Dia de chuva foi marcado por acidentes

Caminhão tombou na BR-135 próximo do Maracanã
Caminhão tombou na BR-135 próximo do Maracanã

O dia de ontem foi de muita chuva e vários acidentes foram registrados em São Luís. Ainda pela manhã, um caminhão derrapou e acabou capotando em no km 6 da BR-135, próximo a entrada do Maracanã. Estavam no caminhão três pessoas que foram socorridas e levadas para o hospital. O estado de saúde das vítimas é estável.

O outro acidente grave registrado foi na Via Expressa. Lá dois carros colidiram e a estudante Adrielle Moraes acabou morrendo no acidente. A outra vítima foi levado para o hospital.

Estudante morreu na Via Expressa após colisão entre carros
Estudante morreu na Via Expressa após colisão entre carros

Vídeo: Choque é Choque! Policiais perseguem e prendem bandidos

choqueVídeo mostra perseguição de uma guarnição do Batalhão de Choque a quatro bandidos em um Astra branco no bairro João Paulo.
Os quatro elementos estavam cometendo assaltos em São Luís e quando avistados pela viatura da PM foram perseguidos.
Depois que pararam o carro, os bandidos ainda atiraram contra a guarnição. Houve troca de tiros, mas não houve mortes.
A ação do choque ocorreu no mês de janeiro.

Flávio Dino acompanha Carnaval em São Luís e garante que a Festa de Momo de 2016 já vai começar a ser planejada

Governador Flávio Dino esteve na Passarela do Samba e no circuito de rua da capital durante o Carnaval
Governador Flávio Dino esteve na Passarela do Samba e no circuito de rua da capital durante o Carnaval

“Começamos a recuperar o carnaval do povo e em 2016 vamos fazer uma festa ainda maior. Será o melhor carnaval da história do Maranhão”, informou o governador Flávio Dino. Ele anunciou reformulações para o carnaval de rua de São Luís a partir do próximo ano.

Uma das mudanças será o horário da programação que contemplará o turno matutino e vespertino, além das atividades tradicionais do período noturno.

“Vamos começar em 2016 um carnaval desde a manhã, desenvolvendo circuitos na praia e fazendo com que à tarde, nos bairros, haja uma grande manifestação e à noite essa apoteose representada pela passarela. Vamos construir isso no ano que vem fazendo um carnaval que brilhe com a luz do Sol”, afirmou o governador.

Flávio Dino informou que a Secretaria de Estado da Cultura já trabalha na reformulação do modelo de carnaval experimentado na capital. Ele destacou o incremento do carnaval de rua, a exemplo da parceria realizada com a Prefeitura de São Luís, com manifestações de rua em vários bairros.

“O carnaval é alegria, mas também reativa a dimensão econômica da cultura. Gera postos de trabalho, circulação de renda, produção local”, disse Flávio Dino, ao destacar a importância da descentralização dos recursos destinados às festas de carnaval no estado.

As atividades carnavalescas não serão voltadas apenas para a capital. A exemplo do que já foi possível acontecer em 2015, no próximo ano, a contribuição com outros municípios maranhenses que possuem tradição nas festas de carnaval também serão estimuladas e com ações articuladas com as gestões municipais e os grupos artísticos, através do Governo do Estado.

Já em 2015, o Governo do Estado também apoiou as manifestações religiosas que ocorreram durante o período carnavalesco. Flávio Dino destacou que a diversidade dos apoios também ocorreu na organização de retiros espirituais, de diferentes orientações religiosas em dezenas de municípios do Estado.

Pluralidade e segurança – Além da descentralização do apoio às brincadeiras de carnaval, o Governo do Estado mobilizou os serviços públicos para que os maranhenses pudessem passar o período com tranquilidade. Através da Secretaria de Estado da Segurança Pública, o policiamento na capital e no interior foi intensificado, com destaque às cidades com maior fluxo de brincantes.

Já o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) organizou operações da Lei Seca em diferentes municípios, com ações educativas e de fiscalização. A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) também cuidou para que todos que precisassem utilizar o transporte aquaviário no deslocamento para o interior do estado tivessem maior comodidade que em anos anteriores.

