OUSADIA: quadrilha explode três bancos e metralha viatura da PM em Tutóia

Banco do Brasil explodido em Tutóia
Banco do Brasil explodido em Tutóia

A cidade de Tutoia, distante 220 km de São Luís, viveu uma madrugada de terror.

Banco do Nordeste de Tutóia
Banco do Nordeste de Tutóia

Nas primeiras horas desta segunda-feira (7) bandidos fortemente armados explodiram as agências do Banco do Brasil, Bradesco e do Banco do Nordeste e disparam várias vezes pelas ruas e atingiram uma viatura da Polícia Militar.

Divididos em grupos, parte dos assaltantes ficaram na delegacia, na Guarda Municipal e nos três bancos onde explodiram os caixas eletrônicos e levaram uma quantia de dinheiro que até momento não informada. Eles também colocaram armadilhas de metal na rodovia a fim de furar pneus das viaturas e evitar ação policial.

Viatura da PM atingida por disparos de assaltantes de banco

Na fuga eles teriam levado um refém, mas a informação não foi confirmada. Ninguém foi ferido.

Nas imagens abaixo ouve-se vários disparos e a ação dos bandidos. Confira.

Bandidos explodem bancos e metralham viatura da PM em São Bernardo do MA

Foto Reprodução

Bandidos fortemente armados tocaram terror na madrugada desta terça-feira (4) no município de São  Bernardo do Maranhão.

Foto Reprodução

Segundo informações repassadas por policiais da região, o bando efetuou vários disparos de escopeta, pistola e fuzil contra o pelotão e viatura da Polícia Militar. Simultaneamente explodiram os caixas eletrônicos das agências bancárias do Bradesco e do Banco do Brasil.

Foto Reprodução

As explosões foram grandes que afetaram a estrutura de algumas residências próximas às agências alvos dos marginais.

Até o momento não existe informações sobre o montante levado pelos assaltantes que fugiram tomando rumo ignorado.

Foto Reprodução
Foto Reprodução

Agência do Banco do Brasil suspende atendimento após arrombamento em SLZ

Banco do Brasil da Avenida dos Franceses em São Luís

A agência do Banco do Brasil localizada na Avenida dos Franceses, bairro Alemanha, em São Luís, foi alvo de bandidos na madrugada desta quinta-feira (17).

De acordo com informações repassadas pela polícia, os criminosos isolaram os sensores do banco da parte do alto atendimento, a porta de entrada, para não travar, e em seguida, abriram um dos caixas eletrônicos com um maçarico.

No local, policiais encontraram uma faca e fita isolante deixadas pelos criminosos que fugiram levando uma quantia em dinheiro, ainda não divulgada.

A polícia fez rondas nas adjacências, mas não conseguiu localizar os suspeitos.

O atendimento na agência foi suspenso por tempo indeterminado, conforme um aviso afixado nas portas da Central.

Editado, com informações do MA 10

Bando explode e rouba agência do Banco do Brasil em Humberto de Campos

Assalto a banco em Humberto de Campos

A madrugada desta quinta-feira (6) foi tensa em Humberto de Campos, cidade localizada a 172 Km de São Luís.

Bandidos fortemente armados explodiram e roubaram a agência do Banco do Brasil e ainda disparam vários tiros contra o posto policial da localidade. O prédio do BB ficou completamente destruído após explosão.

Ainda não há informações sobre a quantia roubada e não houve reféns.

A Polícia Militar tenta localizar integrantes do bando que aterrorizou o município.

Banco do Brasil completamente destruído após explosão em Humberto de Campos
Banco do Brasil explodido em Humberto de Campos

Vídeo: além de expulsar quadrilha, PM recupera dinheiro roubado em Bacabal

Dinheiro roubado do Banco do Brasil de Bacabal. Foto Reprodução
Dinheiro roubado do Banco do Brasil de Bacabal. Foto Reprodução

Policiais militares do Maranhão conseguiram recuperar todo o dinheiro que foi roubado da agência do Banco do Brasil do município de Bacabal, localizado a 250 Km de São Luís, na noite deste domingo (25).

Na ação criminosa, que deixou moradores da cidade em pânico, bandidos fortemente armados entraram em confronto com a PM e três assaltantes morreram. Mais dois suspeitos foram presos e mas dois acabaram fugindo.

As buscas seguem na tentativa de prender os demais meliantes mas o dinheiro foi localizado pela PM. Veja nas imagens abaixo.

