Eliziane Brigou por vaga na CPI do Covid, mas se calou quando seu esposo bebeu Whisky e aglomerou em festa no interior

Foto Reprodução

Na ocasião da eleição para presidente e vice e escolha do relator, estava presente a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA). Na reunião, ela rebateu um comentário do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) sobre a participação das mulheres na CPI.

“Acho que as mulheres já foram mais respeitadas e mais indignadas, não é? Estão fora da CPI, não fazem nem questão de estar nela e se conformam em acompanhar os trabalhos a distância”, disse o senador.

Em resposta, Eliziane disse que as senadoras não vão admitir “ironia machista”: “Eu não admito isto, senador Flávio: questionar a nossa indignação! Nós nos indignamos diante de todos os fatos que estão postos na sociedade brasileira”, reforçou a parlamentar.

Eliziane se calou quando o marido aglomerou e bebeu Whisky em festa no interior

O empresário e marido da senadora Eliziane Gama (Cidadania), deu início a sua campanha para se tornar deputado estadual em 2022. Apesar do pleito estadual está meio distante, ele resolveu aparecer em show de forró do cantor Ávine Vinny, no município de Peritoró, ontem, (02).

A festa estava sendo realizada em comemoração à vitória do prefeito.

Durante apresentação do cantor, o então prefeito eleito da cidade, Dr. Júnior (PP), utilizou o microfone para anunciar a presença do marido da senadora no palco.

Inácio Melo foi anunciado como futuro deputado estadual. Sem usar máscara, o empresário começou a fazer o seu discurso político, já visando a sua candidatura em 2022 .

Em um péssimo exemplo, Inácio Melo parece ter ignorado o discurso da sua esposa, a senadora Eliziane Gama, que usa todos os dias as suas redes sociais e meios de comunicação para defender o uso da mascara e criticar as aglomerações “promovidas” por Bolsonaro.

Fonte: Weberth Saraiva

Um comentário em “Eliziane Brigou por vaga na CPI do Covid, mas se calou quando seu esposo bebeu Whisky e aglomerou em festa no interior”

  1. Jaci

    1 ano atrás  

    Imagine se ela fosse ao menos, suplente da CPI…
    Esbraveja pra formar plateia, mas o povo sabe que ela não impõe credibilidade.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>