Santa Inês sediará 5ª edição do ‘Assembleia em Ação’ nesta sexta (22)

Felipe dos Pneus e Othelino Neto

O município de Santa Inês sediará, nesta sexta-feira (22), a 5ª edição do ‘Assembleia em Ação’, programa itinerante do Parlamento Estadual, que tem como objetivo aproximar, cada vez mais, a Casa do Povo dos municípios maranhenses e da sociedade. O evento, que havia sido suspenso por conta da pandemia, será realizado na W Eventos, a partir das 8h, sob a condução do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB).

Além dos deputados estaduais, devem participar, também, representantes dos 26 municípios da região do Vale do Pindaré, em um momento de atualização de informações e troca de experiências com a classe política e a sociedade civil.

Abrindo a programação, às 9h, o diretor-geral da Mesa Diretora da Assembleia, Bráulio Martins, e o consultor legislativo constitucional da Casa, Anderson Rocha, ministrarão a palestra ‘Processo Legislativo’.

Em seguida, o diretor de Administração da Alema, Antino Noleto, vai proferir a palestra ‘Eleições 2022: As mudanças na Legislação Eleitoral’. Logo após, os participantes poderão fazer perguntas e expor demandas de seus municípios.

Othelino Neto destacou a importância do evento que promove a interiorização da Assembleia Legislativa para ouvir cada região do Maranhão. “Com certeza, será um momento importante de troca de informações entre os deputados estaduais, a classe política e a sociedade civil. Contamos com a presença de todos”, disse o chefe do Legislativo maranhense.

Sobre o programa

Instituído pela Resolução Legislativa 953/19, de autoria da Mesa Diretora, o programa ‘Assembleia em Ação’ visa, ainda, promover a troca de experiências entre o Legislativo Estadual e as Câmaras de Vereadores.

As primeiras edições do evento aconteceram nos municípios de Balsas, Timon, Trizidela do Vale e Imperatriz, contando com expressiva participação de parlamentares e de lideranças políticas e comunitárias das regiões envolvidas.

Othelino anuncia retorno do ‘Assembleia em Ação’ na região do Vale do Pindaré

Othelino Neto informou o retorno dos encontros do programa “Assembleia em Ação”, próximo dia 22, em Santa Inês

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), anunciou, nesta quinta-feira (14), o retorno dos encontros do ‘Assembleia em Ação’, programa itinerante do Parlamento Estadual, que tem como objetivo aproximar, cada vez mais, a Casa do Povo dos municípios, da classe política e da sociedade. O evento, que havia sido suspenso por conta da pandemia, está em sua quinta edição e acontecerá, no próximo dia 22, em Santa Inês, na W Eventos.

Os trabalhos serão conduzidos pelo chefe do Legislativo maranhense, que convidou todos os representantes dos 26 municípios do Vale do Pindaré para estarem presentes.

Além dos deputados, convido prefeitos, vereadores, líderes políticos e a sociedade civil para participarem desse importante momento de atualização de informações e experiências em que a Assembleia sai da capital e se interioriza para ouvir cada região do Maranhão, fortalecendo as políticas públicas com vistas à melhoria da qualidade de vida da população”, disse Othelino Neto.

Programação

A programação contará com as palestras ‘Processo Legislativo’, ministrada pelo diretor-geral da Mesa Diretora da Assembleia, Bráulio Martins, e pelo consultor legislativo constitucional da Casa, Anderson Rocha; e ‘Eleições 2022: As mudanças na Legislação Eleitoral’, proferida pelo diretor de Administração da Alema, Antino Noleto. Em seguida, os participantes poderão fazer perguntas e expor demandas de seus municípios.

Instituído pela Resolução Legislativa 953/19, de autoria da Mesa Diretora, o programa ‘Assembleia em Ação’ visa, ainda, promover a troca de experiências entre o Legislativo Estadual e as Câmaras de Vereadores.

