Rodoviários ameaçam paralisar caso empresas não garantam benefícios

Ônibus da Viação Pericumã

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão comunicou, através de nota, que, em virtude do descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho praticado pelas empresas que compõem o Consórcio Upaon-Açu, que atua no transporte público de São Luís, que no uso das atribuições legais, irá deflagrar uma paralisação a partir das primeiras horas de terça-feira (3), caso as empresas insistam em não garantir os direitos dos trabalhadores.

As empresas que correm o risco de ter os coletivos impedidos de sair das garagens neste dia são: Viação Patrol (Pele); Autoviaria Matos; Viação Abreu; Viação Aroeiras; Speed Car (Marina); Viper (Pericumã); Rio Negro (Expresso Tapajós) e Planeta (São Benedito).

Entre os itens que estão sendo descumpridos, destaque para o não pagamento dos planos de saúde e odontológico e de horas extras, além da constatação de carteiras de trabalho não assinadas, situação que tem gerado grandes transtornos aos Rodoviários.

A denúncia constando esse desrespeito com os Rodoviários, já foi protocolada no Ministério do Trabalho. A medida adotada pelo Sindicato dos Rodoviários tem a intenção de resguardar os direitos dos trabalhadores, que mês a mês, estão sendo enganados pelos empresários, com essa postura que é ilegal e fere tudo o que foi acordado por meio de Convenção Coletiva de Trabalho.

O Sindicato dos Rodoviários está anunciando esta possível paralisação, como medida drástica, já que não nos resta outra alternativa. Esse é o tipo de tratamento recebido pelos trabalhadores das empresas do Consórcio Upaon-Açu, sem a garantia de concessão de benefícios, que são fundamentais para o exercício da atividade. A entidade espera que a solução possa ser dada pelos empresários, sem precisarmos recorrer a uma greve, que acaba gerando transtornos para a população, mas também não podemos ficar de braços cruzados, esperando a boa vontade dos patrões para resolver a questão. Se não atenderem as nossas reivindicações, o Consorcio Upaon-Açu vai parar na terça-feira (3)”, garante Isaías Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

2 comentários em “Rodoviários ameaçam paralisar caso empresas não garantam benefícios”

  1. douglas

    2 anos atrás  

    De novo esse negocio de greve, nossa isso está baguçado

  2. Eduardo

    2 anos atrás  

    Esses empresários que nao pessam na populaçao, só querem lucrar

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>