EL PAÍS mostra pesquisa onde Flávio Dino fica em 3º lugar para Presidente

Governador Flávio Dino (PCdoB)

A aprovação do Governo de Jair Bolsonaro se mantém estável, sua reprovação caiu e, se as eleições fossem hoje, o presidente largaria na frente em todos os cenários. É o que mostra levantamento realizado pela consultoria política Atlas Político entre os dias 7 e 9 de fevereiro. A pesquisa aponta que, até o momento, os principais rivais de Bolsonaro são o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-juiz Sergio Moro. Sem o petista e o ministro da Justiça na disputa, o presidente aparece com 41% das intenções de voto, com larga distância entre o segundo colocado, o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 14% dos votos. Atrás deles estão o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), com 13%, e o governador de São Paulo João Doria (PSDB), com 2,5%.

A quantidade de eleitores indecisos ou que declararam voto branco ou nulo é expressiva, chegando a 27%. O percentual é muito próximo da realidade das presidenciais de 2018, quando essa faixa do eleitorado bateu 30%. Por outro lado, as abstenções diminuem significativamente quando Lula e Moro entram na disputa. Neste cenário, o total de votos brancos, nulos e indecisos fica em 9%. Bolsonaro e Lula brigam pelo primeiro lugar, com 32% e 28% das intenções de voto, respectivamente. Moro, que tem refutado oficialmente qualquer intenção de disputar a presidência como rival do atual presidente, segue logo atrás, com 20%, seguido de Huck (6%), Dino (3%) e Doria (0,6%). A pesquisa foi realizada na Internet via convites randomizados com 2.000 pessoas, entre os dias 7 e 9 de fevereiro, em todas as regiões do país. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

O cenário em que Lula disputa a eleição é meramente hipotético hoje. Condenado em segunda instância no processo do tríplex, mesmo solto desde novembro, o petista não pode se candidatar, já que se enquadra na Lei da Ficha Limpa. Seus advogados, no entanto, tentam anular a condenação, questionando a atuação do então juiz Sergio Moro no caso. O pedido começou a ser julgado no Supremo Tribunal Federal no ano passado, mas foi interrompido por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes. Caso a maioria dos ministros do STF decidam que Moro atuou de forma parcial, a condenação do ex-presidente no caso do tríplex volta à estaca zero, retornando para a primeira instância. Neste caso, Lula deixaria de ser ficha suja e estaria livre para se candidatar.

Em linhas gerais, a pesquisa do Atlas Político de agora mostra cenários bastante parecidos com o de 2018. Naquele ano, o PT lançou Lula candidato enquanto o petista ainda estava preso. Os levantamentos mostravam que ele liderava com folga em todos os cenários. Mas, impedido de disputar, o ex-presidente acabou substituído no último instante do prazo para o registro de candidaturas pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. As intenções de voto no “candidato de Lula” despencaram, mas ainda assim Haddad foi para o segundo turno. Bolsonaro foi eleito com 55% dos votos, contra 44% do ex-prefeito paulistano.

Esse cenário se repete nesta pesquisa. Se o segundo turno das eleições fosse hoje, um candidato apoiado por Lula —qualquer que fosse ele—também ficaria em segundo lugar nos dois cenários criados pelos pesquisadores. Contra Jair Bolsonaro (45%), um candidato apoiado por Lula teria 35% dos votos. O percentual do indicado pelo petista permanece parecido (36%) quando a disputa é contra Sergio Moro. O que muda, no entanto, é que o ministro ganharia com ainda mais folga, com 54% das intenções de voto.

Leia mais em EL PAÍS

Josimar Maranhãozinho mantém alinhamento com o Governo do Estado e reafirma parceria

Foto Divulgação

O deputado federal e presidente do PL no Estado, Josimar Maranhãozinho, acompanhado da esposa, a deputada estadual Detinha, esteve nesta sexta-feira (07), em um almoço com o governador Flávio Dino (PC do B), que aconteceu no Palácio dos Leões, em São Luís. Esteve presente na reunião, o Secretário de Articulação Política Rodrigo Lago.

