Sérgio Albuquerque está inelegível e não poderá disputar a prefeitura de Primeira Cruz

Foto Reprodução

Desespero bateu no grupo de Sérgio Albuquerque. Na manhã desta quinta-feira (27), começou a circular em grupos de WhatsApp, um arquivo em PDF, justamente de uma decisão que nada mais é que a condenação do ex-prefeito da bela, porém maltratada Primeira Cruz.

O seu grupo tentava a todo custo manter essa decisão sob sigilo, pois ainda tinham o intuito de reformá-la em instâncias superiores.

Na verdade, INÊS É MORTA.

Bastou uns poucos zaps com fontes pontuais e influentes da cidade, para entendermos como a trama foi armada.

O golpe que estava em curso seria dado da seguinte forma: devido ao péssimo desempenho nos levantamentos realizados e a grande rejeição do atual prefeito Nilson do Cassó, que foi empossado em um processo cheio de vícios e com interferências externas nada republicanas, começou-se um movimento local de desespero para buscar uma nova opção para representar o grupo oligárquico que vem dominando com mãos de ferro a política daquele pobre município. Por falta de opções, o ex-prefeito Sérgio Albuquerque, tem expressado para pessoas mais próximas que será o candidato do grupo, porém ele precisa primeiro combinar com a justiça!

Segundo nossos levantamentos, assim como o “pai” dele, o Sérgio Albuquerque só poderia ser candidato novamente em outra encarnação, diante do grande número de processos em que ele foi condenado. O conteúdo é vasto mas por enquanto, vamos expor apenas 2 dos seus processos em que ele foi condenado junto com o próprio pai.

Consulte AQUI e acesse o item G, exatamente onde o ex-prefeito está enquadrado. Em valores atualizados, Sérgio Albuquerque deve aos cofres públicos quase R$ 1 MILHÃO E 300 MIL. Isso só de um processo.

Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução

Fonte: Gazeta do Nordeste

Pré-candidato à prefeito de Paço do Lumiar, Francisco Neto filia-se ao PSL

Chico Carvalho e Francisco Neto

Com apoio do presidente do Diretório Estadual do Partido Social Liberal (PSL), vereador Chico Carvalho, filiou-se nesta quinta-feira (27) na legenda, Francisco Neto, presidente do Sindicato dos Bares e Restaurantes (SindBares).

O empresário do ramo gastronômico é dono dos restaurantes Flor de Vinagreira e Feijão de Corda e sairá pré-candidato a prefeito do município de Paço do Lumiar.

ICATU: Walace Azevedo participa de intensa agenda de eventos durante o Carnaval

Foto Divulgação

O pré-candidato a prefeito de Icatu, Walace Azevedo, mostrou energia e disposição ao participar de uma agenda intensa de eventos carnavalescos, retiros evangélicos e visitas a lideranças na sede e povoados de Icatu.

Desde a última sexta-feira (21/02), quando esteve presente na sede, o pretenso candidato acompanhou de perto os mais variados momentos da ‘festa de momo’.

Walace prestigiou e apoiou culturalmente dezenas de blocos, contribuindo para o crescimento da cultura Icatuense.

Ao longo da folia pelas ruas e avenidas de Icatu, Walace foi abraçado pela população, que tem incentivado sua futura candidatura a prefeito da cidade. No meio dos foliões e da criançada, Walace Azevedo recebeu o carinho do povo, ocasião em que parabenizou as agremiações pelo lindo trabalho.

No domingo (23/02), o pré-candidato a prefeito compareceu na praça principal, onde foi bem recebido pela população e prestigiou o Carnaval acompanhado de amigos, lideranças, além de familiares.  Ele ainda esteve na segunda-feira (24/02), no povoado Prata, em um almoço na residência de Domingos da Prata, grande liderança local. Também na segunda, o pré-candidato participou ativamente da programação carnavalesca em Itatuaba.

Dando prosseguimento a agenda do dia, Walace e sua comitiva visitaram retiros evangélicos e acompanharam reuniões e ações com o segmento religioso, que também contou com total aceitação e apoio.

Quase 60 mil famílias do Maranhão são excluídas do Programa Bolsa Família

Foto Reprodução

O Maranhão foi um dos Estados mais atingidos pela fila de espera e expurgos no programa Bolsa Família. Com o menor índice de cobertura de novos beneficiários da história, o programa teve um redução de mais de 56 mil famílias no Estado. Entre janeiro e fevereiro, 4.927 famílias maranhenses deixaram de ser beneficiárias do programa.

A queda no número de famílias no estado vem se acentuando desde dezembro de 2018. Segundo o último levantamento do Ministério da Cidadania, pasta que hoje coordena o programa, o Maranhão tem 927.773 cadastrados no Bolsa Família. O valor médio repassado a cada família é de R$ 216,92.

