Bando queima ônibus que transportava alunos da UFMA em Imperatriz

Ônibus incendiado por bandidos em Imperatriz
Ônibus incendiado por bandidos em Imperatriz

Vândalos voltaram a incendiar ônibus no Maranhão. Na noite desta terça-feira (21), um bando composto por cinco indivíduos armados, encapuzados e com galões de gasolina, interceptaram um ônibus da empresa Ratrans na cidade de Imperatriz, que transporta alunos do Campus Bom Jesus da Universidade Federal do Maranhão, mandaram que todos descessem e em seguida tocaram fogo no veículo.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local para conter o incêndio criminoso mas o ônibus foi completamente tomado pelas chamas.

Minutos antes desse ataque, a escola estadual Amaral Raposo, localizada no Parque Imperial, também foi alvo de criminosos que puseram fogo em documentos e cadeiras que estavam no pátio.

A Polícia Militar foi acionada mas até o momento não há registro de prisão dos vândalos.

Ataques a ônibus no Maranhão

Ônibus escolares foram destruídos pelo fogo em Fortuna

O ato criminoso ocorrido ontem em Imperatriz é o segundo em menos de uma semana no Estado. No último domingo , dia 19, três ônibus escolares foram incendiados em frente à sede da Prefeitura Municipal de Fortuna. Uma pessoa foi presa.

Ministra Damares e Roberto Rocha, juntos em Imperatriz

Senador Roberto Rocha e a Ministra Damares Alves em Imperatriz
Senador Roberto Rocha e a Ministra Damares Alves chegam em Imperatriz

Acompanhada pelo Senador do Maranhão, Roberto Rocha, a titular do Ministério da Mulher, Damares Alves,  desembarcou no fim da manhã desta sexta-feira (17) na cidade de Imperatriz (MA) cumprindo agenda política.

Senador Roberto Rocha e a Ministra Damares Alves
Senador Roberto Rocha e a Ministra Damares Alves

Pai de Flávio Dino é hospitalizado após infarto

Flávio Dino e o pai, Sávio Dino
Flávio Dino e o pai, Sávio Dino

Flávio Dino e o pai Sávio DinoO pai do governador Flávio Dino, Salvio Dino (88 anos), sofreu um infarto e foi transferido para um hospital na cidade de Imperatriz.

As primeiras informações dão conta que ele está em uma UTI, passa bem, e colocou dois stents, pequeno tubo de metal que ajuda no fluxo de sanguíneo de artérias.

A informação foi confirmada por médicos e fontes próximas do governador Flávio Dino, dentre elas um secretário.

De Blog do Diego Emir

Assis vai ao CNMP contra perseguição de Nahyma Abas

Foto Reprodução
Foto Reprodução

Trata-se de uma ação especulativa, de argumentos confusos e interpretações contraditórias; faz juízo de valor sobre a pessoa, isso vicia todas as suas iniciativas contra o prefeito – a observação é do advogado Daniel Macedo, que defende Assis Ramos na demanda iniciada, ontem, por Nahyma Abas, na qual pede enquadramento do chefe do executivo municipal por improbidade administrativa por “crimes” que ela mesma, pelo menos duas vezes, diz não terem sido cometidos.

Prefeito de Imperatriz, Assis Ramos
Prefeito de Imperatriz, Assis Ramos

A ação da representante do Ministério Público tem como pano de fundo o exercício da direção do Matadouro Municipal por Dorivan da Mota Bandeira, há 3 anos e 4 meses, mas só agora, ás vésperas da campanha eleitoral, detonado por Nahyma.

Dorivan é cunhado da secretária Janaína, que não é autoridade nomeante, portando, pelo que determina o Supremo Tribunal Federal, não se verifica aí caso de nepotismo. Assim mesmo a promotora fez a denúncia, convocando a imprensa para uma coletiva – aliás, em todas as suas demandas contra Assis, Nahyma espalha a notícia primeiro pelos blogs da oposição, para somente depois registrar no portal do MP.