Na ocasião, vários temas foram abordados, entre eles, as eleições de 2020, os cenários políticos estadual, municipal e nacional. Maranhãozinho deixou claro que, mantém a parceria com o governador Flávio Dino, e o PL e PC do B irão coligar em vários municípios. O parlamentar já demostrou que, o PL, com os seus deputados estaduais, federais e prefeitos vem contribuindo muito com Estado e que pode contribuir ainda mais com novas parcerias.

O encontro, que durou cerca de três horas, foi bastante positivo e fortalece ainda mais os dois lados.

Vídeo: Lula diz que apoia Flávio Dino para Presidente do Brasil em 2022

Governador Flávio Dino e o ex-presidente Lula

Em entrevista à TVT nesta quarta-feira (15), o ex-presidente Lula (PT) admitiu que pode apoiar o governador do Maranhão, Flávio Dino, a Presidente da República em 2022. Lula, no entanto, acha que Dino deve sair do PCdoB e se candidatar por outro partido.

“Admito, como não? O PCdoB já me apoiou quatro vezes. A dificuldade que não tenho de responder uma pergunta dessas e eu não tenho mais é que se você tiver um jornalista em um jornal qualquer que vá assistir o programa, vai dizer: ‘Lula vai apoiar Flávio Dino’. Eu gosto do Flávio Dino, acho ele uma figura competente, um companheiro da maior lealdade comigo em todo os meus processos, eu tenho por ele um apreço extraordinário. Agora veja, o PT é um partido muito grande comparado ao PCdoB”, afirmou Lula ao jornalista Juca Kfouri .

Questionado se Dino teria dificuldades de se eleger pelo PCdoB, Lula respondeu: “É difícil, e o Flávio Dino sabe disso”.

Confira no vídeo a seguir.

Do Blog do John Cutrim

G1: Maranhão fica novamente entre os governos mais eficientes do Brasil

Governador Flávio Dino (PCdoB)

A pesquisa anual do site G1 mostra novamente o Maranhão entre os dois governos mais eficientes de todo o Brasil. O G1 é o portal da Rede Globo e faz esse levantamento desde o fim de 2015.

O ranking avalia os compromissos de campanha e as promessas feitas por cada governante antes de assumir o cargo.

Neste caso, a avaliação se refere ao primeiro ano de mandato dos governantes eleitos ou reeleitos em 2018 e que tomaram posse em 2019.

De acordo com o G1, o governador Flávio Dino já cumpriu em 2019 ou está cumprindo 70% das propostas feitas em sua campanha de reeleição. Isso coloca o Maranhão como um dos dois mais eficientes do país, ao lado do Ceará, com 74%.

O índice obtido pelo Maranhão é melhor do que o conseguido no primeiro ano do primeiro mandato de Flávio Dino. Em 2015, a taxa de eficiência tinha sido de 59%.

Como aconteceu em 2019, o Maranhão também estava entre os dois melhores em 2015. E, nos anos seguintes, até o fim do primeiro mandato, assumiu a liderança.

Como muitas das propostas de governo de Dino já estão encaminhadas ou prontas para ser executadas, a tendência é que o índice melhore significativamente na próxima avaliação.

Promessas cumpridas

Entre as ações colocadas em prática pelo governador estão a ampliação do programa Mais IDH, que atende os municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano. Também ampliou o Travessia, programa que oferece transporte gratuito para pessoas com deficiência em 29 cidades do estado.

O governador manteve o Orçamento Participativo no estado. Em cinco anos, está prestes a chegar a mil obras entregues na Educação, entre novas escolas e reformas, além de criar laboratórios regionais de ciências.

Veja aqui a avaliação feita pelo G1

Tachado de ‘ateu’ por Marco Feliciano, Flávio Dino reage: ‘obscuro parlamentar’

Deputado Marco Feliciano e o governador Flávio Dino

O deputado federal Marco Feliciano (sem partido – SP) não gostou das especulações de que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), estaria articulando uma chapa com Luciano Huck. Desde meados de 2016 que o apresentador da Globo passou a ser cotado para disputar a presidência. Já Dino, um dos governadores mais bem avaliados do país, vem sendo considerado um nome cada vez mais importante para o próximo pleito.

