Caso Bardal: advogado depõe e Jefferson Portela diz que ‘não há segredo de nada’

Secretário de Segurança do Estado, Jefferson Portela

O advogado Ricardo Belo foi ouvido nessa terça-feira (27) pela Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor), em São Luís, dentro da investigação que apura as ações de uma organização criminosa no Maranhão. (Reveja)

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, o advogado estava com o delegado exonerado Thiago Bardal na noite da última quarta-feira (21), no Quebra Pote, zona rural da capital, onde foram presos suspeitos de integrar a quadrilha. Bardal é suspeito de envolvimento com o grupo.

Segundo as investigações, a intenção do grupo era desviar de R$ 1,5 milhão a R$ 2 milhões em uísque e cigarros. O recurso seria utilizado para financiar outras atividades criminosas, como a compra de armas, de drogas e a corrupção de policiais.

O secretário voltou a dizer que a sociedade será informada permanentemente sobre as investigações. “Não há segredo de nada, não pode haver. A comunicação para a sociedade é um direito público”, afirmou.

2 comentários em “Caso Bardal: advogado depõe e Jefferson Portela diz que ‘não há segredo de nada’”

  1. Williams

    3 anos atrás  

    Parabéns ao Secretário de Segurança Pública e a todos que comungam desse pensamento de informação como direito do povo

  2. Paulo katoloPaulokatolo

    3 anos atrás  

    Oi Jorge.
    Acho tem algumas coisa errada…
    o Código de Processo Penal expõe de maneira ao estabelecer no seu artigo 20 que a autoridade policial “assegurará no inquérito o sigilo necessário à elucidação do fato ou exigido pelo interesse da sociedade.
    O secretário está é atrapalhando a investigação …. Investigação nao é fazer política ou média e/ou mídia com a sociedade….
    Se ele vacilar, essa situacao ainda vai custar o cargo dele…

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>