São Domingos e Sindicato dos Hospitais pedem que governador decrete Lockdown

O Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde de São Luís, entidade que representa os estabelecimentos privados de saúde, e o Hospital São Domingos divulgaram, nesta quarta-feira (29), documentos nos quais solicitam que o governador Flávio Dino (PC do B) decrete lockdown (fechamento total de atividades) na capital maranhense.

A medida visa fortalecer o isolamento social e evitar um crescimento ainda maior do número de casos de pessoas contaminadas pelo Novo Coronavírus (COVID-19).

O São Domingos informou que está operando no limite de ocupação de leitos de UTI destinados a pacientes com a doença.

Já o SINDHOP afirmou que os números atuais de pessoas infectadas fizeram com que os estabelecimentos privados de saúde ultrapassassem a capacidade de atendimento especializado.

Ontem, através de boletim epidemiológico atualizado, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou que chegou a 100% a taxa de ocupação de leitos de UTI na rede estadual.

Dino, em recente entrevista coletiva, sugeriu estar próximo de decretar o fechamento total das atividades na região metropolitana de São Luís.

No entanto, trabalha com a possibilidade de fazê-lo somente a partir do dia 05 do próximo mês.

Um comentário em “São Domingos e Sindicato dos Hospitais pedem que governador decrete Lockdown”

  1. Valerio Freitas

    2 anos atrás  

    Quanto mais a epidemia evoluir aqui neste estado, mas esse governo fascista mama das tetas do governo federal! A pandemia faz bem aos bolso dele.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>