Fábrica São Braz fecha as portas e deixa trabalhadores ‘a pão e vinho’

Foto Reprodução

Cerca de cento e cinquenta trabalhadores, entre contratados e prestadores de serviços, foram dispensados na última segunda-feira (20) pelo dono da fábrica São Braz, localizada em São Luís.

Sem direito a nada (até o momento), os demitidos foram surpreendidos ao serem convocados à assinarem uma dispensa sem aviso prévio e sem saber como e quando vão receber seus vencimentos atrasados, rescisões e tudo que têm direito.

Segundo foi denunciado ao Blog, a empresa detentora de vendas da Vodka Braslova, Coquetel São Braz, Três Coroas, Chave de Ouro, entre outras, deve fornecedores, funcionários e de uma forma repentina anunciou falência.

Preocupados com a situação, trabalhadores estão tentando contato com a direção e RH da empresa mas não são atendidos. Há rumores de que o proprietário, Girnaldo Braz, que também não atende as ligações, estaria planejando deixar o país sem pagar os benefícios aos demitidos, além dos demais credores.

O grupo deve procurar a Justiça do Trabalho caso ninguém da São Braz se manifeste.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>