A fila de espera foi zerada em 2017 pela primeira vez. Três anos depois a realidade é muito diferente. O orçamento para o Bolsa Família para 2020 é de R$ 30 milhões. Não há previsão de que este recursos seja reajustado pela inflação.

Do Blog MARRAPÁ

Transparência: TJMA transmite ao vivo sessões plenárias no Youtube

Foto Reprodução

Tornar as decisões do Judiciário estadual ainda mais transparentes e acessíveis à sociedade e aos profissionais que atuam na área do Direito. Com esse objetivo, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), está transmitindo, ao vivo e na íntegra, as sessões plenárias administrativas e jurisdicionais, todas as quartas-feiras, a partir das 9h, em seu canal oficial do Youtube (tjmaoficial), exceto os julgamentos de processos que correm em segredo de Justiça.

A transmissão ao vivo, por áudio, já vêm acontecendo desde 2015, quando as sessões plenárias e das câmaras colegiadas começaram a ser veiculadas na Rádio Web Justiça do Maranhão, com acesso no Portal do Judiciário (www.tjma.jus.br) e pelos aplicativos “Rádio TJMA” nos sistemas Android e iOS dos celulares. Durante a sessão plenária, “flashes” ao vivo também são feitos na rede social Instagram do TJMA (@tjmaoficial).

A novidade amplia o acesso à Justiça, em relação aos julgamentos da Corte estadual e proporciona um maior conhecimento da sociedade sobre seus direitos e deveres, ao acompanharem a prática jurídica exercida por magistrados, procuradores de Justiça, advogados, defensores e demais profissionais do Direito.

Para o presidente da Corte Estadual, desembargador Joaquim Figueiredo, a transmissão ao vivo das sessões plenárias do TJMA traduz o respeito ao princípio da transparência nas instituições, permitindo à sociedade o conhecimento de decisões que de alguma forma refletirão no seu cotidiano.

“Além de significar transparência, é a maneira da Justiça maranhense se manter próxima da sociedade, democratizando a informação do Judiciário. É um ganho para todos os cidadãos e para a própria Justiça, que mostra uma realidade palpável, constituída por magistradas e magistrados lúcidos e esforçados, dando o melhor de si na missão de distribuir Justiça”, frisa.

Entre os pontos positivos das transmissões inclui-se a harmonização na convivência da Magistratura, do Ministério Público e da Advocacia. Para o presidente do TJMA, desembargador Joaquim Figueiredo, com a iniciativa, o Poder Judiciário presta também inegável serviço à comunidade jurídica.

Para o desembargador Joaquim Figueiredo, o encurtamento da distância entre as instituições jurídicas e a vontade do povo, de tomar parte delas, representa elemento essencial à solidificação do Estado de Direito, posto que aumenta a confiança na administração da Justiça e na forma democrática de exercitar o Direito. Ele diz que quanto maior a transparência, maior será a credibilidade do Poder Judiciário perante a sociedade.

Isso é democracia e um grande exemplo, entre muitos outros, das conquistas obtidas pelo Poder Judiciário no quesito transparência. A transmissão das sessões plenárias da Corte de Justiça maranhense representa, por si, um avanço significativo para o interesse público no processo de consolidação da democracia”, frisa o desembargador Joaquim Figueiredo.

Leia mais em TJMA

Anistia associa ‘incoerência do governo Bolsonaro’ a retrocessos dos direitos humanos

Presidente Jair Bolsonaro

Um relatório da Anistia Internacional divulgado nesta quinta-feira (27) aponta que o ano de 2019 foi marcado por retrocessos para os direitos humanos no Brasil. O levantamento anual mapeou o cenário de 24 países das Américas.

Desigualdade, corrupção, violência, degradação ambiental, impunidade e enfraquecimento das instituições continuaram sendo uma realidade comum nas Américas, resultando em violações diárias dos direitos humanos para milhões de pessoas”, diz a introdução do relatório.

De acordo com a organização internacional, em vez de estabelecer mecanismos para promover o diálogo e tratar das preocupações da população, autoridades dos países mapeados recorreram à violência no policiamento de manifestações e, em alguns casos, ao aumento da militarização das operações de ordem pública.

No caso do Brasil, a Anistia afirma que o presidente Jair Bolsonaro e outras autoridades mantiveram um discurso abertamente contrário aos direitos humanos e que isso foi traduzido em medidas administrativas e legislativas.

O relatório destacou a falta de uma política coerente do governo federal para combater o desmatamento e prevenir os incêndios na amazônia.

Destacou que o governo Bolsonaro não cumpriu a obrigação de proteger os povos indígenas e ainda adotou medidas que aumentaram os riscos para essa população.

