Edilázio atua em defesa dos produtores de Etanol

Deputado federal Edilázio Júnior (PSD)
Deputado federal Edilázio Júnior (PSD)

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD), defendeu em reunião, na Câmara Federal, diálogo entre o Poder Legislativo e a União em favor dos produtores de Etanol em todo o país.

A reunião – com produtores da Região Nordeste -, tomou por base um Projeto de Lei aprovado no Senado Federal no mês de junho que permite a comercialização direta de etanol por usinas junto aos postos de combustíveis. 

A matéria susta artigo da Resolução 43/2009, da ANP, que determina que um produtor de etanol só pode comercializar o produto com um fornecedor cadastrado na ANP, com um distribuidor autorizado pela agência ou com o mercado externo. 

A nova regulamentação foi encarada como uma ameaça pelos produtores, que temem pela queda brusca de receitas na movimentação do produto. 

Esta reunião ocorreu para tentar buscar um denominador comum junto ao Ministério da Agricultura e junto ao ao produtores para que possa, óbvio, gerar riqueza quando [o produto] entra no Porto do Itaqui, quando entra no Maranhão, mas sem prejudicar esses produtores que estão pagando impostos e gerando empregos em nosso estado. Então esse diálogo é de extrema necessidade para tentar buscar um equilíbrio entre essa importação e os produtores locais”, disse.

DIEGO EMIR

Câmara dos Deputados aprova MP que muda Código Florestal

Foto Reprodução

Por 243 votos a 19, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) a medida provisória 867, que altera o Código Florestal.

O texto segue agora para o Senado Federal. Mas o presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) afirmou que não pautará a MP, que perde a validade na próxima segunda-feira (3).

Informo aos senadores e senadoras que não convocarei amanhã [quinta, 30] sessão deliberativa para apreciarmos essa MP. Diante desse informe, eu agradeço o apoio e as manifestações de vários senadores no sentido da construção de um acordo e de um entendimento. Portanto, independente da votação na Câmara se encerrar no dia de hoje, este presidente cumprirá o acordo construído com vários lideres partidários. Nós não faremos a votação da referente MP”, disse Alcolumbre na noite desta quarta.

Alcolumbre afirmou que há uma “reclamação constante” dos senadores em relação a medidas provisórias que chegam ao Senado sem tempo suficiente para discussão entre os parlamentares.

Ele disse que está “construindo um acordo” com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que a Câmara vote uma proposta de emenda constitucional (PEC), a fim de estabelecer prazos de 90 dias para a Câmara analisar uma MP e 30 dias para o Senado.

“Para resolver de uma vez esse pleito dos senadores, há muitos anos, em relação a esse pequeno período de espaço que o Senado tem, muitas das vezes, para deliberar sobre MPs, muitas das vezes, complexas ao entendimento dos senadores”, declarou.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou que poderá ser editada uma nova medida provisória ou um projeto de lei com urgência para que a matéria possa ser votada até o início do recesso legislativo de meio de ano.

“Nós temos que cumprir prazos e temos que cumprir o regimento. Para haver a quebra do interstício e poder votar antes de 24 horas da chegada da MP ao Senado, é preciso haver acordo de todas as lideranças. A matéria da 867 é uma matéria que suscita polêmica e não houve acordo”, declarou Bezerra Coelho.

Leia mais em G1

Senado aprova reajuste para ministros do STF

Foto Reprodução

O Senado aprovou nesta quarta-feira (7) projetos de lei que concedem aumento aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao procurador-geral da República. O reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil e provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

A proposta relativa aos membros do STF teve 41 votos favoráveis, 16 contra, e uma abstenção, após os senadores aprovarem, na tarde de ontem (6), a inclusão do texto na Ordem do Dia de hoje. Já o projeto do salário do procurador-geral da República foi aprovado de forma simbólica pelo plenário.

A votação provocou divergências entre os senadores desde o início do dia, depois que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, manifestou “preocupação” com a possibilidade de reajuste. Segundo Bolsonaro, o momento não é adequado para o aumento.