As primeiras edições do evento aconteceram nos municípios de Balsas, Timon, Trizidela do Vale e Imperatriz, contando com expressiva participação de parlamentares e de lideranças políticas e comunitárias das regiões envolvidas.

Júri absolve homem que tentou matar a própria mãe idosa em Santa Inês

Foto Reprodução

O Poder Judiciário de Santa Inês, através da 2ª Vara, realizou uma sessão do Tribunal do Júri no final de setembro. O julgamento, ocorrido no dia 28, teve como réu Rogério Moraes Santos, acusado de ter tentado contra a vida da própria mãe. O Conselho de Sentença decidiu, por maioria dos votos, absolver o réu, acolhendo a tese de inimputabilidade, que é quando alguém não pode ser responsabilizado por um fato punível, por se considerar não ter as faculdades mentais e liberdade necessárias para avaliar o ato quando o praticou.

Narra a denúncia que no dia 19 de janeiro de 2019, por volta das 22h, o denunciado Rogério, conhecido pelo apelido de “Preá”, chegou na residência em que morava acompanhado de sua mãe Maria do Socorro Moraes Santos, no Bairro Coheb, em Santa Inês. Ao adentrarem na casa, ele foi repreendido por sua mãe por ter ingerido bebida alcoólica, quando ela disse que ele não sairia mais de casa devido ao horário. Em seguida, ela trancou a porta e escondeu a chave para que o denunciado não mais saísse de casa. Rogério não gostou de ser repreendido pela mãe e, como ela não entregou as chaves, ele passou a quebrar, com um pedaço de madeira, objetos de dentro da casa e, em seguida, a agredir fisicamente Maria do Socorro.

O denunciado, então, desferiu socos na mãe e, em seguida, agarrou a cabeça da genitora e a bateu diversas vezes contra a parede da casa. Também passou a agredir a cabeça da vítima com uma sombrinha e, depois, pegou um ralador e começou a passar no corpo dela, causando lesões pelo corpo. Ato contínuo, a vítima gritou por socorro, sendo ouvida por vizinhos que acionaram a Polícia. Enquanto os policiais não chegavam, o denunciado continuava a agredir a idosa de 74 anos de idade, com socos, batendo a cabeça da mãe contra a parede, com o claro objetivo de ceifar a vida da idosa.

Os vizinhos ainda foram até a casa da vítima para socorrê-la, mas o imóvel estava trancado, tendo eles olhado as agressões pela janela. Com a chegada dos policiais, “Preá” foi obrigado a cessar as agressões, mas recusou-se a obedecer a ordem de abrir a porta da casa, obrigando os policiais a invadirem o imóvel e o imobilizar, conduzindo-o para a delegacia, onde foi autuado em flagrante.

Frigorífico Vale do Pindaré é inaugurado em Santa Inês

Foto Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (31), o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, representando o governador Flávio Dino, participou da inauguração do Frigorífico Vale do Pindaré, no município de Santa Inês.

O frigorífico, que receberá incentivo do Governo do Maranhão, via Seinc, atuará no segmento de bovinos e vai gerar mais de 500 empregos, entre vagas diretas e indiretas.

Simplício Araújo analisa que o frigorífico no Vale do Pindaré será um importante empreendimento para o Maranhão. “Atender todo o Estado. Este é um dos objetivos maiores desta mais recente inauguração em Santa Inês. Com capacidade para 300 animais por dia e centenas de empregos gerados, seguiremos incentivando a geração de empregos e o desenvolvimento nos quatro cantos do Maranhão”, analisou o secretário.

Vistoria

Além da inauguração em Santa Inês, Simplício Araújo participou, também, de vistoria à produção de ovos da Agronor. Recentemente, a empresa tem ampliado a cadeia produtiva do frango no Maranhão, em plena expansão: com 200 mil aves poedeiras, produzindo 150 mil ovos por dia.

