de veículos custodiados pela Justiça, mas sem vinculação a processos ou mesmo sem identificação.

Conforme o Edital, o leilão terá início às 9h, podendo ser suspenso por qualquer eventualidade e reiniciado no primeiro dia útil subsequente no mesmo horário e local, pelo valor do maior lance ofertado, desde que não inferior ao valor mínimo. Se o bem não alcançar lance igual ou superior ao mínimo de venda, o leiloeiro receberá e classificará a melhor oferta como lance condicional sujeito à aprovação pela Corregedoria Geral da Justiça. “O leiloeiro, desde já, fica devidamente autorizado pelo corregedor-geral da Justiça a juntar ou desmembrar lotes de veículos ou sucatas, peças ou partes diversas, bem como incluir ou retirar veículos antes do início do pregão e ainda, alterar sua condição de venda (sucata ou circulação) ou valores, por interesse da Justiça e/ou eventual irregularidade verificada”, destaca o edital.

O leilão será realizado exclusivamente on-line, com transmissão ao vivo em áudio e vídeo, no site endereço eletrônico www.vipleiloes.com.br. Para participar, o interessado deverá se cadastrar no site da Vip Leilões, e informar seus dados pessoais válidos. Assim que gerar o ‘termo de participação’, ele deverá proceder ao envio de toda documentação legítima.

O edital esclarece que o leiloeiro oficial procederá a vistoria dos veículos e apresentará a sugestão de valor mínimo de venda (avaliação) individualizado dos mesmos, bem como sua condição documental e de venda (sucata ou circulação), informações que comporão o Anexo I do edital, junto com os débitos e eventuais restrições e/ou gravames incidentes sobre os veículos, o que deverá ser homologado pelo juiz indicado pela Corregedoria Geral da Justiça.

Câmera flagra momento em que viatura da Polícia Civil capota em São Luís

Viatura da Policia Civil capotou após colisão

Câmeras de segurança registraram um acidente ocorrido no início da manhã desta segunda-feira (29), no bairro Coroado, em São Luís.

Em um cruzamento, uma viatura da Policia Civil da área Itaqui Bacanga foi atingida por um veículo vermelho e acabou capotando na pista. Confira imagens a seguir.


Todos os envolvidos no acidente felizmente não sofreram graves lesões.

Jovem é crivado de tiros ao sair de um bar no Calhau em São Luís

Vítima teria sido atingida por pelo menos três disparos de arma de fogo

Um jovem, que ainda não teve a identidade revelada, foi crivado de balas na porta da igreja Rei dos Reis, no Calhau, em São Luís, na noite de ontem (25).

O rapaz já estava saindo de um bar para atender uma ligação quando um criminoso disparou diversas vezes contra ele. Informações condizem que apenas três tiros atingiram o jovem.

Após ser baleada, a vítima ainda tentou entrar no estacionamento do estabelecimento, mas a amiga que o acompanhou, tratou logo de segurá-lo e o socorreu imediatamente.

Ainda segundo informações, o jovem foi encaminhado a um hospital de São Luís mas não detalhes sobre o estado de saúde dele.

Até o momento nenhum suspeito da tentativa de homicídio foi preso.

Abaixo a foto do carro o qual o rapaz usou para se proteger das balas.

Foto Reprodução

Fonte: Blog da Riquinha

GOVERNO BRAIDE E A INCOMPETÊNCIA EM GESTÃO

Protesto de agentes de endemia em São Luís

Trabalhadores do controle de endemias de São Luís cruzam os braços e vão às ruas nesta quarta-feira (24) em protesto por melhorias. Os profissionais cobram respeito do prefeito Eduardo Braide.

Além de pagamento dos salários, a categoria exige benefícios, EPI’s, adicional de insalubridade, entre outras reivindicações. Confira nas imagens a seguir.

Vereador Marquinhos solicita inclusão de alunos de escolas comunitárias no ‘Cartão-Alimentação’

Vereador Marquinhos

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) aprovou, em regime de urgência, durante sessão plenária desta terça-feira (23), o Projeto de Lei nº 345/2021, que cria o “Cartão Alimentação Escolar”, destinado aos alunos da rede pública municipal de ensino.

Segundo a proposta, o benefício deve ser destinado aos alunos da rede pública municipal de ensino, em decorrência da situação de emergência e o estado de calamidade pública da pandemia do Covid-19.

Valor do benefício

O Cartão Alimentação Escolar consiste no pagamento de auxílio financeiro no valor mensal de R$ 80,00 (oitenta reais) por cada aluno matriculado na rede pública municipal.

Ainda de acordo com a norma aprovada, o auxílio será concedido de forma retroativa. Cada aluno receberá um cartão no valor de R$ 400,00, referente aos meses de agosto a dezembro. O crédito inserido no cartão não permite saques e deve ser restrito para consumo de gêneros alimentícios.

Escolas comunitárias

Durante a apreciação da matéria, o vereador Marquinhos (DEM) apresentou uma emenda aditiva ao Projeto do Executivo para estender o auxílio financeiro às famílias dos nossos alunos matriculados nas escolas comunitárias.

De acordo com Marquinhos, seria injusto deixar estes estudantes fora do benefício, pois eles estudam em unidades de ensino que são conveniadas com o poder público, e, portanto, segundo o parlamentar, também contam no Censo Escolar da rede municipal realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira do Ministério da Educação (INEP/MEC).

Mateus é condenado a indenizar cliente que teve moto furtada em estacionamento

Mix Mateus no bairro João Paulo, em São Luís

Uma mulher que teve a moto furtada do estacionamento do supermercado Mateus, no bairro João Paulo, em São Luís, deverá ser indenizada materialmente e moralmente. Foi assim que decidiu a Justiça, em sentença proferida pelo 13º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo da capital que julgou parcialmente procedentes os pedidos, condenando o Mateus a restituir a autora o valor da motocicleta, ano 2014, conforme tabela FIPE, bem como deverá o supermercado proceder ao pagamento de 4 mil reais, a título de danos morais.

