Em encontro com prefeito Zezildo Almeida, Dino anuncia obras para Santa Helena

Foto Divulgação

Durante encontro no Palacio dos Leões, com o Prefeito, Zezildo Almeida, o Vice, Joãozinho Pavão e o Presidente da Assembléia Legislativa, Othelino Neto, o Governador Flávio Dino, anunciou um pacote de obras importantes, visando melhorar, principalmente, a infraestrutura do município de Santa Helena.

Por meio da parceria entre Prefeitura de Santa Helena e o Governo do Estado, o município será beneficiado com a construção da Praça da Família que será instalada no bairro Morada Nova, a implantação de duas quadras poliesportivas e mais melhorias de infraestrutura na cidade, como a revitalização da Beira-Rio, além da execução de mais uma etapa do Programa Mais Asfalto, que contemplará Santa Helena, com a pavimentação de vias.

Além de todos os serviços que serão realizados, vale destacar que o Governo do Maranhão, também está construindo em Santa Helena, uma unidade do IEMA, que irá garantir um ensino com muito mais qualidade, para os estudantes helenenses.

Quero muito agradecer, todo o apoio que temos recebido do Presidente da Assembléia Legislativa, Othelino Neto e claro, do Governador Flávio Dino, que estão sempre olhando por Santa Helena, em busca de melhorias para a nossa cidade. Tenho certeza, que com essas obras anunciadas, Santa Helena só terá a ganhar, com espaços destinados ao lazer, as práticas esportivas, mas acima de tudo, garantindo desenvolvimento para o município”, afirma Zezildo Almeida, Prefeito de Santa Helena.

São obras fundamentais e que deverão impactar, positivamente, o município de Santa Helena. Quero aqui registrar, que o Prefeito Zezildo Almeida é um parceiro do Governo do Estado e sem dúvida, essa parceria tem rendido excelentes frutos. Quero agradecer a população de Santa Helena, pelo carinho de sempre e espero poder reencontrar todos vocês, no próximo dia 30 de setembro, data em que cidade comemora mais um aniversário”, destaca Flávio Dino, Governador do Estado.

TUDO LIBERADO…

Governador Flávio Dino

Em coletiva de imprensa realizada virtualmente na manhã de hoje (20), o governador Flávio Dino anunciou queda nos índices de casos e óbitos por Covid-19 no Maranhão e então decidiu flexibilizar medidas liberando o fluxo de pessoas e horário normais em comércios, indústrias, supermercados, igrejas, academias, bares e restaurantes. Ele também anunciou a abertura de cinemas e teatros e aumentou a capacidade de pessoas em eventos em locais abertos e ventilados permitindo até 400 e fechados até 200.

Mas o governador deixou claro que as medidas de prevenção devem ser seguidas e que o uso de máscara continua sendo indispensável, mesmo com a queda de casos do coronavírus.


Aulas na rede estadual retornam em agosto em ensino híbrido, anuncia Dino

Governador Flávio Dino

As aulas na rede pública estadual de ensino no Maranhão, pelo sistema hibrido, vão retornar no próximo dia 2 de Agosto. Foi o que anunciou o governador Flávio Dino (PSB) em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (20).

Felizmente os números de casos da Covid-19 estão reduzindo no Estado por esta razão o governo inicia algumas liberações.

Sobre o ensino hibrido haverá um retorno gradual com a adoção de medidas sanitárias e cumprimento de protocolos  na proteção contra o coronavírus.

Movimento lança campanha em defesa às pré-candidaturas de Dino e Lula

Lula e Dino

A União da Juventude Socialista (UJS) do Maranhão antecipou-se ao período eleitoral e lançou uma campanha em que defende as pré-candidaturas do governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), ao Senado e de Lula (PT) à Presidência da República.

O PSB, que recebeu Dino recentemente, não crava quem vai apoiar na disputa pelo Palácio do Planalto. Em entrevista a CartaCapital no último mês, o presidente da sigla, Carlos Siqueira, afirmou que “tudo indica” que o partido apoiará o petista.