A Ovos Pleno, do Grupo Agronor Alimentos, tem capacidade de aplicação para 600 mil ovos por dia, e conta com 13 milhões em investimento, atuando em Bela Vista no Maranhão.

Escrivão de Polícia é mais uma vítima da Covid-19; Sinpol-MA lamenta a perda

José Maria morreu aos 47 anos vítima da Covid-19

O Sindicato dos Policiais Civis, Sinpol MA, lamenta a morte do escrivão de Polícia, José Maria Silva Barros, 47 anos de idade.

A notícia abalou profundamente populares moradores do município Santa Inês, onde ele serviu por mais de duas décadas.

A morte foi por consequências da covid 19, no começo da noite de Natal, 25 de dezembro de 2020, no Hospital Macrorregional de Santa Inês onde estava internado para tratar da doença.

José Maria, era natural de Santa Inês, entrou para a Polícia Civil em 1998 e era muito querido em toda a corporação da Polícia Civil. Ele havia se formado em Direito há dois anos.

O Sinpol se solidariza com familiares e amigos por esta perda que é também de toda sociedade.

SES lança seletivo para contratar profissionais para novas Policlínicas no MA

SES vai inaugurar mais duas novas Policlínicas no Maranhão

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) vai inaugurar neste mês duas novas Policlínicas nas cidades de Santa Inês e Presidente Dutra. Nesta segunda-feira (12), os editais do processo seletivo para contratação de profissionais foram lançados no site da SES (www.saude.ma.gov.br).

No seletivo para a Policlínica de Presidente Dutra, os candidatos concorrerão a vagas de auxiliar administrativo (3), assistente social (2), auxiliar de serviços gerais (1), enfermeiro assistencial (4), técnico de enfermagem (10), farmacêutico (2), maqueiro (1), nutricionista (1), fisioterapeuta (2), recepcionista (2), técnico de informática (1), técnico de imobilização (2) e técnico em radiologia (5). Das vagas, nove estão reservadas para pessoas com deficiência.

Os profissionais interessados em concorrer ao seletivo da Policlínica de Santa Inês vão preencher as vagas de auxiliar administrativo (2), assistente social (2), auxiliar de serviços gerais (2), enfermeiro assistencial (2), técnico de enfermagem (15), farmacêutico (1), maqueiro (1), nutricionista (1), fisioterapeuta (1), psicólogo (1), recepcionista (2), técnico de informática (1) e técnico em radiologia (2). Das vagas, oito estão reservadas para pessoas com deficiência.

As inscrições para o processo seletivo da Policlínica de Presidente Dutra acontecem nos dias 13 e 14 de outubro. Para a Policlínica de Santa Inês, os candidatos devem se inscrever entre 15 e 18 de outubro. As inscrições podem ser feitas pelo link disponível no site da Secretaria. Os salários variam de R$ 1.045,44 a R$ 3.315,00.

Para concorrer, é necessário atender aos requisitos básicos: idade mínima de 18 anos; ser brasileiro nato ou naturalizado ou estrangeiro com visto permanente; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; concluído o ensino médio ou curso técnico concernente com a vaga a que se candidatar; além de estar regularmente inscrito nos conselhos regionais com anuidade em dia, se houver.

URGENTE! Homem ameaça se jogar de torre do Mateus; veja imagens

Um homem ameaça se jogar de uma altura elevada (de uma caixa d’água) em uma das lojas do Supermercado Mateus, localizada em Santa Inês. Confira no vídeo acima.

Em tempo…

O Corpo de Bombeiros foi acionado e a pessoa que pretendia se suicidar foi resgatada.