Aliado e possível vice na chapa de Bolsonaro em 2022, Feliciano acusou Huck, que de comunista não tem nada, e Dino, que é do PCdoB, de ateus. “A Coluna do Estadão noticia que Luciano Huck – o empregado que a Globo LIXO escalou para tentar tomar o poder em 2022 – quer o comunista Flávio Dino para ser seu vice-presidente. Velho ditado: dize-me com quem andas, e eu te direi quem és. Comunistas são ateus!”, disparou.

Flávio Dino respondeu:

Um obscuro parlamentar resolveu desrespeitar a minha fé. Sou católico, mas respeito todas as correntes religiosas. E obedeço à laicidade do Estado. O parlamentar está precisando ler a Bíblia e a Constituição“.

A coluna citada por Feliciano especula que Huck estaria se aproximando não só de Dino, mas também de outros governadores nordestinos de esquerda, como Camilo Santana (PT-CE) e Paulo Câmara (PSB-PE). A possibilidade de uma aliança entre o governador do Maranhão e o apresentador da Globo começou a ser aventada nos últimos dias pelo jornalista Ricardo Noblat.

Huck e Dino se encontraram recentemente em dois eventos, um na Fundação Estudar e outro na Casa das Garças, e que depois disso Huck telefonou para o governador, mas que em nenhum desses momentos eles conversaram sobre eleições.

O deputado federal Marcos Feliciano foi expulso do Podemos por infidelidade partidária e por infração ética e moral. O deputado violou as regras de fidelidade por ter feito campanha para Jair Bolsonaro nas eleições de 2018, ignorando o candidato do partido, senador Alvaro Dias (PR).

Do Blog do John Cutrim

Com Escola Digna, Maranhão está prestes a chegar a mil obras na Educação

Iema de Cururupu está entre as quase mil obras realizadas na Educação (Foto: Divulgação)

Após cinco anos, o programa Escola Digna está prestes a chegar a uma marca histórica no Maranhão: mil obras na Educação. São novos colégios, unidades do Farol do Saber, escolas integrais e outras entregas.

É um programa vitorioso. Nós vamos comemorar, agora no começo de 2020, mil obras no nosso Estado, abrangendo escolas novas, reformas de escolas, equipamentos, escolas de tempo integral, que serão ampliadas no próximo ano. Teremos novos Institutos de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) também”, afirma o governador Flávio Dino.

Atualmente, são 49 escolas com educação em tempo integral no Maranhão, sendo 36 Centros Educa Mais e 13 Unidades Plenas do IEMA, que oferece ensino profissionalizante.

Em 2020, mais 25 escolas em tempo integral serão integradas à rede, sendo 33 Centros Educa Mais e dois IEMAs (IEMA Rio Anil e o IEMA de São Vicente Ferrer).

Além disso, dois Centros Educa Mais atualmente existentes serão transformados em unidades do IEMA, pelo perfil de suas comunidades escolares: o Bacelar Portela e o Gonçalves Dias.

Ensino com dignidade

O Maranhão vem entregando novas Escolas Dignas – construídas, reconstruídas e reformadas – praticamente todas as semanas.

Muitas delas não tinha condições mínimas para o ensino. Até banheiro faltava. Em alguns casos, nem parede tinham.

Uma das inaugurações mais recentes foi a José Egídio Quintal Filho, Plano da Serra – Vila do Açaí, em Açailândia. Agora, ela tem condições para receber pessoas com deficiência. “Então, essa é uma escola democrática, é para todos”, diz o professor José Freitas.

A aluna Milena Brandão disse que “essa escola é muito bonita, diferente das outras. Ela é nova, confortável, eu estou me sentindo bem”. A colega Ana Júlia Carvalho também aprovou: “Estou muito feliz com essa escola nova. Ela é muito boa. A gente vai até estudar mais”.

Resultados

A nota das escolas estaduais do Maranhão já melhorou desde 2015. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) passou de 2,8 para 3,4 entre 2013 e 2017.

Quando assumimos, o índice estava em queda. Temos uma trajetória hoje ascendente. Nossa expectativa é que, em 2020, quando for divulgado o novo Ideb, o Maranhão tenha crescido ainda mais”, diz o governador Flávio Dino.