Lula tem a menor rejeição [ na pesquisa IPEC], espero que se mantenha assim. A polarização contra Bolsonaro está dada e dificilmente será alterada. Eu disse ainda ontem que o PSB apoiará aquele que tiver condições de liderar essa Frente Ampla e tudo indica que seja o Lula. Se for, estaremos lá”, disse à época.

Para aumentar o apoio, a UJS colocou no ar nas últimas semanas o site Todos com Dino onde é possível assinar um manifesto em defesa dos dois políticos.

O objetivo é promover uma defesa do Dino, que vinha sendo atacado pelo presidente e seus aliados”, diz Eduardo Correa da UJS. “A trajetória dele aqui no estado é fantástica e isso inspira muita gente. O Todos Com Dino tem o objetivo de reunir a turma que gosta dele”, acrescenta.

Para Correa, o objetivo maior é a formação de uma Frente Ampla no ano que vem para derrotar o bolsonarismo.
Dino tem condições de ser um dos interlocutores dessa frente, como já fez em 2014. É a maior liderança formada no Brasil desde Lula”, afirma o integrante do movimento.

Conheça a página ‘Todos com Dino’

CARTA CAPITAL

PCdoB começa a desenhar estratégias para não perder protagonismo

Foto Divulgação

Após a saída do governador Flávio Dino do PCdoB, o partido que parecia desanimado começa a desenhar estratégias para não perder o protagonismo. Na manhã desta quarta-feira,7,a sigla reuniu seus pré-candidatos para as próximas eleições.

O PCdoB que tinha como referência maior o governador do Estado, mostra que não está morto e apresenta nomes fortes como o de Júlio Mendonça presidente da Agerp que até então não tinha se manifestado sobre uma possível candidatura. A sigla conta também com deputados de mandatos como Carlinhos Florêncio, Marco Aurélio, Adelmo Soares, Othelino Neto e o presidente Márcio Jerry.

Agora basta saber se o jogo não vai forçar uma separação entre os “companheiros”, sabemos que a migração de partido acontece de acordo com a movimentação do majoritário, principalmente para os que compõem o grupo de Secretários de Dino. Se as peças certas saírem do tabuleiro, aí sim a sigla pode preparar o enterro.

Participaram também o ex-prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio Mendonça e o Secretário adjunto de Agricultura Familiar, Mávio Rocha.

Weverton Rocha poderá ser anunciado hoje como vice de Brandão

Weverton, Dino e Brandão

O governador Flávio Dino (PSB) vai se reunir com lideranças políticas no Palácio dos Leões, nesta segunda-feira (5), para tratar sobre a própria sucessão e, consequentemente, pré-candidatura ao Senado Federal.

O encontro, que chegou a ser adiado por duas vezes, ocorre após Dino ter se reunido fora da agenda com o senador Weverton Rocha (PDT), no sábado (3), quando advertiu o pedetista sobre a decisão em apoiar o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) como candidato único de seu grupo político ao governo do Estado.

Segundo fontes ouvidas reservadamente pelo ATUAL7, Dino ressaltou que Brandão vai ser governador do Maranhão a partir de abril de 2022, o que faz dele candidato natural com direito à reeleição.

A Weverton, para reparar o racha na base, foi oferecida a indicação da vaga de vice, que pode ser preenchida até por ele próprio –o que o faria automaticamente governador em 2026, quando Brandão é quem se desincompatibilizaria.

Ainda de acordo com fontes, Weverton prometeu analisar a proposta.

A resposta pode ser dada na reunião de hoje.

Do ATUAL 7

Flávio Dino agora é oficialmente PSB

Flávio Dino na filiação ao PSB

O governador do Maranhão, Flávio Dino, ex PC do B, filiou-se na manhã desta terça-feira (22) ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) junto a do deputado federal Marcelo Freixo, que deixou o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) na última sexta-feira (11). A cerimônia terminou há pouco.

