Robert Bringel será o 1º suplente de Weverton em pré-candidatura ao Senado

Deputado Weverton com o governador Flávio Dino e Robert Bringel
Deputado Weverton com o governador Flávio Dino e Robert Bringel

O pré-candidato ao Senado, deputado Weverton (PDT), anunciou nesta sexta-feira (27), que quem concorrerá no pleito de outubro próximo como seu primeiro suplente será Robert Bringel, ex-prefeito e marido da prefeita do município de Santa Inês, Vianey Bringel.

Terei a honra de ter ao meu lado, como um dos suplentes na minha pré-candidatura ao Senado, o dr. Robert Bringel, ex-prefeito de Santa Inês e esposo da atual prefeita, um político cuja história respeito. Nos reunimos há pouco, eu, ele e o governador Flávio Dino, acompanhados da esposa Dra Vianey Bringel, minha esposa Samya e Daniela, esposa de Flávio Dino”, disse Weverton que oficializará candidatura em convenção a ser realizada neste sábado no Multicenter Sebrae em São Luís.

Juran diz que apoio de Weverton tem ajudado na saúde de Presidente Dutra

Weverton recebe apoio em Presidente Dutra
Weverton recebe apoio em Presidente Dutra

O prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho (PP), afirmou que o deputado Weverton conquistou sua confiança ao trabalhar por Presidente Dutra: “Ele é o nosso pré-candidato número um ao Senado porque está cuidando da nossa cidade e do nosso povo, colocando aqui emendas, como a que já está garantindo o funcionamento do hospital, que tenho o orgulho de dizer, que sem isto, eu jamais teria condições de colocá-lo para funcionar da maneira que está”.

Durante o lançamento da pré-candidatura Ciro Neto (PP) a deputado estadual, no último fim de semana, o prefeito declarou que está apoiando pré-candidatos que mostraram compromisso com o município. E voltou a declarar que o deputado federal Weverton terá seu apoio para o Senado Federal nas eleições de outubro, assim como afirmou qe apoiará às pré-candidaturas do governador Flávio Dino (PCdoB) e de André Fufuca (PP). “Neste projeto estamos levando o nome de vários parceiros dos quais precisamos para trazer melhorias para o estado, entre eles o Weverton”, falou Juran.

Prefeito Juran Carvalho e Weverton

Em sua fala, Ciro Neto disse que Wevertom tem se sensibilizado com as necessidades da região, sobretudo na área da Saúde. “Nada mais justo do que caminhar junto com ele, para trabalharmos lado a lado pela nossa região e pelo Maranhão”, pontuou o pré-candidato a deputado estadual.

Weverton ressaltou as qualidades de Ciro Neto enquanto secretário de administração de Presidente Dutra e como alguém que tem todas as condições de ajudar o governador Flávio Dino a dar prosseguimento ao trabalho que este vem fazendo pelo desenvolvimento do Maranhão. “Quero agradecer a todo o grupo do Juran Carvalho aqui em Presidente Dutra e nas mais de trinta cidades que declararam apoio a nossa pré-candidatura rumo ao Senado”, falou o deputado, destacando que a união de todos os levará a uma grande vitória.

CRISE: Alckmin declara apoio à pré-candidatura de Zé Reinaldo ao Senado

O ex-governador Geraldo Alckmin e o deputado federal José Reinaldo Tavares

O deputado federal José Reinaldo Tavares obteve, nesta quarta-feira (18), mais uma importante vitória na queda de braço que trava com o também deputado federal Waldir Maranhão pela indicação de representar o PSDB na disputa pelo Senado.

Durante reunião na sede do partido, em Brasília, o ex-governador recebeu o apoio público de Geraldo Alckmin (veja o vídeo no fim do texto), pré-candidato ao Palácio do Planalto e presidente nacional do tucanato.

É a uma grande alegria receber aqui o nosso deputado federal José Reinaldo, ex-governador do estado do Maranhão, pré-candidato nosso ao Senado Federal”, afirmou o ex-governador paulista.