Governador antecipa salários dos servidores estaduais para para sexta (27)

Governador Flávio Dino

Os vencimentos dos servidores do Governo do Maranhão, relativos a dezembro de 2019, serão pagos nesta sexta-feira, dia 27. Com isso, completamos 60 meses seguidos com pagamentos antecipados e todos os 13º dos servidores devidamente quitados.”

Foi o postou o governador Flávio Dino, nas redes sociais  nesta segunda-feira (23). A segunda parcela do 13º salário foi paga no último dia 12.

Para ter acesso à versão digital do contracheque é só clicar em www.portaldoservidor.ma.gov.br/portal. Para fazer login no Portal, é necessário possuir senha cadastrada.

Natal: sobre todas as coisas, o Amor

Foto Divulgação

Por Flávio Dino

Neste período do ano, em que comemoramos o Natal, devemos ser tomados pela combinação de esperança e amor, que revelam o verdadeiro significado desta data. É uma oportunidade de rememorarmos o maior ato de amor de Deus pelo seu povo: o nascimento de Jesus Cristo, uma Vida em favor de cada um de nós. Cristo e seus exemplos, deixados por meio da Bíblia e da história, nos ensinam que os maiores de todos os mandamentos são amar a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmos (Lc 10).

Por isso, o Natal é, sobretudo, um tempo de olharmos para o outro de modo que percebamos a importância de nossos atos individuais quando vivemos em sociedade. Especialmente em tempos em que algumas autoridades revelam tanta intolerância e insensatez, é fundamental exercitarmos sentimentos bons, que nos elevam e nos ajudam a transformar o mundo e vislumbrar dias melhores. É o que temos buscado fazer por nosso estado.

Ao refletir sobre o longo caminho percorrido nesse processo de construção de um Maranhão melhor para todos, sinto profunda gratidão. Em primeiro lugar, a Deus pela oportunidade de cuidar das pessoas que aqui vivem, missão a qual me empenho diariamente para cumprir com zelo. Ao povo, que depositou em mim a sua confiança, permitindo-me assumir o desafiador trabalho de administrar este estado. E agradeço, especialmente, à minha equipe e aos servidores públicos estaduais do Maranhão que, de mãos dadas, têm nos ajudado a mudar os rumos de nossa história, resgatando a dignidade de nosso povo e garantindo direitos.

Este é o 5º Natal que eu e minha família celebramos em meio a essa dura missão de enfrentar um dos momentos econômicos mais difíceis de nosso país. Vencemos até aqui, mas as batalhas continuam. A cada novo dia, renovamos a nossa fé, a nossa esperança e, sobretudo, o nosso amor pelas pessoas, mantendo-nos com os olhos firmes na tarefa que nos foi confiada. Como o apóstolo Paulo nos ensinou: “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.” (1 Co 13:13). Feliz Natal a todos!

Governador anuncia que pagará 13º salário dos servidores na próxima quinta (12)

Governador Flávio Dino (PCdoB)

O governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) disse nesta segunda-feira (09), que vai pagar o 13º salário do funcionalismo público na próxima quinta-feira (12).

Para ter acesso à versão digital do contracheque é só clicar em www.portaldoservidor.ma.gov.br/portal. Para fazer login no Portal, é necessário possuir senha cadastrada.

Deputados terão direito a R$ 4 milhões em emendas no próximo ano

Deputado Rafael Leitoa

O relator do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2020 do Gover­no do Maranhão, deputado Carlinhos Florêncio (PCdoB), anunciou ontem (4), durante sessão na Assembleia Legislativa, a abertura de prazo de três sessões para que os parlamentares apresentem suas emendas à peça encaminhada pelo Executivo.

A proposta tramita na Casa desde o mês passado, e ainda está em discussão na Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle, da qual o parlamentar comunista é presidente.

Segundo ele, cada deputado terá direito a indicar R$ 4 milhões em emendas – o valor ainda pode chegar a R$ 4,15 milhões, segundo informação do líder do governo, Rafael Leitoa (PDT).

O que os deputados se questionam é: em 2020 o governador vai pagar as emendas?

Fonte: Blog do Gilberto Leda