Câmara

A matéria foi aprovada pela Câmara dos Deputados, mas tramitava no Congresso desde 2016, depois de ter ficado paralisada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Neste ano, o Supremo aprovou um reajuste de 16% no salário dos ministros da Corte a partir de 2019.

Escolhido como relator de plenário, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) alterou o texto para adequar o reajuste, informando que não haverá efeito retroativo para os anos anteriores.

É importante registrar às senhoras e senhores que existe um compromisso assumido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal de extinguir o auxílio-moradia hoje pago aos membros do Poder Judiciário, anulando assim o impacto orçamentário”, afirmou Fernando Bezerra, ao encaminhar voto favorável ao projeto.

Leia mais em Agência Brasil

Weverton Rocha e Eliziane Gama disparam e lideram votação ao Senado

Flávio Dino, Weverton e Eliziane Gama

Os deputados federais Weverton (PDT) e Eliziane Gama (PP) estão a frente da disputa ao Senado. Ambos são os mais pontuados de um total de mais de 12% das urnas apuradas no Estado do Maranhão.

Weverton aparece em primeiro lugar com 34,63% e Eliziane em segundo com 27,16%.

Aguardem novas parciais.

Exata/JP confirma: Flávio Dino vence no 1º turno; Weverton e Eliziane lideram no Senado

Flávio Dino, Weverton e Eliziane Gama

A última pesquisa Exata/JP mostra que o governador Flávio Dino mantém ampla vantagem sobre seus adversários e deve ser reeleito neste domingo no primeiro turno. De acordo com a pesquisa, Flávio tem 62% das intenções de votos válidos.

O levantamento foi publicado pelo Jornal Pequeno neste sábado (6), véspera da eleição.

Flávio tem mais que o dobro de Roseana Sarney, com 29%. Em seguida, vêm Maura Jorge (6%) e Roberto Rocha (3%). Odívio Neto e Ramon Zapata não pontuaram.

Senado

Para o Senado, a pesquisa mostra que os dois candidatos da chapa de Flávio ampliaram a vantagem sobre os demais concorrentes e lideram com folga. Eles têm mais de dez pontos de diferença sobre os candidatos das famílias Sarney e Lobão.

Neste ano, os eleitores votam em dois senadores.

Weverton cresceu de 31% para 36% de intenções de votos totais. Eliziane Gama subiu de 28% para 33%.

Já Edison Lobão foi de 26% para 24%. Sarney Filhou passou de 23% para 21%.

Depois vêm Zé Reinaldo (14%), Alexandre Almeida (10%), Samuel Campelo (2%) e Preta Lú (2%). Saulo Pinto e Saulo Arcangeli têm 1% cada. Iêgo Brunno não pontuou. Votos brancos e nulos somam 30%. Indecisos são 26%.

Registro

A pesquisa Exata/JP ouviu 1.400 pessoas entre os dias 2 e 4 de outubro. A margem de erro é de 3,3 pontos para mais ou para menos. O registro da pesquisa no TSE é o MA-07634/18.

Fonte: Blog do John Cutrim

Lobão diz que preside comissão mais importante do Congresso pela 2ª vez por competência

Entrevista de Lobão ao Balanço Geral na TV Cidade

O senador Edison Lobão concedeu entrevista ao programa Balanço Geral da TV Cidade, na capital maranhense, nesta terça-feira (02). O convite foi feito em virtude de ter ficado na primeira colocação com 25% das intenções de voto para o senado, na pesquisa RECORDTV/INSTITUTO BIG DATA REAL TIME, divulgada em 19/09/18. E continua na liderança desta com 26% e em outras pesquisas já divulgadas.

Na ocasião, o senador falou sobre a importância do cargo de senador ser para pessoas experientes. E chamou a atenção para um dos requisitos básicos como a idade mínima. Mostrando que realmente requer maturidade ao cargo, não só profissional, mas também pessoal. “Enquanto para deputado precisa ter apenas 21 anos de idade, para senador precisa ter pelo menos de 35 anos para concorrer ao cargo”, afirmou Lobão.