A Anistia denunciou os ataques e ameaças contra ativistas de direitos humanos que atuam no país e alertou para a impunidade, citando como exemplo o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, há quase dois anos. Até hoje, os mandantes do crime ainda não foram presos.

O relatório denunciou ainda o crescimento da violência policial, alimentada pelo discurso de autoridades federais e estaduais.

Nesse ponto, a Anistia cita nominalmente o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). O relatório lembra que as principais vítimas dessa política de segurança são os jovens negros de favelas.

Do G1

Sucesso de público, segurança e tranquilidade marcam o Carnaval de Caxias

Foto Divulgação

Foram cinco noites de folia. O Carnaval de Caxias não teve registro de ocorrências graves, sendo marcado pela segurança integrada com Polícia Militar, Guarda Municipal, Bombeiros Militar e Civil, Polícia Rodoviária Federal, Segurança Particular e secretarias de Segurança, Infraestrutura, Meio Ambiente e Trânsito, que fizeram de tudo para que as milhares de pessoas todas as noites tivessem um Carnaval sem nenhuma intercorrência de grande vulto.

Graças a Deus nenhuma intercorrência grave foi registrada. O trabalho integrado funcionou. Nós tivemos com uma força-tarefa integrada além do circuito, em bares e outros ambientes. Tivemos o patrulhamento aéreo com o CTA (Centro Tático Aéreo) para pudesse fazer a segurança através de uma visão privilegiada, a visão da altura, verificando o aglomerado de pessoas”, disse Márcio Silva, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar.

Um QG da saúde também foi montado e atendeu a todas as expectativas.

“As intercorrências foram coisas simples, houve uma redução dos índices em comparação ao ano passado. Tivemos casos de hipotensão, desgaste físico, excesso de bebida alcoólica. Então as pessoas vinham aqui, eram atendidas e voltavam para o Carnaval. Atendemos também o pessoal das barracas e até da segurança, mostrando que a saúde é para todos. Nota 10”, afirma Rita Paz, coordenadora do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Bandas locais, regionais e de renome nacional passaram pelo palco do “Corredor da Folia”, a exemplo de Giovani Filho, Netinho, Gilmelândia, Reinaldinho, Jonas Esticado e, na última noite, Rubynho e Oz Bambaz, Araketu, Companhia do Calypso e Skema 10. No trio elétrico ou na avenida, a folia contagiou a todos.

Eu sou apaixonado por Caxias, inclusive meu pai já morou aqui, já estive aqui passando férias. Caxias é uma cidade incrível, e saber que sou benquisto é muita emoção”, disse Rubynho, cantor.

Já vim muito ao Piauí, mas aqui é a primeira vez e estou muito feliz por isto. É uma grande responsabilidade estar à frente de uma banda como Araketu porque é uma banda que só tem sucessos. Nosso objetivo é manter o legado da banda e construir o novo”, disse o vocalista Dan Miranda.

É meu segundo ano encerrando o Carnaval de Caxias. O nosso prefeito está de parabéns, um evento maravilhoso, um Carnaval sem brigas. Quero voltar no próximo ano”, disse Fênix Ribeiro, cantora da Cia do Calypso.

Assim como a Fênix havia dito que o povo era legal, agora a gente está comprovando de perto. A gente tem que fazer boas amizades com o poder público, trouxemos ele para cima do palco, foi muito legal”, disse Paulinha Miranda, cantora da Cia do Calypso.

Eu me sinto muito feliz em encerrar o Carnaval de Caxias. Este ano tivemos muitas bandas locais, e esperamos que esta valorização continue em nosso município. Quero agradecer ao nosso prefeito pelo convite”, agradeceu Badyo, cantor do Skema 10.

A festa foi marcante tanto para quem participou quanto para quem realizou.

Foi um prazer estar em Caxias acompanhando o Furacão do Brasil. Realmente tivemos aqui o melhor Carnaval do Maranhão”, disse Negucha, integrante do Fã Clube da Cia do Calypso.

Foto Divulgação

Foi um Carnaval de paz, de um povo que está com a autoestima resgatada, que dança, que abraça, que mostra aos turistas o quanto a cidade desenvolveu. O momento é de paz, de alegria, mas deixa saudade. Esperamos que em 2021 possamos estar brincando, porque o povo merece a cidade que a gente quer”, disse Fábio Gentil, prefeito de Caxias.

Flor do Samba leva o título de campeã do Carnaval 2020 em São Luís

Foto Reprodução

A apuração do concurso de passarela aconteceu na tarde desta quarta-feira de Cinzas (26), no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, na Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís. E a grande campeã foi a Flor do Samba.

A escola do bairro Desterro fez um belo desfile exaltando as manifestações culturais que são Patrimônio Imaterial do Brasil.

