Após ameaças de vandalismo, Seic vai intimar antifascistas de SLZ

Foto Reprodução

O secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, informou hoje (2) ao Blog do Gilberto Léda que a Superintendência de Investigações Criminais (Seic) vai intimar membros da “Frente Antifascista SLZ” a prestarem esclarecimentos sobre diálogos que sugerem um panejamento de ataques a estabelecimentos privados em São Luís durante protesto.

Segundo Portela, as intimações serão expedidas com base na decisão do juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, que proíbe aglomerações nesse período de pandemia do novo coronavírus, e no artigo 268 do Código Penal, que considera crime a infringir determinação do poder público destinada a barrar a propagação de doença contagiosa.

Tomei conhecimento e determinei providências ao senhor Delegado Geral, que determinou a Seic a expedição das intimações respectivas, com base na determinação judicial que proíbe quaisquer aglomerações e no artigo 268 do Código Penal”, destacou.

O caso foi revelado com exclusividade na manhã de ontem (reveja) e, após a divulgação, o grupo emitiu nota negando que houvesse real intenção de promover quebra-quebra e atribuindo a “falas individuais” as menções à utilização de coquetéis molotov, e a ataques a bancos, escola, restaurantes e shopping (saiba mais).

Do Blog do Gilberto Léda

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>