A declaração pública de apoio dada por Geraldo Alckmin a Zé Reinaldo ratifica, primeiramente, um acordo selado entre os dois políticos ainda durante o processo que resultou na filiação do ex-governador maranhense ao PSDB.

Naquela oportunidade, o deputado federal ingressou nos quadros da sigla com a garantia da executiva nacional de que seria um dos candidatos tucanos à Câmara Alta no Maranhão.

Em um outro plano de avaliação, o anúncio feito por Alckmin enterra, de vez, as pretensões de Waldir Maranhão, que ainda está colado no senador Roberto Rocha, pré-candidato ao governo, com o objetivo de tentar viabilizar o seu projeto senatorial.

A convenção do PSDB maranhense acontece no dia 04 de agosto.

Nela, Zé Reinaldo, o deputado estadual Alexandre Almeida e o próprio Rocha terão homologadas suas candidaturas ao Senado e ao Palácio dos Leões, respectivamente.

Já Waldir Maranhão terá que se contentar em disputar a renovação do seu mandato.

Fonte: Blog do Glaucio Ericeira

Ciro Gomes fala sobre alianças e pré-candidaturas no programa Resenha

Foto Reprodução

Na tarde desta segunda-feira (16) o pré-candidato à presidência da República pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Ciro Gomes, foi o convidado do programa Resenha, apresentado pelo jornalista Itevaldo Júnior. Na oportunidade, ele falou sobre a pré-candidatura do deputado federal Weverton ao Senado, sobre a disputa presidencial, o atual momento em que vive o país e ainda sobre a repercussão do pedido de soltura no último dia 8 de julho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o dia 7 de abril na Superintendência de Polícia Federal em Curitiba-PR.

Sobre sistema de acordo tributário, o pré-candidato falou que propõe mudar o sistema de imposto, avaliando que é preciso diminuir a tributação sobre os mais pobres e da classe média, e aumentar os dos contribuintes de classes mais abastadas. Ciro Gomes disse durante entrevista ao vivo transmitida pela TV Difusora que tem sondado, juntamente com o presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, nome para compor a chapa no cargo de vice-presidente.

“A única coisa que eu fiz na prática foi sondar o filho do José Alencar, que foi vice do Lula. Um grande brasileiro, uma pessoa muito simples, muito séria. Empresário, mas tem muita consciência nacional, consciência social. Chama Josué, Josué Alencar”, assegurou.

Em entrevista concedida após gravação do programa Resenha que vai ao ar na quarta-feira (18), o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, comentou a agenda de compromissos no estado. “É um momento importante, por que está consolidando um projeto que começou com o Flávio Dino, ao ganhar a eleição passada. Flávio é nosso candidato à reeleição, é um governador que está mostrando o seu valor e a sua competência. O Weverton é uma cria do PDT, começou lá atrás com Jackson Lago, foi secretário da Juventude. Tem uma vida dedicada à causa do Maranhão e ele vai ser o senador mais jovem da história do Maranhão”, articulou.

Nós aqui somos pioneiros, a partir da liderança do presidente Carlos Lupi, na base de construção da própria candidatura do Flávio Dino, que está fazendo uma revolução a bem do Maranhão, a bem do nordeste, a bem do Brasil. Neste momento tem mais de 17 estados atrasando os funcionários e o Maranhão está com as suas contas arrumadas, expandindo ofertas de saúde, prioridade que o Flávio Dino dá. E hoje, renovar esse projeto é muito importante, para o Maranhão, para o nordeste e para o Brasil”, garantiu Gomes, que falou do privilégio de já conhecer Dino como juiz e presidente da Associação de juízes federais, e que se surpreendeu com o grande administrador que se tornou.

Para este momento, Gomes garantiu que dadas as indefinições que existem no Brasil, os partidos estão preferindo deixar a consumação dos diálogos para o fim de campanha. Em uma possível coligação, Ciro Gomes disse que é natural que as condições sejam repartidas. Afirmou que hoje em dia o Democratas tem a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e que este seria um bom nome à frente da Câmara para tocar o conjunto de mudanças que deseja para o país.

