Imagem de Presidente da Agerp com Lula, traz boas lembranças de quando a agricultura familiar era valorizada no Brasil

Foto Divulgação

“De mãos Dadas e olhando para o futuro. Lula é hoje, de novo, a melhor opção para o Brasil”.

A frase dita pelo presidente da Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural, Júlio Mendonça, resume bem o sentimento do povo Maranhense, que em sua grande maioria enxerga o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, como a força capaz de unir os brasileiros e liderar a reconstrução do país.

A presença do presidente da Agerp, no tão disputado jantar de ontem, 19 de Agosto, no Palácio dos Leões, chamou atenção porque a sua imagem atrelada as causas rurais nos faz lembrar e refletir em como o Brasil, com Lula na presidência, foi capaz e pode novamente vencer a fome. Afinal, parte da ampla política de proteção social do governo Lula, foi justamente a valorização da agricultura familiar, responsável pela produção da maior parte dos alimentos que vão para a mesa do brasileiro.

Para se ter uma ideia de como os produtores rurais foram abandonados por Bolsonaro, basta olhar para os números do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Enquanto em 2012 foram investidos R$ 587 milhões no PAA, gerando a compra de mais de 297 mil toneladas de alimentos para combater a fome, em 2019, primeiro ano de desgoverno Bolsonaro, esses números caíram para R$ 41,3 milhões e 14 mil toneladas.

Em algumas redes sociais, Júlio Mendonça, disparou um texto falando sobre como Lula conseguiu diminuir  a injustiça social

Veja

Ontem estive no Palácio dos Leões, durante um jantar, com o governador Flávio Dino, colegas secretários, deputados e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que veio ao Maranhão cumprir agenda política. Aproveitei a oportunidade para reiterar meu apoio ao ex-presidente Lula, por projetar um país melhor e por acreditar que esse é o melhor caminho para o desenvolvimento do Maranhão.

Na minha avaliação, não existe nada mais antiético em um país do que a injustiça social. Qual o governo que sempre tomou medidas e adotou práticas, programas que façam com que a injustiça social diminua? Falo com convicção que foi o Lula. Esse sim é o divisor de águas da ética. Combater a corrupção é obrigação.

Estarei trilhando no caminho certo. Juntos somos fortes. #Abaixadavemforte

Júlio Mendonça- Presidente da Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>