São Luís e Barreirinhas ficam fora de novas rotas aéreas da VoePass/Gol

Foto Reprodução

Ainda não vai ser dessa vez que São Luís e Barreirinhas vão ser contempladas com rotas aéreas interligando Parnaíba, Jericoacoara, Teresina e Fortaleza, as quais fazem parte da Rota das Emoções. A VoePass/Gol anunciou que as cidades maranhenses não foram incluídas nos novos trechos a ser vendidos a partir de 5 de novembro.

As passagens vão custar entre R$229 e R$556. Elas vão ser operadas em aeronaves da VOEPASS modelo ATR 72, com capacidade para 70 passageiros. Os primeiros voos ocorrem no dia 12 de dezembro nos seguintes trechos:

Teresina – Fortaleza
Teresina – Parnaíba
Parnaíba – Teresina
Parnaíba – Fortaleza
Parnaíba – Jericoacoara

De acordo com Eduardo Busch, CEO da VOEPASS, anteriormente, o objetivo era operar também para Barreirinhas e São Luís, importantes polos da Rota das Emoções, no entanto, houve um remanejamento de malha e as operações no Maranhão serão iniciadas posteriormente.

“Os novos voos atendem a uma forte demanda na região intranordeste, principalmente neste período de alta temporada, e desponta como mais uma via neste momento de recuperação do setor de aviação e turístico brasileiro, tão afetado desde o início da pandemia”, acrescenta José Luiz Felício Filho, Presidente da VOEPASS.

A VoePass é uma empresa da Gol Linha Aéreas e opera as rotas regionais.

Fonte: Diego Emir

Presente para Alto Alegre do MA: Emenda de Josimar vai asfaltar bairro Caxuxa

Foto Divulgação

Dia 10 de novembro a cidade de Alto Alegre do Maranhão completa 25 anos de emancipação política, uma vasta programação está sendo preparada para a data não passar em branco e ser festejada com muita festa. Na manhã de hoje, 1, o deputado federal, Josimar de Maranhãozinho (PL) recebeu em seu escritório a prefeita do município, Nilsilene do Liorne para a assinatura do convênio que libera R$ 1.914.272,00 para pavimentação asfáltica do bairro Caxuxa. “Sempre tenho dado assistência aos nossos municípios, onde tem PL, tem a marca do trabalho e a prefeita Nilsilene com seu esposo, ex prefeito, Dr. Liorne são nossos parceiros e podem contar com meu apoio. Aproveito para reiterar meu compromisso com os altoalegrenses e desejar progresso e dias melhores nesta data importante do aniversário da cidade”, destacou o parlamentar.

Dias 9 e 10 de novembro, várias obras serão entregues a população de Alto Alegre do Maranhão, além de bandas nacionais como Tarcísio do Acordeon, Tony Guerra e Forró Sacode e um show gospel com Davi Sacer. “Temos no deputado Josimar uma grande confiança de nos ajudar a levar melhorias ao nosso povo, nosso mandato ainda está no começo e já avançamos muito, agradeço essa emenda do asfalto ao deputado, que vai dar uma cara nova no Caxuxa”, finalizou a prefeita Nilsilene.

Greve rende ‘elogios’ de Dino para Braide: ‘vaidoso, prepotente e orgulhoso’

Prefeito Eduardo Braide

A greve dos rodoviários, que entra nesta segunda-feira (1º) para o 12º dia em São Luís, além de afetar a popularidade do prefeito Eduardo Braide, rendeu-lhe alguns ‘elogios’ por parte do governador Flávio Dino.

Durante um discurso proferido pelo chefe do Executivo Estadual neste fim de semana, durante a entrega da obra de pavimentação de um trecho da estrada entre os municípios de Raposa em Paço do Lumiar, Braide foi chamado de ‘vaidoso, prepotente e orgulhoso’.

Sem citar o nome do prefeito da capital, Dino se referiu ao mesmo no tocante da greve de ônibus dizendo: “Sempre tenho as mãos estendidas para ajudar quem pede ajuda, quando o prefeito é muito vaidoso, muito prepotente é muito orgulhoso, fica todo enrolado com problema e não pede ajuda. A gente vê isso, aliás, está vendo”.

Enquanto isso a população ludovicense segue sem transporte coletivo e sendo prejudicada pela ineficiência do poder público municipal.

E o Estado? Já que acha que pode ‘ajudar’ por que não o faz?

Segurança de Bolsonaro dá soco no estômago de jornalista em Roma

Presidente Bolsonaro em Roma neste domingo (31)

Jornalistas que acompanhavam o presidente Jair Bolsonaro em Roma, após o término da reunião do G20, o grupo de países mais ricos do mundo, foram agredidos por seguranças. Enquanto outros líderes davam entrevistas coletivas, Bolsonaro saiu para se encontrar com apoiadores perto da Embaixada do Brasil na Itália. Foi quando aconteceram as agressões.

Ao perguntar a Bolsonaro por que ele não tinha participado de alguns eventos do G20 – Bolsonaro ficou isolado em boa parte do encontro, não teve reuniões bilaterais e não participou dos eventos finais da cúpula neste domingo (31) –, o repórter Leonardo Monteiro, correspondente da Globo, levou um soco no estômago e foi empurrado.

“Presidente, por que o senhor não foi de manhã no encontro do G20?”, perguntou o repórter. “É a Globo? Você não tem vergonha na cara”, respondeu Bolsonaro. Ao insistir na pergunta, Leonardo foi agredido.

O colunista do UOL, Jamil Chade, tentou gravar com o celular a agressão e foi também empurrado pelo segurança, que torceu seu braço, tomou seu celular e jogou-o em um canto da rua. Após as agressões, o segurança foi embora na direção do presidente, que seguia caminhando.

Houve ainda truculência vinda de seguranças e policiais italianos. E uma assistente da Globo que esperava na embaixada foi denunciada por apoiadores como “infiltrada”, sendo socorrida por uma jornalista da BBC que a ajudou a deixar o local.

Congresso em Foco