Na página 8 da ação proposta, a promotora inicia o terceiro parágrafo com a seguinte redação: “Vale reforçar que, apesar de não compreendidas como nepotismo, de acordo com a redação da Súmula Vinculante nº. 13, as nomeações de parentes de Dorivan Bandeira…”– ou seja, Nahyma sabe que não há crime, mas acusa.

Na página 16, ela começa o segundo parágrafo da peça propagada ontem, da seguinte forma: “Ainda de acordo com o que foi narrado, tais situações não demonstram uma situação de nepotismo, é verdade, pois não se mostram amparadas pela previsão da Súmula Vinculante nº. 13, apesar disso não nos parece lógico dissociar a ligação de todos esses servidores com pessoa tão próxima ao Prefeito Municipal…”, ou seja, não é crime, mas pela lógica que ela adota contra Assis, deveria ser.

O prefeito Assis Ramos ressalta que seguramente ele é o prefeito de Imperatriz que mais acatou recomendações do MP, inclusive, por conta disso, apesar de amparado pela Lei, ficou maior parte da sua gestão sem propaganda institucional, “mas essa acusação descabida, que agride frontalmente questão pacificada pela mais alta corte do País, requer, da minha parte, uma reação, sob pena de ficar visto da forma como a promotora nos rotula”– disse.

Os advogados de Assis Ramos preparam ação de abuso de autoridade cometida pela promotora Nahyma Abas, que será protocolizada no Conselho Nacional do Ministério Público ainda nesta semana, ao mesmo tempo em que pedem à Justiça que indefira, liminarmente, o pedido da ação proposta.

Seinc viabiliza com a Suzano doação de mais 10 respiradores para Imperatriz

Técnicos da Suzano com respirador doado ao Governo do Maranhão
Técnicos da Suzano com respirador doado ao Governo do Maranhão

A Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), segue dialogando com empresas que estão participando de uma rede solidaria para ajudar o Maranhão na luta contra o coronavírus. Nos próximos dias, mais dez respiradores que serão doados pela empresa Suzano Papel e Celulose, devem ser entregues ao Governo do Maranhão e vão auxiliar no tratamento de pacientes na cidade de Imperatriz.

O secretário da Seinc, Simplício Araújo, explica que os aparelhos chegaram nesta quinta-feira (9) em Salvador e foram recebidos pelo técnico da empresa, e em breve estarão em solo maranhense.

Os aparelhos serão todos destinados para a cidade de Imperatriz e serão entregues nos próximos dias. Com mais esse reforço, vamos contribuir para o tratamento de pessoas tanto em Imperatriz, como em toda região Tocantina. Nosso agradecimento a mais essa empresa”, pontou Simplício Araújo.

Além da doação desses aparelhos, outros 187 respiradores foram comprados da China por meio de doações da classe empresarial em uma verdadeira operação de guerra para ajudar o Maranhão no tratamento de pacientes. Foram doados ainda, máscaras cirúrgicas, termômetros, álcool 70 e em gel, testes rápidos e serviços gratuitos a profissionais de saúde locais.

Imperatriz terá unidade de prevenção do Câncer do Hospital de Amor

Senador Weverton (PDT-MA) no Hospital de Amor
Senador Weverton (PDT-MA) no Hospital de Amor

O senador Weverton (PDT-MA) e o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, farão uma visita técnica a Imperatriz nesta sexta-feira (26) para avaliar pessoalmente o terreno onde será implantada uma unidade de prevenção de câncer do Hospital de Amor, que atenderá o público feminino dos municípios da regional de saúde de Imperatriz.

A implantação do Hospital de Amor do Sul do Maranhão foi acertada pelo senador com a diretoria da entidade e tem o apoio da prefeitura de Imperatriz, que doará o terreno. Os recursos para a construção da unidade já estão garantidos.

Definimos a implantação em Imperatriz porque é a maior cidade ao sul do Maranhão e garantirá atendimento a toda a região. Em São Luís, já temos o Aldenora Belo que atende com excelência o estado todo e conta com todo o nosso apoio”, explicou Weverton.