Aliás, o tema experiência, foi o mais abordado. Pois o Senado Federal é responsável por importantes decisões para o País. E justamente por isto, destacou várias razões para querer pleitear mais um mandato de senador e poder empregá-lo a serviço do povo.

O senado revisa as decisões da Câmara, julga o Presidente da República e os Ministros do Supremo Tribunal Federal. Olha a responsabilidade do Senado. Os Ministros do STF ou o Procurador Geral da República, tem que passar por uma dura sabatina na Comissão mais importante do Congresso Nacional, a CCJ, que eu presido pela segunda vez. Justamente por minha competência e por ser o senador mais experiente, atualmente, no Senado”, declarou Lobão.

Além de ter citado todas as obras estruturantes feitas em seu governo. O programa “Luz para Todos” apagando as lamparinas de um milhão e meio de maranhenses e de 15 milhões de brasileiros, como Ministro do Lula. As emendas aprovadas e os projetos que tramitam no Congresso Nacional em benefício do povo, como o Sistema Único de Segurança (SUSP) e também a Zona de Processamento e Exportação do Maranhão (ZEMA), para garantir a geração de empregos para os maranhenses.

Neste ano, o senador recebeu o Prêmio “Destaque Parlamentar” do Observatório Político, da Confederação Nacional dos Municípios, em primeiro lugar pelo Maranhão e pelas primeiras colocações no Brasil, como o parlamentar que mais tem beneficiado os municípios brasileiros.

Na última eleição, Edison Lobão foi eleito com um milhão e setecentos votos para o senado. E desta vez, faz um pedido a toda população “prefiro conversar diretamente com os eleitores e pedir com humildade o seu voto. O meu número é 150. Vocês têm direito a dois votos para senador neste ano, e eu lhes peço um desses votos. Para que eu volte ao senado e represente com a energia e a dignidade de sempre, os interesses do povo e o do Estado do Maranhão”, ressaltou Lobão.

Dupla é presa em São Luís por distribuir ‘fake news’ contra Weverton e Eliziane

Preso na sede da Polícia Federal
Preso na sede da Polícia Federal

Dois homens, cujos nomes ainda não foram revelados, foram presos, nesta manhã, nas proximidades do Terminal da Praia Grande, em São Luís.

Eles foram flagrados distribuindo material apócrifo contra os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS), candidatos ao Senado pelo grupo do governador Flávio Dino (PC do B).

De acordo com informações obtidas pelo editor do Blog do Glaucio Ericeira, os acusados foram levados para Delegacia da Polícia Civil localizada na região.

Em seguida, serão encaminhados para sede da superintendência regional da Polícia Federal, no bairro da Cohama, uma vez que a ilicitude praticada por eles trata-se de crime federal.

Eles teriam contado com a ajuda de duas mulheres, cujas identidades também ainda não foram divulgadas, no trabalho de distribuição do material.

Weverton e Eliziane lideram a disputa senatorial, já tendo estabelecido certa vantagem em relação aos seus principais concorrentes (reveja e reveja), quais sejam o deputado federal Sarney Filho (PV) e o senador Edison Lobão (MDB), candidatos do grupo Sarney.

Faltando seis dias para o pleito, a tendência é que os ataques contra os candidatos do grupo de Dino se intensifiquem.

Por conta do ocorrido, Weverton e Eliziane farão na tarde de hoje uma coletiva na sede do PDT, na capital, para tratar da prisão e os últimos acontecimentos da campanha.

Fonte: Blog do Glaucio Ericeira

Exata: Weverton cresce 6 pontos e se isola na liderança ao Senado

Weverton durante caminhada em São Luís

Candidato a senador pelo PDT, o deputado federal Weverton Rocha chegou a 31% e é líder na disputa por vagas no Senado Federal. É o que mostra o levantamento do Instituto Exata divulgado pelo Jornal Pequeno neste domingo (30).

Em relação à pesquisa anterior, publicada pelo jornal no dia 16 de setembro, Weverton cresceu 6 pontos percentuais, acima da margem de erro de 3.3%.