Gomes assegurou durante a entrevista que o país precisa de um líder de pulso, liderança, que tenha capacidade de dialogar e de somar. Quanto à possível candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, o pré-candidato à presidência da República pelo PDT afirmou que é preciso paciência e humildade com relação ao Partido dos Trabalhadores (PT) e que ajudou o ex-presidente “por 16 anos”.

Citou o conflito envolvendo a ordem de soltura de Lula e que, assumindo o poder, iria restaurar a autoridade do poder político. O pré-candidato afirmou que o judiciário é fator de garantia das regras e de estabilidade, e que o caso representou insegurança jurídica nacional. “Isso vai beneficiando o autoritarismo e o militarismo”, concluiu.

Na medida que se inviabiliza a candidatura do Lula, por uma injusta decisão judicial, a candidatura do Ciro ganha uma força muito grande. Acho que esses partidos quando começam a trabalhar na hipótese de fazer apoio ao Ciro logo no primeiro turno, mostram as chances reais dele ganhar a eleição, e é nisso que a gente está trabalhando”, apoiou Lupi.

Na tarde desta segunda-feira (16) foi realizado o lançamento da pré-candidatura do deputado federal, e líder da minoria na Câmara Federal, Weverton Rocha(PDT) ao Senado. “Talento exuberante, que nós conhecemos na militância da juventude do PDT. Cresceu e virou um deputado brilhante, e agora está maduro pra ser uma voz da qual eu precisarei muito no Senado, que é o Weverton Rocha”, ponderou sobre o líder da minoria na Câmara Federal.

Também fez visita de cortesia à TV Difusora, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Ele reforçou a agenda que está sendo cumprida pelo pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes. “No próximo dia 28, nós teremos a convenção que oficializará a campanha do governador Flávio Dino, e também dos seus senadores, entre eles o Weverton Rocha, que é o nosso pré-candidato e futuramente candidato do PDT”, informou Edivaldo Holanda Júnior.

Hoje a noite, em um hotel da capital maranhense, o pré-candidato à presidência irá ministrar palestra à classe empresarial maranhense. O evento foi organizado pela Associação Comercial do Maranhão (ACM), Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e as federações do Comércio (Fecomércio) e das Indústrias (Fiema), em continuidade aos encontros com presidenciáveis, dos quais já participaram Rodrigo Maia (DEM), Aldo Rebelo (Solidariedade), Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro (PSL) e João Amoêdo (Novo).

Confira abaixo a entrevista na íntegra:

Fonte: MA 10

Em encontro, Solidariedade anuncia apoio à pré-candidatura de Weverton

Weverton Rocha e Simplício Araújo
Weverton Rocha e Simplício Araújo

O Solidariedade fechou consenso e apoiará a pré-candidatura de Weverton ao Senado. O anúncio foi feito pelo presidente estadual do partido, deputado federal Simplício Araújo, após encontro que reuniu dirigentes e pré-candidatos a deputado federal e estadual do partido.

“A maior parte do partido já estava nessa luta com Weverton, mas como presidente eu não poderia avançar o sinal sem ouvir as pessoas. E para a nossa satisfação, a maioria recebe com bons olhos a pré-candidatura de Weverton”, explicou Simplício Araújo. Segundo ele, o partido estará “100 % nessa luta”.

Weverton participou da reunião que selou o apoio à sua pré-candidatura. “É um apoio muito importante, que vem fortalecer esse projeto, que hoje é não só do PDT, mas de vários partidos”, afirmou o pré-candidato.

Solidariedade reúne pré-candidatos e lideranças e anuncia apoio a Weverton

Simplício Araújo

O presidente do Solidariedade, o pré-candidato a deputado federal, Simplício Araújo, anunciou oficialmente que o Partido vai apoiar o pré-candidato ao senado, Weverton Rocha.

O anúncio ocorreu após reunião na sede do partido, em São Luís, com os pré-candidatos e lideranças da sigla, que debateram junto com Weverton as propostas para o senado.

Tanto o Solidariedade de Simplício Araújo, quanto o PDT de Weverton Rocha fazem parte da base aliada do Governador Flávio Dino. O presidente do Solidariedade destacou que o partido quer fazer a parceria para desenvolver ‘a política na boa política’.

