Idoso de 67 anos é um dos 47 pacientes curados da Covid-19 em Caxias

Paciente curado da Covid-19 em Caxias recebendo alta

O idoso Raimundo Anes, de 67 anos, reside na Rua 7, no bairro Tamarineiro, ma cidade de Caxias, no Maranhão, é um dos 47 pacientes que venceram o novo coronavírus.

Curado, ele não economizou palavras ao falar sobre o atendimento que recebeu dos profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias, que com dedicação o ajudaram a vencer a covid-19.

Lá não é uma UPA, é um céu. Eu fui bem tratado. Os anjos médicos e médicas me atenderam muito bem. Eu não tenho o que dizer. Aquelas meninas são uns anjos e os médicos são uns anjos. O que eu quero é que passe essa coisa ruim e eles não sintam nada”, afirma Raimundo Anes.

A recuperação de Raimundo foi comemorada não apenas por ele, mas pelos profissionais de saúde que o acompanharam. Gorete deixa um recado aos caxienses sobre os cuidados que devem ter diante da covid-19.

Eu peço, principalmente aos jovens, que eles fiquem mais dentro de casa. Quem não está trabalhando fique dentro de casa para não prejudicar a vida dos outros”, pede.

Não é brincadeira, não é brincadeira. Graças a Deus eu estou em casa”, afirma Raimundo.

Em dados estratificados, Caxias tem: 132 casos confirmados; 2.137 testes rápidos realizados; 79 casos aguardando resultado; 2.277 casos foram descartados por exame e testes rápidos; 68 casos confirmados estão em isolamento domiciliar; 7 estão confirmados em internação hospitalar e 10 óbitos foram registrados por covid-19.

Com ações preventivas, Caxias é referência no combate à Covid-19

Foto Divulgação

O último Boletim Epidemiológico Estadual aponta que o Maranhão chegou a 22.786 casos confirmados da Covid-19 nesse domingo (24). Caxias chegou aos 113 casos confirmados. Os números revelam o desafio que os municípios maranhenses têm pela frente. Porém, quando comparada a outros municípios de porte similar, Caxias aparece com ações inovadoras e pioneiras no enfrentamento ao novo coronavírus. São atitudes que têm contribuído para que os caxienses estejam conscientizados e busquem também a prevenção.

Foi realizada a desinfecção das ruas e em frente a unidades hospitalares, mercados públicos, agências bancárias, dentre outros locais. Além disso, a fabricação e distribuição de mais de 1 milhão e 500 mil máscaras; contratação de outras 300 mil de microempreendedores individuais e microempresas; implantação de lavatórios públicos, cabine de desinfecção e barreiras sanitárias, são ações que ajudam a diminuir a curva de contaminação.

A Prefeitura de Caxias vem com estas atividades de prevenção, conscientização da Atenção Básica, juntamente com a Vigilância Epidemiológica, e a implantação das cabines, juntamente com as pias. Isso aí serve para trazer conscientização para a população do uso de EPIs e até mesmo do uso de máscara”, frisa Daniel Neto, diretor da UPA.

Numa comparação rápida de Caxias, com 113 casos confirmados, com outras cidades de mesmo porte ou menor, o município se sobressai. Bacabal aparece com 230 casos; São Luís, com 7917 casos; Presidente Dutra, 167 casos; Coelho Neto, 144; Chapadinha, 631 casos; Codó, 410 casos; Coroatá, 167; Imperatriz, 1431 casos; Timon, 201 casos, e Barra do Corda, 365 casos. As informações são do último Boletim Epidemiológico do Governo do Estado (24/05) que referenciam as ações de cada município do Maranhão. Neste boletim, Caxias aparece com 92 casos confirmados, embora o Boletim Epidemiológico local aponte 113 casos.

O Decreto Municipal n° 156 prorrogou até o dia 31 de maio as medidas de isolamento social. Além de permitir o funcionamento apenas de serviços essenciais, o decreto também impõe obrigações aos bancos e estabelecimentos comerciais. Estas e outras medidas ajudam a proteger os caxienses e prevenir a difusão do vírus na cidade.