Vídeo: bandidos explodem duas agências bancárias em Araioses

Agência do Banco do Brasil atacada por marginais
Agência do Banco do Brasil atacada por marginais

Uma ação criminosa foi registrada na madrugada desta quinta-feira (4) no município de Araioses, distante 406 km de São Luís.

Bandidos fortemente armados explodiram caixas eletrônicos e assaltaram as agências do Banco do Brasil e do Bradesco da cidade. Os dois prédios ficaram parcialmente destruídos com as explosões.

Duas agências bancárias explodidas em Araioses

Houve vários disparos de arma de fogo mas não há informações de feridos ou reféns.

Até o momento não foi divulgada a quantia roubada das duas agências.

Confira nas imagens abaixo.

*Vídeo extraído do Blog do Francisco do Vale.

Banco do Brasil é condenado a indenizar cliente vítima de estelionato

Banco do Brasil do Turu. Imagem ilustrativa

Um cliente vítima de golpe dentro de agência bancária em São Luís, mediante utilização do mecanismo conhecido como “chupa-cabra”, ganhou o direito a indenização no valor de R$ 5 mil, por danos morais, e de R$ 1,5 mil, por danos materiais, a ser paga pelo Banco do Brasil. A decisão da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) atendeu apenas em parte a recurso do banco, reduzindo a indenização por danos morais, inicialmente fixada em primeira instância em R$ 10 mil.

A instituição financeira apelou ao TJMA, defendendo a legalidade dos procedimentos realizados pelo banco e a inexistência de ato ilícito por sua parte. Considerou, também, demasiadamente elevado o valor arbitrado a título de danos morais.

De acordo com os autos da ação inicial, o cliente precisou fazer uma transferência bancária na agência localizada no bairro da Ponta d’Areia, tendo o terminal informado que a operação somente seria realizada se o autor atualizasse seus dados cadastrais.

Na ocasião, ele disse ter sido abordado por um sujeito de boa aparência, confundindo-se com funcionários do banco, que se aproximou do terminal simulando ajuda, chegando a tocar na tela.

O cliente não entendeu exatamente o que foi feito pelo sujeito, entretanto, conforme solicitado pelo terminal, atualizou seus dados. Segundo ele, havia outro sujeito, que aguardava na fila e reclamava o tempo inteiro da demora, com o propósito de distraí-lo.

Em seguida, disse que o terminal informou que o cartão estava cancelado, ocasião em que o retirou da máquina e constatou ser de outra pessoa. Ao perceber que seu cartão tinha sido trocado, descobriu que havia sido vítima de um golpe praticado pelos dois, que saíram da agência sem serem notados. Eles sacaram R$ 1.500,00 da conta do cliente em outro terminal, localizado na Praça Deodoro.

O relator, desembargador Marcelino Everton, destacou que o autor comprovou o que foi alegado por meio de boletim de ocorrência e extrato bancário, com relato do golpe, bem como o saque do valor de R$ R$ 1,5 mil. Os documentos não foram impugnados pelo banco, de modo que, para o relator, presumem-se verdadeiros os relatos do autor, no sentido de que foi vítima de estelionatários no interior da agência.

Marcelino Everton considerou o valor da indenização por danos morais, de R$ 10 mil, não adequado aos princípios da proporcionalidade e da razoabilidade. Levando em consideração valores que têm sido estabelecidos pela 4ª Câmara Cível em demandas da mesma natureza, decidiu reduzir para R$ 5 mil.

IPVA: veículos com final de placa 9 e 0 tem até terça (27) para pagar 2ª ou cota única

Fachada do Detran-MA em São Luís

Termina nessa terça-feira (27) o prazo para pagamento da 2º cota ou cota única do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), para veículos automotores com final de placa 9 e 0.

Desde o dia 28 de fevereiro encerrou o desconto de 10% para pagamento a vista em cota única do tributo, sendo aproveitado por 212.212 mil proprietários.

Pelo site do Detran, no ícone ‘Licenciamento 2018’, o contribuinte pode emitir o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE) com o valor do IPVA e demais despesas do licenciamento, como taxa do Detran, seguro DPVAT e eventuais multas de trânsito, que podem ser pagas nos bancos credenciados.