Imagem do dia: Flávio Dino reafirma chapa para eleição majoritária

Foto Divulgação

O governador Flávio Dino reuniu os 14 partidos que apoiam sua reeleição em um grande evento no Rio Poty hotel, neste sábado, e voltou a afirmar sua indicação para o que considera a melhor chapa majoritária para as eleições deste ano. Flávio, que é pré-candidato à reeleição, espera contar com Carlos Brandão (PRB) como vice e com Weverton (PDT) e Eliziane (PPS) como pré-candidatos às duas vagas no Senado Federal.

O evento, Diálogos pelo Maranhão, é uma reedição ampliada dos ciclos de debates setoriais promovidos por ele em 2014, em que a população foi ouvida e suas demandas deram origem ao plano de governo que ele executou nos quatro anos de mandato.

O encontro deste sábado (05) marca o reinício do movimento, em que serão feitos balanços das ações implementadas em diversas políticas governamentais, como educação, segurança, infraestrutura, emprego, trabalho e renda e saúde, ouvindo a sociedade civil e incorporando suas propostas de avanço.

Participaram do evento representantes do PCdoB, PDT, PP, PPS, PROS, PSB, PT, PTB, PR, PRB, DEM, PEN, PTC e SD.

Cármen Lúcia vai assumir a Presidência da República na próxima sexta (13)

Presidente do STF, Ministra Cármen Lúcia

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assumirá interinamente a Presidência da República nos próximos dias 13 e 14 de abril, sexta e sábado. Isso por que Michel Temer está de viagem marcada para o Peru onde participará da Cúpula das Américas.

Segundo informou o colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, Cármen é a quarta na linha sucessória do Governo Federal e como o presidente do Senado, Eunício de Oliveira, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, não poderão assumir a Presidência por conta do prazo de desincompatibilização, senão ficam inelegíveis, e pensando nisso já agendaram viagem para o exterior. Portanto quem assumirá a presidência do Brasil é a ministra.

Fábio Macedo segue no PDT e vai apoiar Weverton

Deputado Fábio Macedo

O deputado estadual Fábio Macedo encerrou o mistério sobre sua possível troca partidária. O parlamentar após cogitar uma saída do PDT, anunciou que permanece na sigla brizolista.

Com a decisão, o pré-candidato ao Senado, Weverton Rocha, é o maior beneficiado, pois garante mais um importante apoio para a disputa eleitoral. Inicialmente, a família Macedo cogitou acompanhar Zé Reinaldo Tavares (PSDB), porém avaliaram e decidiram seguir com Flávio Dino (PCdoB), Weverton e o segundo nome a ser anunciado pelo governador.

Fábio Macedo é o atual primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa e um dos parlamentares com maior capilaridade eleitoral no Estado. É um forte nome e agrega muito para qualquer que seja o candidato a governador e a senador. Na disputa para reeleição ao cargo de deputado estadual é cotado como certa sua permanência no mandato para os próximos quatro anos.

Além de Weverton Rocha quem também garantiu apoio do deputado estadual foi o pré-candidato a deputado federal, Márcio Jerry (PCdoB).

Do Blog do Carlinhos Filho

Gafe do dia! Temer confunde Senado com STF; será que o presidente ‘teme’?

O presidente da República parece que está muito preocupado com o Supremo Tribunal Federal a ponto de cometer uma gafe hoje (20) durante a cerimônia de posse dos novos ministros da Saúde, Transporte e do presidente da Caixa Econômica Federal, em Brasília.

Michel Temer (MDB) confundiu o cargo do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), chamando-o de presidente do “Supremo”.

Depois de arrancar risadas dos participantes da cerimônia, o presidente tentou remendar dizendo:  “nosso querido Eunício Oliveira… Não é do Supremo? Mas é da Suprema… É que o Legislativo é tão importante que na minha cabeça é sempre supremo…”

Apesar da frase descontraída de Temer a justificativa não convenceu. Veja nas imagens acima.