Prefeitos e Governo discutem processo de metropolização na Grande Ilha

Governador Flávio Dino e os prefeitos dos municípios da Região Metropolitana de São Luís
Governador Flávio Dino e os prefeitos dos municípios da Região Metropolitana de São Luís

Gestores das cidades que integram a região metropolitana de São Luís e o governador Flávio Dino reuniram-se, nesta segunda-feira (02), para tratar de assuntos de interesse da municipalidade e de ações que permitam, de fato, implementar a região metropolitana da Grande Ilha com trabalhos parceiros e conjuntos entre prefeituras e o governo estadual.

O encontro foi provocado pelo prefeito de São José de Ribamar e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Gil Cutrim, que, no mês passado, esteve reunido com Dino, oportunidade na qual foi sugerido ao governador que formulasse os convites aos gestores.

Além de Cutrim, participaram da reunião dos prefeitos Edivaldo Holanda Júnior (São Luís), Josemar Sobreiro (Paço do Lumiar), Clodomir Oliveira (Raposa), Antônio Candido (Santa Rita) e representantes das cidades de Rosário e Bacabeira.

Ficou definido que técnicos da Secretaria de Estado das Cidades e da Agência Estadual de Mobilidade Urbana, com o apoio de técnicos dos municípios envolvidos, irão promover estudos que viabilizem a reestruturação da Lei Complementar que instituiu a região metropolitana. Estes estudos já serão apresentados e apreciados no próximo dia 09 durante reunião das equipes técnicas.

O objetivo, de acordo com Gil Cutrim, é adequar a Lei ao novo Estatuto da Metrópole, de autoria do governo federal e aprovado ano passado, e ao Plano de Mobilidade Urbana – Integração das Ações Metropolitanas do governo do estado.

A Lei Complementar que institui a região metropolitana foi alterada em 2013 e incluiu as cidades de Santa Rita, Bacabeira e Rosário. A região já era formada por São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e Alcântara.

No entanto, no entendimento dos gestores e do governo estadual, a referida Lei ainda necessita ser aperfeiçoada inserindo, por exemplo, a criação do Conselho Estadual da Região Metropolitana, com sua estrutura de governança definida; Fundo da Metrópole e ainda ações concretas e bem definidas para serem executadas, de maneira conjunta, por municípios e estado.

“O encontro foi extremamente proveitoso, visto que, definimos metas a serem alcançadas e desenvolvidas em um curto espaço de tempo. Tenho convicção de que, neste novo momento, os municípios e o estado estarão unidos, executando ações parceiras e conjuntas em favor das populações”, afirmou Cutrim.

Flávio Dino elogiou o empenho e disposição dos prefeitos em, a partir de agora, darem as mãos e se unir em torno de uma política participativa, de inclusão e parcerias institucionais. “O governo está totalmente empenhado no sentido de fazer com que, de fato, a região metropolitana funcione efetivamente”, disse.

Os prefeitos Edivaldo Holanda Júnior e Josemar Sobreiro também destacaram a união dos gestores municipais em favor dos moradores das cidades. “Somente unidos,
trabalhando de forma integrada, poderemos avançar e desenvolver políticas públicas comuns em diversos setores, tais como a coleta e destinação dos resíduos sólidos, situação que ainda aflige a maioria dos municípios maranhenses”, avaliou o prefeito da capital.

Homem atira em dois na Vila Janaína

violenciaUma pessoa morreu e outra ficou ferida após disparos de arma de fogo feito por um ciclista na Vila Janaína. O crime foi confirmado
pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

De acordo com o Ciops, o homem que morreu foi atingido no peito e o que sobreviveu foi atingido na cabeça e levado para o hospital Socorrão 2. Os nomes das vítimas não foram divulgados.
O criminoso, que não foi identificado, conseguiu fugir do local sem problemas, segundo disseram testemunhas.

A polícia ainda não sabe as motivações do crime, mas afirmou que está investigando o caso.

Prisão – E foi presa agora à tarde Jéssica Edna Gomes, suspeita de ser a mandante do assassinato do professor e líder comunitário do Coroadinho, Pedro Sardinha.

De acordo com o delegado Jeffrey Furtado, uma discussão no dia anterior entre a esposa da vítima e Jéssica seria o motivo para o assassinato.

“A mulher do professor afirma que no último dia 5 ela teve uma discussão muito forte com a Jéssica, que seria uma traficante da região”, afirmou o delegado.

Jéssica foi vista conversando com Loirinho, adolescente de 16 anos, que foi reconhecido pela esposa de Pedro Sardinha como o autor dos disparos.