Nos casos onde o contribuinte optou pelo parcelamento do imposto e não conseguiu pagar a primeira parcela, ele poderá pagar a qualquer momento, porém, com acréscimos de 2% de juros, em até 30 dias após o vencimento, e 2% mais 1% ao mês, ou fração de mês, após o prazo de 30 dias.

Até a data final da terceira parcela do IPVA, o Banco do Brasil aceitará, excepcionalmente, o pagamento do imposto na “boca do caixa”. Além disso, o pagamento do IPVA pode ser pago também nos correspondentes bancários do Banco do Brasil e Bradesco, ou nos canais de autoatendimento e canais digitais, por meio do DARE disponível nos sites da Secretaria da Fazenda ou Detran.

Para quem possui conta em outros bancos, o Banco do Brasil oferece o serviço de TA Multicartão, que permite ao cidadão inserir cartões de outros bancos nos caixas eletrônico do BB e efetuar o pagamento do boleto do IPVA de forma rápida e segura.

O calendário de pagamento do IPVA está disponível na página do IPVA, no site da Sefaz.

Bando rouba cofre do Banco do Brasil no Turu em São Luís; agência está fechada

Foto: Fábio Cabral/MA 10

A agência do Banco do Brasil localizada na Avenida São Luís Rei de França no bairro Turu, em São Luís, foi alvo de assaltantes nas primeiras horas desta terça-feira (20) quando ainda estava fechada.

O sistema de videomonitoramento foi desligado e então os bandidos arrombaram o local e roubaram o cofre. Até o momento a quantia levada pela quadrilha não foi divulgada.

Por conta da ação criminosa o atendimento na agência bancária teve que ser suspenso hoje.

A Policia Civil está investigando o caso e não há informações sobre os meliantes.

Quadrilha liderada por advogado é presa por roubar banco em Dom Pedro

Cinco integrantes da quadrilha foram presos pela Policia Civil do Maranhão
Cinco integrantes da quadrilha foram presos pela Policia Civil do Maranhão

A Polícia Civil conseguiu prender cinco suspeitos de participar do assalto a banco no município de Dom Pedro, a 324 km da capital. A prisão, efetuada na noite desta sexta-feira (26), é resultado das investigações e buscas realizadas desde a madrugada, pouco após a ocorrência.

No assalto, a quadrilha explodiu o caixa da agência do Banco do Brasil e chegou a trocar tiros com policiais da cidade, fugindo em seguida. O grupo foi autuado em flagrante e encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Após o acontecido, ainda na madrugada, percorremos a área na busca dos integrantes da quadrilha e conseguimos encontrá-los. Com eles apreendemos armas, material para produção de explosivos, drogas e dinheiro queimado, provavelmente do assalto. Indícios que comprovam a ligação entre eles e a participação no crime”, destacou o titular da Delegacia de Dom Pedro, que também responde pela Delegacia de Gonçalves Dias, Humberto Alves Júnior.

Os cinco homens foram detidos em diferentes pontos da zona rural de Gonçalves Dias e Governador Archer. Um dos detidos, o advogado Joaquim Avelino Sobrinho Filho, 32 anos, é apontando como mentor da quadrilha e responsável por garantir a logística de transporte e recursos para os assaltos. Com ele a polícia encontrou um montante de dinheiro queimado e diversos itens utilizados para produção de explosivos.

Os demais presos seriam ‘olheiros’ da quadrilha que eram pagos, entre outros, para monitorar a segurança na agência e informar o momento dos ataques. José Araújo Ferreira, 59 anos; Leandro Ferreira da Silva, 23 anos, que tem contra si acusações de tráfico de drogas e homicídio; e Fabiano Araújo Martins, 23 anos, que teria sido contratado pelo advogado e em depoimento o entregou à polícia como partícipe do crime. Ainda, Josiel José de Sousa, 56 anos, fazendeiro e suspeito de municiar a quadrilha. Com ele a polícia encontrou várias armas.

A quadrilha é suspeita, ainda, de participação no ataque a agência bancária em Senador Alexandre Costa e tem ligação com grupos de outros estados, especializados em assaltos a banco. Entre os crimes pelos quais os membros da quadrilha podem ser indicados estão homicídio, tráfico de drogas, sequestro, formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo, associação para o crime, roubo e organização criminosa. “Cada um será indiciado pelo crime ou crimes que cometeu”, reforça o delegado Humberto Júnior.

Equipes do Centro Tático Aéreo (CTA) e do Comando de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar) também participaram das buscas e prisões dos envolvidos.