Vídeo: prefeito Luciano pede orações para a esposa deputada Thaíza internada com Covid-19

Luciano Genésio e Dra. Thaíza Hortegal

O prefeito do município de Pinheiro, Luciano Genésio, gravou um vídeo pedindo orações para a esposa dele, a  deputada estadual Thaíza Hortegal.

Contaminada pelo novo coronavírus (Covid-19), a parlamentar está internada no Hospital São Domingo, em São Luís, com sintomas graves da doença, conforme foi informado pela assessoria de comunicação da deputada.

Assista abaixo o vídeo de Luciano Genésio.

Deputada Dra. Thaíza é internada com sintomas graves da Covid-19

Deputada Dra. Thaiza Hortegal (PP)

NOTA PÚBLICA

A deputada estadual Dra. Thaiza Hortegal (PP), médica pediatra, e que atuava como profissional de saúde na comissão de atendimento aos pacientes com COVID, em Pinheiro, se encontra em estado de saúde delicado.

Sem leitos de UTI disponíveis no Hospital Regional da Baixada e nem no Hospital Municipal Antenor Abreu, que ainda estão em fase final de implantação, a parlamentar teve que ser transferida para capital São Luís, na noite de quinta-feira (21), após os exames confirmarem COVID-19 e apresentarem um quadro clínico considerado grave.

Dra. Thaiza Hortegal deu entrada no Hospital São Domingos na madrugada desta sexta-feira (22), acompanhada do irmão, Dr. Kaio Hortegal, médico e diretor do Hospital Regional da Baixada, em Pinheiro.

O prefeito de Pinheiro e esposo da parlamentar, Luciano Genésio, recebeu informações, no fim da tarde, de que Dra. Thaiza apresentou melhoras, mas que a situação requer observação e cuidados rigorosos.

Assessoria de Comunicação
*Gabinete da Dra. Thaiza Hortegal*
Deputada Estadual (PP)

12 unidades básicas em São Luís atendem síndromes gripais e respiratórias leves

Foto Divulgação

A Prefeitura de São Luís implantou um novo fluxo no sistema municipal de saúde para atendimento durante a pandemia da Covid-19, disponibilizando 12 unidades básicas de saúde exclusivamente para pacientes que apresentem sintomas leves de síndromes respiratórias e gripais.

Nestas unidades serão feitas consultas e, se necessário, o encaminhamento para exames e atendimento de maior complexidade. Todo este trabalho faz parte das políticas de saúde para conter o avanço da Covid-19 entre a população de São Luís e reforça a rede de referência, que engloba unidades municipais e estaduais, para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Confira acima.

EFEITO LOCKDOWN: Nem um óbito registrado nesta sexta por Covid-19

Foto Reprodução

O boletim epidemiológico divulgado na noite desta sexta-feira (15) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) trouxe uma notícia.

No quadro de evolução de óbitos por datas de hoje não consta nem uma morte pelo novo coronavírus (Covid-19) no Estado. (Veja acima)

O Maranhão já contabiliza 11.592 casos confirmados da doença, mas desse total 2.761 pessoas já se recuperaram.

VÍDEO: Zé Doca terá hospital de campanha para pacientes com Covid-19

O município de Zé Doca, no Maranhão, terá um hospital de campanha para tratar exclusivamente pacientes com o novo coronavírus (Covid-19). A unidade contará com 35 leitos e uma equipe completa de profissionais capacitados.

Teremos um hospital de campanha, para tratamento dos infectados pela Covid-19. O município de Zé Doca está adaptando o antigo hospital DR. Isaías, para o enfrentamento ao coronavírus. Assim será possível oferecer um atendimento exclusivo a esses pacientes e também separar pacientes da Covid-19 dos demais atendidos no hospital municipal”, disse a prefeita Josinha Cunha que, juntamente com o secretário municipal de Saúde, Francisco Lima, esteve vistoriando as obras que estão a todo vapor. Confira nas imagens acima.

Weverton comemora indicação de R$ 43 milhões da bancada federal maranhense

Foto Reprodução

O senador Weverton (PDT-MA) comemorou nesta quarta-feira (13) o pagamento de R$ 43 milhões repassados ao Governo do Estado do Maranhão a ser utilizado no enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19).