“Ontem, a mulher da vítima disse que viu o assassino conversando com Jéssica dizendo que ‘cagueta’ tem que morrer”, explicou o delegado.

Pedro Sardinha foi assassinado hoje pela manhã com três tiros na cabeça na sede do projeto social “Arte na Comunidade”.

Pedro Sardinha foi morto com três tiros na cabeça
Pedro Sardinha foi morto com três tiros na cabeça

 

 

Astro de Ogum é empossado presidente da Câmara Municipal

Astro de Ogum assumiu a presidência da Câmara hoje no início da tarde
Astro de Ogum assumiu a presidência da Câmara hoje no início da tarde

Em solenidade agora a pouco, o vereador Astro de Ogum foi empossado presidente da Câmara de São Luís. Em seu discurso, o parlamentar lembrou que tem dois grandes desafios para serem superados: a questão dos funcionários da Casa e o débito com a Previdência Social.

Com a presença do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, os deputados Weverton Rocha (PDT) e Hélio Soares (PP) e ainda outras autoridades, Astro de Ogum assumiu oficialmente a presidência da Câmara Municipal.

Em seu discurso após ser empossado, Ogum disse que tem na Câmara uma decisão judicial que determina a demissão de 380 funcionários e que apesar de ter sido ignorada pelos seus antecessores, nesta gestão não será.

O tema polêmico já que mexe com funcionários de até 25 anos de Casa será enfrentado por Astro de Ogum. Segundo ele, cada caso será analisando e somente depois é que se planejará o cumprimento da decisão judicial.

“Minha equipe vai analisar caso por caso para depois sabermos o que faremos. Quero dizer para todos que faremos o melhor para todos”, disse Astro de Ogum.

O débito com a Previdência Social também é outro ponto que Astro de Ogum tentará resolver durante os seus dois anos de mandato. Há uma dívida de mais de R$ 55 milhões. O objetivo é negociar com o INSS para que os funcionários que se aposentem não tenham problemas.

O novo presidente da Câmara da capital maranhense garantiu ainda ao prefeito Edivaldo Júnior (PTC) que a relação entre o Legislativo e o Executivo será de respeito e cumplicidade a favor da população de São Luís.

Discursos – Além de Astro de Ogum, o ex-presidente da Casa, Isaías Pereirinha (PSL), também falou. Para ele, o fim de seu mandato é companhado com o sentimento de dever cumprido. Após 10 anos no comando da Câmara, Pereirinha diz que fez o plano de cargos, carreira e salários dos funcionários da Casa e também iniciou a negociação para a construção da nova sede do legislativo.

SAMPAIO 3 X 0 AMERICA-RN, VEJA OS GOLS

https://www.youtube.com/watch?v=mE-OHhEtW1s&feature=youtu.be

 

SEM ACORDO: GREVE CONTINUA

onibusFracassou mais uma tentativa de acordo entre a Prefeitura de São Luís e os sindicatos, tanto dos motoristas quanto dos empresários,  para por fim a greve dos motoristas e cobradores do transporte público da capital. A corda já está mais que esticada, e com certeza amanhã ela arrebenta, só ainda não se sabe para que lado.

Os empresários até ensaiaram uma saída de alguns ônibus, mas logo foram alertados por membros do sindicato dos motoristas que poderiam sofrer danos por parte de alguns integrantes insatisfeitos com a decisão da desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que formalizou o movimento grevista como ilegal.

A expectativa fica para amanhã onde acontecerá mais uma reunião na sede da SMTT com todos os interessados nessa queda de braços.

A GREVE AINDA NÃO ACABOU

ONIBUS-GREVECom a decisão  dada pela desembargadora Solange Cordeiro do TRT do Maranhão tornando a greve do transporte público ilegal, alguns jornalistas desavisados estão dizendo que a greve acabou e que os ônibus voltaram a circular. A verdade é que com esta decisão da desembargadora, foi colocada a condição de que os empresários poderão fazer contratações emergenciais de motoristas e cobradores, sob o risco de pagarem uma multa diária de 100 mil reais, caso não cumpram tal decisão. Desta forma, alguns empresários até tentaram colocar alguns ônibus para circular mas já estão sofrendo com ameaças do movimento grevista de quebradeira geral dos coletivos. Imediatamente os ônibus foram recolhidos novamente às suas garagens. Está marcada outra rodada de negociações para a tarde de hoje com todos os interessados na tentativa de uma solução definitiva.