A Flor disse que a mistura das manifestações europeias, indígenas e afrodescendentes foi a fórmula perfeita para tornar o Brasil rico culturalmente. A Festa do Divino, o tambor de crioula, o Bumba Meu Boi, o Boi Bumbá e o Círio de Nazaré foram lembrados pela escola.

Com um enredo que sugeriu alegorias bem próximas das usadas pela Marambaia, a Flor apresentou fantasias com uma nova visão, como o Bumba Meu Boi, que além de alas, dividiu um carro alegórico com a representação do Boi Bumbá, por exemplo. Com carros mais pomposos e fantasias com melhor acabamento em relação as concorrentes do segundo dia de desfiles, a Flor fez um desfile brilhante e nem a chuva atrapalhou o desenvolvimento da escola, que levou o título.

Maior Carnaval da história do Maranhão reuniu 700 mil pessoas

Circuito Beira-Mar (Foto: Divulgação)

Os circuitos oficiais do Carnaval do Maranhão reuniram 700 mil pessoas nos cinco dias de festa em São Luís. O número equivale ao total de presentes nos circuitos Beira-Mar, Rio Bacanga, Madre Deus e Passarela do Samba.

Fizemos, em 2020, o maior carnaval da nossa história, com centenas de milhares de pessoas participando. Obrigado a todos que ajudaram, em evento tão complexo. Parabéns aos artistas, grupos culturais e foliões. E peço desculpas por eventuais falhas. Sempre aprendemos com elas”, disse o governador Flávio Dino.

Circuito Rio Bacanga (Foto: Divulgação)

A novidade deste ano foi o Circuito Rio Bacanga, que levou três dias de festa para a região. Entre as atrações, estiveram Saia Rodada, Ávine Vinny e Mano Walter.

Mais uma vez, o Circuito Beira-Mar foi o local com o maior número de pessoas. As apresentações incluíram Margareth Menezes, Maria Rita, Cidade Negra e Zeca Baleiro.

Foram cerca de 300 atrações em todos os circuitos, entre cantores, bandas e grupos folclóricos da música, arte e cultura do Estado.

Festa nacional

A programação embalou não somente maranhenses, mas muita gente de fora. A folia no Maranhão já entrou para o calendário nacional. Para o francês Beltrand Landhauser, “foi uma [festa] irreverente, animada e muito diversa. Muito bom”.

Vinda de Recife para curtir o carnaval em São Luís, Arminda Portela Lima, 32 anos, se disse encantada com o que presenciou na festa, especialmente com a segurança. “Estou achando muito incrível, tranquilo, com muita paz e amor, sem violência. Um dos melhores carnavais que já aproveitei”, afirmou a turista.

Muita gente também veio do interior. Foi o caso do estudante Bruno Coelho, da cidade Magalhães de Almeida. Foi a primeira vez dele no carnaval em São Luís.

Sempre tive o hábito de ficar no interior para brincar o carnaval. Estou achando fantástico. É uma coisa linda a cultura do Maranhão, [esse carnaval] é um dos mais lindos que existe no Brasil. Estou curtindo desde o pré-carnaval e amando demais tudo isso”, enfatizou.

Em nota, Capitania dos Portos diz que navio encalhou; inquérito foi instaurado

Foto Reprodução

NOTA À IMPRENSA

São Luís – MA, em 26 de fevereiro de 2020

A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA), informa que, na manhã desta terça-feira (25), tomou conhecimento por meio de uma Agência Marítima de que o Navio Mercante “STELLAR BANNER”, que carregava minério de ferro da Vale, apresentou um problema, ainda não identificado, nas proximidades da boia nº 1 no canal da Baía de São Marcos-MA, cerca de 32 milhas do Farol de Santana. O incidente ocorreu no dia 24, por volta das 21h30. Foram identificados dois vazamentos avante da embarcação. No momento, o Navio encontra-se encalhado.

Quatro rebocadores se deslocaram em direção ao Navio para coletar mais informações e prestar apoio, caso necessário. A tripulação permanece em segurança na área à bordo dos rebocadores enviados. A Marinha instaurou um inquérito administrativo para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do incidente.

Foi realizada, na manhã de hoje (26), uma reunião com o Agente Marítimo, representante da Vale, Autoridade Portuária e com dois membros da empresa Ardent Global, a qual contratada pelo Armador para apresentar tão logo possível o Plano de Salvatagem desta embarcação. Um rebocador com material para conter possíveis danos ambientais foi enviado pela Vale ao local a fim de prevenir futuras possibilidades de vazamento.

A Capitania dos Portos do Maranhão estimula a população a auxiliar na fiscalização para a segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar e nas águas interiores e a prevenção da poluição hídrica a partir de embarcações. A população pode encaminhar denúncias e informações pelos seguintes canais de comunicação: e-mail [email protected] e pelos telefones 0800-098-8432 e (98) 2107-0121.