O pagamento foi realizado hoje e já está disponível na conta do Governo do Maranhão para uso nas ações de combate ao coronavírus e no sistema de saúde do nosso Estado. São R$ 43 milhões, resultado de emenda parlamentar da nossa bancada federal maranhense. Vamos juntos!”, comemorou Weverton.

Governo do MA seleciona profissionais pelo ‘Mais Médicos para o Brasil’

Carlos Lula, Secretário de Estado de Saúde

Mais 40 médicos serão convocados pelo Governo do Maranhão, para atuar nas unidades de saúde em atendimento a casos de coronavírus. Estes profissionais vão contribuir para manter os atendimentos na rede estadual neste momento de pandemia e garantir o acolhimento aos que necessitarem. Paralelamente, o Governo instituiu o programa ‘Reembolso Saúde’ para profissionais que estão na linha de frente dos casos.

Os profissionais serão convocados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). A contratação passa por análise documental e atendimento ao edital do Ministério da Saúde. É preciso formalizar requerimento e declaração por escrito, comunicando que atende diretamente pacientes da Covid-19 e, por isso, não pode retornar para casa em virtude do risco de exposição de sua família. Cópias da identificação do profissional da saúde e contrato de hospedagem também serão solicitados.

O contrato vai durar até que o Governo Federal cumpra, conforme determina o seletivo feito, ou a extinção do estado de calamidade pública. Caso necessário, mais médicos serão chamados até o alcance das 65 vagas disponibilizadas ao Maranhão pelo programa federal.

O Governo do Maranhão não tem medido esforços para combate ao novo coronavírus no Estado. Reforçamos medidas preventivas e estamos trabalhando para ampliar a assistência hospitalar, aumentando o número de leitos e reforçando o quadro de profissionais nas nossas unidades, que são imprescindíveis nesta luta”, destaca o titular da SES, Carlos Lula.

A necessidade de mais profissionais também se dá pelo avanço da doença e consequente abertura de novos leitos no Estado. O Maranhão aguardava 170 profissionais da área, fruto de edital do Ministério da Saúde, lançado em março, o que não houve. Por essa falta, o Poder Executivo Estadual autorizou, por meio de Medida Provisória, a contratação de profissionais de Medicina já selecionados pela União.

O decreto do Governo do Estado tem base em Portaria n° 188, de 03 de fevereiro, do Ministério da Saúde, que declara emergência em saúde pública de importância nacional, em decorrência do novo coronavírus. Da mesma forma, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou estado de pandemia da doença, o que exige esforço conjunto de todo o sistema de saúde para identificar ocorrências e adotar medidas devidas.

Já o programa ‘Reembolso Saúde’ consiste em garantir hospedagem – em hotéis, apart-hotel e similares – aos profissionais de saúde da rede estadual e àqueles que trabalham diretamente na realização de exames de detecção, e que, por esta razão, estejam impossibilitados de retornar às suas casas.

O Governo irá reembolsar custos de até R$ 2 mil mensais, mediante apresentação do contrato de hospedagem e declaração atualizada da continuidade de uso do serviço. A iniciativa pretende evitar exposição dos familiares destes profissionais ao risco de infecção pelo vírus.

ATENÇÃO RICARDÕES: casadas vão estar solteiras durante a tarde em Balsas

Prefeito de Balsas, Dr. Erik

O prefeito de Balsas, Dr Erik, editou o Decreto Nº 035 no último dia 5 de maio, com medidas polêmicas implementadas no comércio local nos dias 07, 08 e 09, ou seja, válidas até este sábado.

De acordo com o Decreto, homens e mulheres só poderão ter acesso a serviços essenciais ou não essenciais em horários diferentes. A população masculina só poderá circular das 07h às 13h e a feminina das 13h às 19h.

Ainda segundo o Decreto, será multado em R$ 200 o estabelecimento comercial que não cumprir a determinação permitindo a entrada de pessoas fora do horário estabelecido.

A medida tomada pelo prefeito Dr Erik, acreditem, é “aumentar o isolamento social e evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) no município”.

Foto Reprodução