Flávio pede a Felipe Camarão o mesmo que pediu a Waldir Maranhão, em 2016

Felipe Camarão, Flávio Dino e Waldir Maranhão (abaixo)

Na tarde de ontem, o Secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão, nos surpreendeu com um pedido de apreciação do seu nome à cúpula do PT, para poder concorrer ao cargo de Governador do Maranhão.

Quem conhece Felipe sabe que seu desejo era disputar uma vaga para o Legislativo Federal com a possibilidade de uma votação histórica. Mas, como Felipe é soldado do Palácio, teve que atender ao pedido do seu chefe maior e aceitou entrar nessa “armadilha” de se lançar candidato ao Governo.

Quem não se lembra do fatídico dia 9 de maio de 2016, quando o então Presidente da Câmara Federal Waldir Maranhão, após passar um final de semana tomando cachaça no Palácio dos Leões, chegou em Brasília e, do nada, claro, atendendo a um pedido do Comunista Governador Flávio Dino, aliado de primeira hora de Lula, cancelou o IMPEACHMENT da folclórica Presidenta Dilma Roussef, que teria sido caçada dias antes.

A partir dessa data, o inferno astral de Waldir só teria começado, caindo em desgraça, que até hoje não consegue nem se eleger vereador na Raposa.

Mais uma vez, Flávio, demostrando total perda do controle do seu grupo, lança o promissor Secretário de Educação ao maior sacrifício politico de sua inicial carreira politica.

Uma das maiores loucuras já vista no atual momento politico do nosso Estado, principalmente faltando apenas alguns dias para que o próprio Flávio declare quem será seu escolhido a fazer sua sucessão.

Como Felipe faria para, em poucos dias, conseguir preencher os critérios escritos pelo próprio Palácio, para que ele pudesse contar com o apoio do grupo?

Se já será um problema para Flávio dizer não ao Weverton, imaginem vocês ele dizendo não ao Weverton e ao Brandão porque agora seu escolhido seria Felipe Camarão.

É claro para todos que Flávio apenas quer segurar o apoio do partido de Felipe, após Weverton aparecer ao lado do ex-presidente Lula nessa semana lá em Brasília, enganando com uma candidatura que não tem sentido.

Tomara que sobre pelo menos a vaga de vice para Felipe, pois se ele voltar a ideia de querer se lançar a deputado federal, já terá perdido metade de sua base.

Aliás, a campanha de Felipe só tem sentido e só terá continuidade com a única possibilidade de Flávio Dino permanecer na cadeira  de Governador, segurar uma vaga do TCE para Brandão, rezar para Lula se eleger Presidente e dizer para Weverton que se ele não apoiar o projeto, ele devolve o Senador para o São Cristóvão.

Portando, meus amigos, parece que o inferno astral de Camarão está apenas começando…

Seguiremos acompanhando. SIMPLES ASSIM!

Felipe Camarão explica como será o retorno das aulas na rede estadual

Foto Reprodução

O secretário de Estado de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, utilizou as redes sociais nas últimas horas para esclarecer alguns pontos sobre o retorno das aulas na rede pública estadual previsto para o início do próximo mês.

Confira a seguir o que explica o gestor.

“A equipe da Seduc-MA segue empenhada, tudo da melhor forma para o retorno. Destaco, por exemplo, um documento elaborado com as diretrizes pedagógicas para o retorno híbrido, para auxiliar as comunidades escolares quanto às medidas a serem adotadas em cada escola.

Como se dará o retorno às aulas?

De forma gradual e híbrida, iniciando pelas escolas com condições de adoção dos protocolos de biossegurança. As turmas deverão ser organizadas por grupos de estudantes que alternarão em momentos presenciais e não presenciais.

E como será esse ensino híbrido?

Nossa orientação é para que seja desenvolvido de forma assíncrona, contudo a escola que tiver condições poderá desenvolvê-lo de forma síncrona. Os momentos presenciais e não presenciais devem ocorrer de acordo com os hrrs organizados pela escola.

E como os estudantes deverão ser divididos?

Em grupos, de modo a garantir o distanciamento social e o rodízio entre as atividades presenciais e não presenciais. O rodízio poderá ser diário ou semanal, ficando a critério da escolha feita pela gestão escolar.

O que é o Plano de Retorno Escolar?

Conhecemos a multiplicidade de realidades em nossa rede, portanto cada unidade escolar deverá elaborar o seu Plano de Retorno, com base nas diretrizes centrais, mas considerando sua realidade.

Neste plano, a equipe gestora e docente organizará o calendário de atividades presenciais em rodízio; hrr das aulas com duração de 45 minutos p/ cada aula e organização do mapa cm hrrs iguais para o ensino presencial e não presencial, para estimular a rotina de estudo;

As escolas tb devem orientar as famílias, sobre os dias e horários das aulas, os espaços e metodologia a ser utilizada, de forma possam participar ativamente e contribuir com o desenvolvimento da rotina escolar. A família é fundamental para o sucesso dessa nova realidade!

A expectativa p/ o retorno é grande. Precisamos tornar esse momento acolhedor e aconchegante p/ nossa comunidade escolar. Atividades + leves e descontraídas, destacando as novas formas de convívio e interação social, são essenciais. O sucesso dessa volta depende de cada um!

Por fim e não menos importante, destaco que esse retorno trará uma outra novidade: iniciaremos a distribuição de absorventes em nossas escolas, como forma de combater a pobreza menstrual e propiciar melhores condições de higiene e saúde em nossas escolas.”

Filiação de Felipe Camarão ao PT é adiada após morte de secretário em Timon

Francisco Falcão e Felipe Camarão

O secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão, comunicou o adiamento da sua filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT) prevista para ser realizada nesta terça-feira (13).

