Uma avaliação triste, mas necessária

Governador Flávio Dino

O governador Flávio Dino acertou em muitas políticas públicas no Estado do Maranhão, saúde, educação, rodovias, segurança alimentar e assistência social, são exemplos de compromisso de um governante com o povo. Mas, no saneamento básico e na CAEMA, pois cruz credo, só faltou deixar a empresa estadual de saneamento ser acabada. Até a SEDES- Secretaria de Desenvolvimento Social e a SAF- Secretaria de Agricultura Familiar fizeram mais poços profundos que a CAEMA.

Para piorar não concluiu as obras de esgotamento sanitário de São Luís deixadas inconclusas do governo de Roseana Sarney. Além de importantes Obras de abastecimento de água em Pinheiro e Chapadinha e os Kits sanitários do Mais IDH que eram 6 mil em 30 cidades, (200 por municípios), o governo reduziu para 3 mil e o André dos Santos Paula não construir 1 mil e dos entregues uma boa parcela foi com inadequações.

O legado de Flávio Dino na CAEMA é um legado de passivos trabalhistas e de desmonte da empresa levado a cabo pelo André dos Santos Paula que arrota por todos os cantos ser a pessoa de maior poder no governo de Flávio Dino, o cara pensa que a CAEMA foi dada para ele pelo governador. Pois tem total apoio do Flávio Dino até para exonerar aqueles que criticam a sua gestão, não por acaso é conhecido como “o Bolsonaro do Flávio Dino na CAEMA.”

Não digo isso com alegria, pois tenho estima pelo Flávio Dino e reconheço sua importância para a esquerda maranhense e brasileira. No entanto, não posso me calar diante da convivência do Flávio Dino com práticas autoritárias e de desprezo pela coisa pública.

A CAEMA é um patrimônio público do povo maranhense e não aceitei no passado que governantes a destruísse, não é por que o governador é de esquerda que irei prevaricar.

Salve a CAEMA, água é vida e esgotamento sanitário, é saúde pública e defesa do meio ambiente.

Marcos Silva, em 23 de Janeiro de 2022.

Um comentário em “Uma avaliação triste, mas necessária”

  1. Carlos

    4 meses atrás  

    Perfeito, a palavras do Marcos Silva descreve bem o que aconteceu na caema com o governo Dino,

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>