Em 19 de junho, o senador esteve em Barretos (SP), onde conheceu as instalações do principal hospital de tratamento do câncer da instituição e viu de perto o trabalho de prevenção que será levado a Imperatriz.

Sobre o Hospital de Amor:

Excelência em oncologia, o Hospital de Amor (atual nome do Hospital de Câncer de Barretos) fechou o ano de 2020 com 1.047.440 atendimentos realizados a 224.883 pacientes de 2.335 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura.

Foram realizadas 24.351 internações, 252.544 quimioterapias, 9.500 refeições servidas por dia, 100% de forma gratuita. O déficit operacional é de R$ 29,5 milhões/mês de acordo com o balanço oficial de 2020.A entidade reúne 380 médicos e 5.300 funcionários, em todas as suas unidades espalhadas pelo Brasil.

Em 2020, o hospital assumiu a liderança do ranking da Scimago Institutions Rankings (SIR), entre todos os centros de saúde da América Latina, e ocupou o segundo lugar entre as instituições que realizam pesquisas na área da saúde. O levantamento é uma ferramenta de reconhecimento internacional, que avalia a qualidade de instituições (públicas ou privadas) em todo o mundo, considerando os critérios: pesquisa, inovação e impacto social.

A instituição é historicamente reconhecida. Foi escolhida, em 2000, pelo Ministério da Saúde, como o melhor hospital público do país. Desde 2011 é considerada “instituição irmã” do MD Anderson Cancer Center, o maior centro de tratamento e pesquisa de câncer do mundo. O Hospital de Amor tornou-se “instituição gêmea”do Saint JudeChildren’s Research Hospital em 2012. A última conquista ligada ao St. Jude aconteceu em 2019, quando Barretos foi escolhida como a instituição brasileira para expandir o programa de aliança global do hospital americano, que capacita médicos, enfermeiros e outros profissionais da equipe multidisciplinar, tanto do Brasil quanto da América Latina. Dar as mesmas chances de cura de todas as crianças do mundo é o objetivo deste programa global.

Fake News: OAB nega ter pedido afastamento do prefeito de Imperatriz

Assis Ramos, prefeito de Imperatriz

A OAB, Subseção de Imperatriz, encaminhou nota oficial, onde comunica que não promoveu nenhum requerimento à Câmara Municipal de Vereadores solicitando o afastamento do prefeito da cidade, Sr Assis Ramos. Confira abaixo.

Foto Reprodução

Novos leitos e UTI aérea auxiliam no combate ao coronavírus no Maranhão

Foto Divulgação

Para intensificar o combate ao coronavírus no Maranhão, o Governo do Estado tem incorporado novas ações a cada dia em todas as regiões. A Gestão Estadual tem ampliado leitos exclusivos para o tratamento de Covid-19 em Imperatriz, que atualmente tem o segundo maior número de casos do vírus no estado.

Outra medida, que também tem auxiliado os municípios de todo o Maranhão, é o suporte com UTI aérea para encaminhar pacientes em estado gravíssimo, dando condições de transferência do interior para a capital.

Imperatriz foi uma das cidades já beneficiadas com o serviço, que começou a ser oferecido desde o último final de semana em todo o Maranhão.

O secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, que coordena o Comitê de Combate à Covid-19 na Região Tocantina, sob orientação do governador Flávio Dino e em parceria com o secretário de Saúde, Carlos Lula, reforça que o trabalho tem sido intenso na região.

Todos os esforços têm sido empreendidos no sentido primordial de salvar vidas. Trata-se da maior expansão, em termos de estrutura e pessoal, feita na saúde do Maranhão. A gestão tem sido feita de maneira proativa, visando antecipar as necessidades e atender a procura crescente”, disse.

Obras

Através das obras da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), a cidade de Imperatriz dispõe de novos leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 na rede estadual, distribuídos entre o Hospital Regional Materno Infantil (HRMI), onde foi implantado um prédio anexo exclusivo e mais o Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto.