Dino já havia afirmado que, com a troca de legenda, iria se dedicar à “uma grande Frente da Esperança”, uma ação que seria “um vetor decisivo para um novo ciclo de conquistas sociais para o Brasil”.

Em discurso hoje, durante cerimônia de filiação, o governador maranhense, que deve disputar uma vaga ao Senado em 2022, foi contundente: “Minha vinda para o PSB é um encontro com este momento atual em que autenticamente se exige tanto da militância patriótica e socialista do Brasil (…) a nossa tarefa não é pequena, por mais absurdo que seja, o Bolsonaro será candidato a reeleição. Por sobre uma pilha de tragédias, nada de positivo a apresentar e obras não há. Derrotá-lo não é tarefa de poucos, não é tarefa de muitos, é de todos.”

Flávio Dino encaminha pedido de filiação ao PSB

O governador Flávio Dino, ex PCdoB, afirmou na manhã de hoje (18), pelas redes sociais, que já encaminhou pedido de filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). A filiação ocorre na semana que vem.

Dino pede desfiliação do PCdoB e deve ir para o PSB

Flávio Dino

O governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, acaba de anunciar que pediu desfiliação do PCdoB, partido o qual dedicou 15 anos de militância. Possivelmente ele deve migrar para o PSB.

Confira abaixo o que disse ele nas redes sociais nesta quinta-feira (17).

Foto Reprodução Twitter

Dino diz que ida ao PSB é ‘possibilidade’ e que Lula virá ao Maranhão

Flávio Dino, Governador do Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino, disse nesta segunda-feira (14) à Rádio Bandeirantes que deixar o PCdoB para se filiar ao PSB é uma “possibilidade” e não uma “decisão”. Para cravar a mudança, ele aguarda a tramitação na Câmara dos Deputados do projeto que cria as chamadas federações partidárias.

Se for aprovado, o projeto permitirá que dois ou mais partidos se unam em uma “federação” que passaria a atuar, na prática, como se fosse uma única sigla. Ele é considerado uma tentativa de salvar partidos com representações menores no Congresso, como Cidadania, PV, Rede, PTB e o próprio PCdoB, já que atuaria como uma maneira de driblar a cláusula que permite acesso ao fundo partidário e ao horário eleitoral gratuito apenas às legendas que atingirem ao menos 2% dos votos válidos para deputado na eleição do próximo ano. O texto já passou no Senado.

Estou vendo ainda. Tem que definir antes as regras jurídicas da eleição. Na semana passada houve uma votação na Câmara de um projeto que cria as federações partidárias, permitindo a união de partidos. Vamos esperar essa votação para definir. Não há muita agonia porque temos prazo, mas a questão principal é essa: convergir, unir e ver quais são as regras do jogo. [A ida ao PSB] é uma possibilidade, ainda não é uma decisão”, explicou Dino.

Neste momento, temos 30 partidos representados no Congresso. Então qualquer ideia de união eu acho positiva. O Brasil não pode conviver com apenas dois partidos, isso foi tentado no regime militar com MDB e Arena e não deu certo. Por outro lado, 30 é demais”, completou o governador.

Na última semana, o deputado federal Marcelo Freixo deixou o PSOL para se filiar ao PSB. A migração foi considerada o primeiro passo de Freixo rumo à disputa pelo governo do estado do Rio de Janeiro nas eleições de 2022. Já a migração de Dino seria visando uma vaga no Senado Federal, embora seu nome tenha sido levantado também como possível vice de uma eventual chapa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência.

Tenho falado com Lula, mas jamais sobre isso. Esse debate é para 2022. Na semana passada mesmo conversamos sobre uma viagem que ele fará ao Maranhão, mas nada nesse sentido. Tenho cuidado dessas emergências da pandemia. E tenho trabalhado mais com a ideia de pré-candidatura ao Senado. Essa é a tendência mais forte.”

BAND UOL – Blog do Datena