COVARDES?! Eliziane e Roberto Rocha ficam mudos após decisão do ministro Edson Fachin

Blog do Domingos Costa vasculhou todas as redes sociais dos senadores maranhenses Eliziane Gama (Podemos) e Roberto Rocha (PSDB) e não encontrou nenhum posicionamento público dos políticos sobre a decisão do Ministro do STF Edson Fachin que anulou nesta segunda-feira (08) todos os atos processuais envolvendo o ex-presidente Lula na Lava Jato de Curitiba que torna o petista elegível segundo a Lei da Ficha Limpa.

A decisão de Fachin muda completamente o cenário da política estadual, vez que o governador Flávio Dino (PCdoB) se torna favorito para ser o companheiro de chapa de Lula nas eleições de 2022. E, se concretizado os prognósticos, Dino não irá disputar vaga no Senado Federal dessa forma abrindo espaço para políticos locais.

Esperava-se um posicionamento dos políticos de destaque no Maranhão, porém, dos três senadores locais apenas um se manifestou: Weverton Rocha. Por meio das redes sociais, o pedetista disse que a justiça está sendo reposta com a decisão do ministro Edson Fachin de anular as condenações do ex-presidente Lula.

“As decisões erráticas do ex-juiz Sérgio Moro foram aberrações jurídicas, com cunho político, que levaram o país ao caos.” disse.

De outo modo, em cima do muro estão Eliziane Gama e Roberto Rocha. A primeira nada disse pelo fato de ser evangélica e entende que entre a classe existe uma preferência pelo presidente Bolsonaro em detrimento de Lula. Já o segundo, aliado do ‘bolsonarismo’ nada disse porque sabe que no Maranhão o ex-presidente petista possui grande popularidade.

Embora mudos, ambos sabem que em momentos decisivos da política seja municipal, estadual ou nacional, não existe espaço para covardes…

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>