Além das unidades estaduais, a gestão participou de parcerias para a implantação do Centro Ambulatorial no Centro de Convenções, que atende pacientes com sintomas leves e também no reforço para melhorar o atendimento nas UPAS, que são as principais portas de entrada. Atualmente, o município está com obras em andamento para um novo hospital de campanha.

Mais ações

Outras cidades do Maranhão receberem reforço na infraestrutura hospitalar. Na Região Tocantina, Açailândia recebeu um hospital de campanha com 60 leitos, sendo 53 de enfermaria e sete para UTI, resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, a Prefeitura e a empresa Vale.

Em todo o estado, os leitos foram ampliados de 232 para quase 1.500 exclusivos para tratamento de pacientes com Covid-19. Cidades pólos como Lago da Pedra, Santa Luzia, São Luís, Coroatá e Caxias estão entre as contempladas com a ampliação de leitos.

Justiça Federal ordena que Município de Imperatriz explique reabertura do comércio

Assis Ramos, prefeito de Imperatriz

A pedido do Ministério Público do Maranhão e do Ministério Público Federal, a Justiça Federal, neste domingo, 17, deu o prazo de três dias para que o Município de Imperatriz apresente as justificativas sobre as regras de flexibilização para reabertura do comércio.

O documento foi assinado pelo titular da 5ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Saúde Pública de Imperatriz, Newton Barros de Bello Neto, e pelo procurador da República Alexandre Ismail Miguel. A decisão foi proferida pelo juiz federal Claudio Cezar Cavalcantes.

A decisão é resultado de uma Ação Civil Pública proposta pelo MPMA e MPF, também neste domingo, 17, contra o Município de Imperatriz, por conta do Decreto expedido neste sábado, 16, que editou regras para reabertura do comércio. A ACP também pede que a União reforce a fiscalização quanto aos recursos aplicados para combater a pandemia.

Segundo o novo decreto assinado pelo prefeito Assis Ramos, shoppings, autoescolas e lojas diversas poderão atender mediante algumas regras e horários pré-estabelecidos.

O promotor de Justiça Newton Bello Neto e o procurador da República Alexandre Miguel já haviam oficiado ao prefeito na sexta-feira, 15, requisitando explicações sobre em quais estudos da área da saúde o decreto se baseou para que garantisse o afrouxamento do isolamento social sem prejudicar as medidas de prevenção e combate à contaminação à Covid-19 e evitar que muitas mortes ocorram no Município.

No documento, o representante ministerial relembrou o teor das Recomendações anteriormente enviadas ao Município orientando que quaisquer decisões quanto à flexibilização do distanciamento e isolamento social fossem tomadas de acordo com conclusões médico-científicas. O promotor de Justiça, no entanto, disse que não houve a demonstração de que essas obrigações tenham sido cumpridas pelo Município.

Na Ação Civil Pública, o MPMA e o MPF pedem que a Justiça Federal suspenda os efeitos do novo decreto municipal em caráter de tutela de urgência, quanto à flexibilização das medidas de distanciamento e isolamento social já editadas sob pena de multa diária de R$10 mil em face do prefeito Assis Ramos.

Leia mais no MPMA

Cuidado! Nove cidades do Maranhão já tem casos confirmados de coronavírus

Foto Reprodução

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado na noite desta terça-feira (7) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), em nove municípios maranhenses já há casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19).

Um total de 230 casos foram confirmados em todo o Maranhão sendo que a incidência maior é na Região Metropolitana: são 203 casos em São Luís, 10 em São José de Ribamar e 6 em Paço do Lumiar. Na Raposa ainda não há registros.

As outras cidades com casos confirmados são Imperatriz, Açailândia, Cajapió, Timon, Santa Inês e São Benedito do Rio Preto.

Ao todo, 11 pessoas já morreram vítimas da doença no Maranhão.

Confira aqui o boletim completo da SES.