Na ação, ela alega que em 21 de julho, enquanto fazia compras no interior do estabelecimento teve a moto Honda/CG 125, ano 2014, furtada do estacionamento. Apesar da reclamação a funcionários do estabelecimento, e registro de boletim de ocorrência em Delegacia de Polícia, não teve o bem devolvido e entrou com uma ação contra o Mateus.

Em contestação, o supermercado alegou não haver nenhuma reclamação administrativa e, ainda, que as imagens de seu circuito interno ficam disponíveis por somente oito dias, não tendo a autora comprovado o furto do veículo.

Ao analisar o processo, verifica-se que a autora tem razão (…) Observa-se que o supermercado citado não se desincumbiu de refutar as alegações da autora, não tendo juntado as imagens de câmera referente ao estacionamento, para aquele relato da data citada (…) Apenas desqualificou os argumentos da mulher, esquecendo-se de que trata-se de relação de consumo, em que nitidamente é o caso de inversão do ônus da prova ou mesmo de realizar a distribuição dinâmica das provas, uma vez que a empresa reclamada detém melhores condições de provar que o fato não ocorreu em seu estabelecimento, mediante vídeos de suas câmeras de segurança”, pondera a sentença.

Segue relatando que a reclamante forneceu todos os dados referentes a dia e hora do furto, juntando, inclusive, o ‘ticket’ de compra expedido pelo reclamado, do dia e horário aproximado da ocorrência do fato criminoso, enquanto o estabelecimento limitou-se a asseverar que era a autora quem deveria comprovar o dano, quando na verdade, é o estabelecimento comercial quem deve comprovar o contrário, haja vista possuir melhores condições para isso. “Fato inconteste é que o Mateus Supermercados deve fornecer segurança a seus clientes não somente dentro da área de compra, mas também, em seu estacionamento interno, pois nada mais é que um atrativo para seus clientes, que esperam usufruir de uma comodidade, com segurança e guarda de seu transporte particular”, entendeu o Judiciário.

Após incêndio, MP tenta evitar ocupação debaixo da ponte do São Francisco

Incêndio em casebres debaixo da Ponte do São Francisco

O Ministério Público do Maranhão, representado pela titular da 11ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa dos Direitos Fundamentais, Márcia Lima Buhatem, se reuniu com a secretária municipal da Criança e Assistência Social, Rosangela Carvalho Bertoldo, para garantir habitação digna aos moradores dos casebres localizados debaixo da ponte José Sarney, bairro São Francisco, e evitar novas ocupações.

O encontro foi realizado no gabinete da referida Promotoria de Justiça e foi motivado pelo incêndio ocorrido na área das habitações precárias, improvisadas debaixo da ponte, no dia 5 de novembro.

Os representantes do Município informaram ao MPMA que, como medidas emergenciais, as famílias receberam do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do São Francisco, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar, cestas básicas no dia do incêndio, e foi ofertado abrigo aos moradores, o que não foi aceito por nenhum morador.

O CRAS São Francisco afirmou que acompanha os moradores e 61 famílias estão abrigadas no local, das quais 48 estão cadastradas para recebimento do benefício do aluguel social.

As demais ainda não apresentaram os documentos necessários para o cadastramento. Em relação a essas pessoas, o Município requereu prazo de 30 dias para identificar e realizar o cadastro.

Aluguéis

A Secretaria informou que os beneficiados terão o prazo de 30 dias, a contar do recebimento da primeira parcela do aluguel social, para comprovarem que já alugaram um imóvel. Caso contrário, serão retirados dos casebres, por meio da adoção das medidas legais.

Em seguida, o local deverá ser interditado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) para evitar novas ocupações. À medida que cada família for alugando novas moradias, os barracos deverão ser desmontados.

Fiscalização

Ficou acordado que o Ministério Público requisitará à Blitz Urbana a realização de fiscalização diuturnamente a fim de se evitar a reocupação dos casebres por novos moradores. O MPMA fiscalizará bimestralmente o local para que a situação não volte a ocorrer.

O Ministério Público também requisitará informações à Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) sobre a adoção dos meios necessários para a inclusão das famílias que habitam a ponte do São Francisco em programas habitacionais de forma a garantir condições dignas de moradia.

Por fim, a secretária se comprometeu a encaminhar relatório com demonstrativo dos pagamentos do benefício de aluguel social efetivamente realizados no prazo de 10 dias.

ACP

Igualmente foi informado à secretária sobre a existência de uma Ação Civil Pública, ajuizada em 2019, para a retirada de 27 famílias que estavam instaladas à época debaixo da ponte do São Francisco.

Sobre o assunto, a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) informou que as famílias atingidas pelo incêndio moram do lado oposto ao dos moradores citados na ação.

A área anteriormente ocupada foi interditada com a construção de um muro para evitar nova ocupação. Diante disso, foram construídos novos casebres para o lado da maré.

Homem teria tentado matar esposa jogando carro em bueiro; veículo pega fogo

Homem foi detido por policiais militares na Vila Embratel

Um homem que não teve a identidade revelada, aparentemente embriagado, foi detido pela Polícia Militar no bairro Vila Embratel, na manhã desta segunda-feira (8). Ele teria tentado contra a vida da esposa e dele mesmo jogando o veículo que dirigia, um  Corola preto em um bueiro.

Com a queda o veículo pegou fogo na parte traseira. O Corpo de Bombeiros foi acionado.

Acompanhe imagens abaixo.