O principal motivo foi a morte do Secretário Municipal de Habitação de Timon, Francisco Falcão Costa, no início da noite desta segunda-feira (12). O ex-presidente do PT em Timon foi vítima de um acidente grave na MA-040, no Povoado Gameleira, na zona rural do município.

Confira o comunicado abaixo.

Foto Divulgação

Felipe Camarão é o mais novo filiado ao PT

O Secretário de Educação, Felipe Camarão, anunciou ainda a pouco, pelo Twitter, que sua filiação no Partido dos Trabalhadores (PT) foi aprovada pela Executiva Estadual da legenda.

Foto Reprodução

Seduc requer isenção da taxa de inscrição no ENEM a alunos da rede estadual

Secretário Felipe Camarão

Para garantir a isenção da taxa de inscrição a todos os estudantes egressos da rede pública do Maranhão no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), sobretudo àqueles que faltaram às provas na edição anterior do exame, o Governo do Estado ingressará com uma ação judicial contra o Governo Federal para que todos estudantes ausentes tenham acesso ao benefício, em virtude do contexto pandêmico vivenciado no País.

De acordo com a Portaria 428/2021/MEC, os estudantes que não compareceram para a realização das provas perderão o benefício da gratuidade para a próxima edição do ENEM, salvo se justificar a sua ausência, por meio de atestado médico ou outro documento oficial que comprove a impossibilidade do seu comparecimento.

Para o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, essa medida tem caráter duplamente punitivo ao estudante que obteve a isenção do pagamento e que, em função do contexto vivenciado, não conseguiu comparecer à avaliação no ano anterior.

O MEC/INEP, mais uma vez, prejudica os estudantes oriundos de escolas públicas e impede aqueles que faltaram ao ENEM 2020, que teve a maior abstenção da história, devido ao difícil momento pandêmico que o mundo atravessa, de pedir a isenção para o ENEM 2021. Um completo desgoverno! Entraremos com uma ação contra o Governo Federal para garantir a isenção para todos os estudantes egressos da Educação Pública no Maranhão”, justificou.

Na ação, o Governo do Estado também ressalta que a manutenção da medida publicada em portaria ministerial infringe princípios básicos como o da razoabilidade e o da equidade, pois desconsidera a realidade vivenciada por milhões de estudantes que estiveram impossibilitados de participar do certame no ano anterior.

No Maranhão, a educação é prioridade porque o Governo do Estado compreende que esse é principal caminho para reduzir as desigualdades sociais e transformação da vida das pessoas, por isso lutaremos para garantir esse direito a todos os estudantes maranhenses”, explicou Felipe Camarão.

CONFIRMADO: Felipe Camarão faz hoje pedido de filiação ao PT

Secretário Felipe Camarão

“Hoje, segunda, dia 7/6/21, irei protocolar meu pedido de filiação ao Partido dos Trabalhadores- PT @ptbrasil. Pedirei para ingressar na sigla com muito orgulho e determinação em fazer o melhor para meu estado e meu país”, afirmou o secretário de Educação, Felipe Camarão, no Twitter. Ele deve concorrer a uma vaga na Câmara Federal nas eleições de 2022.

FELIPE CAMARÃO DEIXA O DEM

Foto Reprodução

Covid-19: Felipe Camarão testa negativo e Vanessa Maia positivo

Secretário Felipe Camarão e a prefeita Vanessa Maia

Após apresentar alguns sintomas gripais, o Secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão, foi submetido a exames que comprovaram que ele não está com Covid-19. Ele mesmo divulgou nas redes sociais o resultado.

Já a prefeita de Pedreiras, Vanessa Maia, testou positivo para o novo coronavírus e já encontra-se em isolamento social, em casa.

Felipe Camarão informa que está em isolamento e fará teste da Covid-19

Secretário Felipe Camarão

O anúncio foi feito pelo próprio Secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão, pelas redes sociais, na tarde desta terça-feira (26). Confira a seguir.

2022: Secretários e Deputados do DEM começam a abandonar Weverton

Rogério Cafeteira e Felipe Camarão

ATUAL 7 Unha e carne com o senador Weverton Rocha (PDT) no Maranhão, o DEM perderá quadros importantes no estado, em razão do antagonismo do pedetista contra o vice-governador Carlos Brandão (Republicanos), sucessor natural de Flávio Dino (PCdoB) ao Palácio dos Leões em 2022.

Embora tenha sugerido que possa disputar a Câmara dos Deputados para tentar salvar o PCdoB, Dino deve concorrer ao Senado, onde terá maior possibilidade de voltar a sonhar com a Presidência da República. Para isso, o governador terá de se desincompatibilizar do cargo em abril do próximo ano, abrindo o comando do Executivo estadual para Brandão, que disputará a reeleição e dará suporte à eleição do comunista.

Como Dino depende de Brandão para continuar na vida pública, e Weverton, mesmo na iminência de derrota, não pretende recuar da disputa pelo governo do Estado, já se articulam para deixar o DEM os secretários estaduais Felipe Camarão (Educação) e Rogério Cafeteira (Esporte e Lazer).

O ATUAL7 apurou que Cafeteira, que tentará voltar à Assembleia Legislativa, pode ir para o Republicanos, mesmo partido de Carlos Brandão, enquanto Camarão, que buscará um mandato na Câmara dos Deputados, aguardará a definição de Dino, que caminha para se filiar ao PSB –que tem perdido o interesse de fundir com o PCdoB.

Também tendem a deixar o DEM e buscar outro partido os deputados estaduais Antônio Pereira e Paulo Neto. Apenas Neto Evangelista deve seguir no partido, para acompanhar o padrinho Weverton Rocha.

O presidente do Democratas no Maranhão é o deputado federal Juscelino Filho.