Morte do ‘Coveiro’ pode ‘enterrar’ candidatura de Felipe dos Pneus em Santa Inês

Raelson (assessor e segurança preso), deputado Felipe dos Pneus e o ‘Coveiro’ (assassinado)

Uma confusão ocorrida no último sábado (12) na cidade de Santa Inês que culminou na prisão do assessor e segurança do deputado estadual Felipe dos Pneus (Republicanos), o policial militar licenciado Raelson Galdino, e mais dois integrantes da equipe do parlamentar, os irmãos Amorim e Grandão, ainda repercute negativamente no município e pode destruir os sonhos do político que almeja ser prefeito.

Isso por que os três presos estão envolvidos no sequestro, tortura, assassinato e ocultação do cadáver de um homem identificado como Antônio ‘Coveiro’ que foi acusado de roubar um celular antes de ser dado como desaparecido. Ocorre que testemunhas relataram à Policia Civil, que investiga o caso, que o ‘Coveiro’ foi morto a tiros e o corpo dele foi levado pelos três, mas um dia depois foi encontrado.

Os crimes praticados podem enterrar de vez o sonho de Felipe dos Pneus em se eleger prefeito de Santa Inês pois, Raelson Galdino, acusado de ser o autor do homicídio, além de assessor e segurança, é amigo de infância do deputado que agora tem sua candidatura ameaçada após o trágico episódio. Principalmente após os relatos feitos pela viúva da vítima que acusa os ‘agora ex-integrantes da segurança armada do parlamentar’, de ameaça.

Confira abaixo o que disse o delegado responsável pelo caso e a viúva do Antônio ‘Coveiro’.

Confusão em Santa Inês envolve assessor e equipe do deputado Felipe dos Pneus

Raelson (assessor e segurança preso), deputado Felipe dos Pneus e o 'Coveiro' (desaparecido)
Raelson (assessor e segurança preso), deputado Felipe dos Pneus e o ‘Coveiro’ (desaparecido)

Uma confusão ocorrida no último sábado (12) na cidade de Santa Inês culminou na prisão de um assessor e mais dois integrantes da equipe do deputado estadual Felipe dos Pneus (Republicanos).

O que teria acontecido, segundo relatos não oficiais, é que o assessor e segurança do parlamentar, o policial militar licenciado Raelson Galdino teria presenciado uma briga, por conta de um celular, entre um familiar do deputado e um homem conhecido na região apenas como “Coveiro’.

Raelson então se envolveu na briga e o Coveiro teria ameaçado sacar uma arma quando foi atingido por três disparos pelo segurança de Felipe dos Pneus e supostamente indo a óbito.

Ainda segundo informações não confirmadas oficialmente pela Polícia, mas por testemunhas que teriam presenciado toda a situação, Raelson e mais dois integrantes da equipe do deputado teriam colocado o corpo em um veículo que colidiu e foi abordado logo em seguida por uma guarnição da Polícia Militar efetuando a prisão dos três. Porém, não se sabe o que aconteceu com o suposto ‘morto’, até então. Portanto o “Coveiro” segue desaparecido.

Diante dos fatos, a assessoria do deputado Felipe dos Pneus se pronunciou informando que o parlamentar só tomou conhecimento do caso muitas horas depois e que imediatamente tomou as devidas providências, inclusive afirmando que não compactua com esse tipo de comportamento e negando falsas acusações de que o próprio deputado estaria presente no local da confusão.

Ao Blog, nos foi informado de que ainda na manhã desta segunda-feira (14), a polícia prestará um comunicado oficial sobre os desdobramentos do caso e o que de fato aconteceu no sábado em Santa Inês que acabou em prisão e suposto ‘homicídio’.

Com relação ao segurança, o PM Raelson Galdino, que encontra-se preso, Felipe dos Pneus disse: “Lamentável ele estar envolvido. Pedi o desligamento dele. Agora estamos esperando o posicionamento da polícia.”

Ainda de acordo com a assessoria do deputado, as outras duas pessoas presas, que não tiveram os nomes divulgados, foram também desligadas da equipe.

O Blog está acompanhando tudo de perto e ainda hoje terá mais informações…