Eliziane Gama, Edison Lobão e Sarney Filho (PV) estão tecnicamente empatados. A deputada federal do PPS tem 28%, o senador do MDB está com 26% e o herdeiro caçula do oligarca José Sarney tem com 23%. Os três oscilaram dentro da margem de erro.

Dentro do PSDB, o ex-governador José Reinaldo Tavares caiu 4 pontos percentuais em relação à última Exata. Está com 14%, empatado com o deputado estadual Alexandre Almeida, que tem 11%.

Foto Divulgação

Samuel de Itapecuru (PSL), Preta Lu (PSTU), Saulo Pinto (PSOL), Saulo Arcangeli (PSTU) e Iego Bruno (PSOL) seguem embolados na lanterna, com percentuais entre 1 e 3 pontos percentuais.

Número de eleitores que optam por nenhum, branco ou nulo oscilou 1 p.p em relação à pesquisa anterior. Os indecisos caíram de 34% para 28%.

Fonte: Marrapá

Justiça manda retirar propaganda inverídica contra Weverton

Deputado Weverton (PDT)

A Justiça Eleitoral determinou que fosse retirada da propaganda na TV, rádio e internet inserção contra o candidato ao Senado Weverton no qual ele é citado por condenações embora a notícia veiculada não indique qualquer condenação ou culpa.

Segundo a representação feita, a coligação “O Maranhão quer mais”, composta pelo MDB, PSD, PMB, PV, PRP, PSC e que tem como candidato a senador Sarney Filho promoveu veiculação de publicidade anônima, objetivando atingir a campanha de Weverton e estampando, nessa prática, uma manifesta invasão do tempo que lhe seria concedido.

Na decisão proferida, a juíza Camilla Rose Ewerton Ferro Ramos determina que a propaganda seja retirada do ar e que seja informado pela emissora o responsável pela veiculação da propaganda contra Weverton.

Fonte: Blog do John Cutrim

Prefeito Dr Erik e mais 14 vereadores de Balsas declaram apoio ao senador Lobão

Foto Divulgação

O senador Edison Lobão recebeu uma importante adesão a sua campanha de reeleição ao Senado. Em Balsas, o prefeito Dr Erik e mais 14 vereadores declararam apoio irrestrito ao político mais experiente em atividade no Maranhão.

A gente não pode deixar de ter gratidão pelo que Lobão já fez por Balsas, enquanto ministro de Minas e Energias, enquanto governador. Foi muito trabalho”, declarou Dr Erik ao anunciar seu apoio e voto em Lobão.

Durante a reunião que contou com a presença de 14 vereadores de Balsas e lideranças da cidade, o prefeito Dr Erik enfatizou: “Ele sempre ouviu os anseios do povo de Balsas. Tem energia elétrica em todas as comunidades. Por isso eu peço o voto em Lobão para ele continuar esse belo trabalho”.

O presidente da Câmara Municipal de Balsas, Moisés Coelho, também participou do encontro e afirmou: “Eu sempre tive vontade de conhecer o senador Lobão. E eu quero agradecer aqui de público, por ele ter colocado energia aqui na região de Balsas”.

A vereadora Fransuila do PT, discursou e em tom de reconhecimento do trabalho do senador, ela afirmou: “Ele sempre esteve a disposição. Eu voto com carinho em Lobão”.

Em resposta a importante adesão que recebeu, o senador Lobão agradeceu: “Eu queria agradecer comovidamente o carinho de vocês. É isso que faço, trabalhar para o povo do Maranhão”.

Além do prefeito Dr Erik e dos vereadores citados anteriormente, participaram do encontro Alan do Marisol, Paulo Júnior, Painha da Feirinha, Paulinho Massao, Niltinho, Amauri Carneiro, Sargento Lusivaldo, Thalyta Pavelich, Tião Saraiva, Professor Nelson Ferreira, Isaura do Sindicato e Fernanda Zottis que foi representado pelo marido, o Sr Zottis.