Hospital São Domingos é condenado por exigir caução para internação

Hospital São Domingos em São Luís

Decisão da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) enfatizou o entendimento de que é pacífico, tanto na corte estadual quanto nos tribunais superiores, que a exigência de cheque como forma de caução para atendimento médico-hospitalar de urgência/emergência configura ato ilícito. Baseado nisso, o órgão manteve a condenação de indenização de R$ 5 mil, a título de danos morais, a ser paga pelo Hospital São Domingos a uma paciente.

O hospital pediu a reforma da decisão, alegando que a paciente emitiu os títulos, sabendo que não possuía fundos para cobrir os cheques. Afirmou, também, que a autora da ação não se encontrava em risco de morte, não estando ela em situação emergencial.

O desembargador Jaime Ferreira de Araujo (relator) disse que, apesar das argumentações no recurso, o agravante não apresentou razões aptas a dar motivo à retratação pedida. Afirmou que o cerne da questão gira em torno da possibilidade ou não da condenação por danos morais pela apresentação de cheque caução para atendimento emergencial pelo hospital.

O relator verificou nos autos que a autora da ação juntou comprovante de residência de sua mãe, carteira de identidade para comprovar a filiação, relatório médico e dois cheques no valor de R$ 10 mil.

Para o desembargador, o hospital agiu com imprudência, ao solicitar os cheques como forma de caução para atendimento/internação da mãe da autora em regime de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O magistrado citou trechos da sentença de origem, segundo a qual, de acordo com relatório médico, a paciente foi considerada grave, admitida com quadro de insuficiência respiratória e outros diagnósticos que indicaram a necessidade de vaga em UTI.

A sentença de origem disse não restar dúvida de que a empresa ré deve ser obrigada ao pagamento de indenização a título de danos morais, afirmando ser pacífica, inclusive, a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesse sentido.

Os desembargadores Paulo Velten e Luiz Gonzaga também negaram provimento ao recurso do hospital.

Edivaldo entrega Centro de Saúde do Quebra Pote totalmente reformado

Foto Reprodução

O prefeito Edivaldo Holanda Junior reinaugurou, nesta terça-feira (18), o Centro de Saúde do Quebra Pote que passou por uma reforma estrutural e ganhou novas instalações, ampliando a capacidade de atendimento na atenção básica às comunidades do bairro e do entorno. Esta é a quarta unidade de saúde entregue dentro de um amplo pacote de reformas iniciadas no segundo semestre de 2019 em mais de 20 unidades de saúde. Na semana passada, dia 11, o prefeito Edivaldo reinaugurou a Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney. As requalificações integram o eixo do de reestruturação da rede municipal de saúde do programa São Luís em Obras.

Durante a vistoria do Centro de Saúde do Quebra Pote, o prefeito Edivaldo reafirmou que nos próximos meses novas unidades de saúde serão entregues. “Estamos executando o maior programa de reformas estruturais da rede de saúde de São Luís, por meio do programa São Luís em Obras. Estas reformas reforçam o trabalho que venho executando desde minha primeira gestão para reestruturar toda a rede de saúde municipal desde a atenção básica até as unidades de maior porte. Hoje, estamos entregando o Centro de Saúde do Quebra Pote totalmente reformado e com a capacidade de atendimento ampliada. Na semana passada entregamos a Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney e seguiremos com este mesmo ritmo nos próximos meses para melhorar e ampliar o atendimento em saúde da população”, disse o prefeito.

Foto Reprodução

O chefe do executivo municipal compareceu à reinauguração do Centro de Saúde do Quebra Pote acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda; do vice-prefeito, Julio Pinheiro; dos secretários municipais de Saúde, Lula Fylho; Relações Parlamentares, Nonato Chocolate; Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues; do vereador Genival Alves; e de lideranças comunitárias.

O vice-prefeito, Julio Pinheiro, destacou que as várias frentes de obras na área da saúde vão garantir um serviço mais amplo à população. “As unidades de saúde estão sendo requalificadas e isso representa melhoria na qualidade do atendimento, pois com uma estrutura mais ampla e adequada os profissionais podem fazer diagnósticos mais rápidos e de forma mais precisa. Isto é um grande benefício para a população”, afirmou.

Reforma

Foto Reprodução

O Centro de Saúde do Quebra Pote, fundado em 1992, passou por uma restruturação completa. Foram executados serviços de reforma do telhado e piso. As instalações elétricas e hidrossanitárias foram substituídas, além dos equipamentos e tubulações que servem aos consultórios médicos. O centro também foi totalmente climatizado. A unidade conta com duas equipes de Saúde da Família, serviço de Odontologia e equipe de multiprofissionais que atuam por escala. No local, a estrutura elétrica antiga dificultava os atendimentos. A completa reestruturação vai possibilitar melhor funcionamento do espaço, que tem capacidade técnica para acompanhar oito mil pessoas.

A reforma incluiu também a modernização da unidade que agora passa a contar com prontuário eletrônico, que irá agilizar a marcação de consultas e exames. A sala de imunização foi informatizada e vai garantir um acompanhamento mais eficaz do cumprimento do calendário vacinal das crianças.

O secretário Municipal de Saúde, Lula Fylho, informou que todas as unidades que integram o pacote de obras em execução receberão melhorias estruturais e serão modernizadas. “Toda a estrutura física das unidades está sendo reformada, os equipamentos e mobiliários danificados estão sendo substituídos e os setores informatizados. É um programa macro de reestruturação que está permitindo ampliar o atendimento e diminuir o tempo de espera nas unidades”, afirmou.

Aprovação 

Foto Reprodução

O Quebra Pote é uma comunidade da zona rural de São Luís, distante cerca de 20 km do Centro da capital, por isso, a reinauguração do centro de saúde da localidade foi motivo de muita alegria. A aposentada Lucila Ramos, 68 anos, disse que a reforma do local foi um grande benefício para a população. “A gente pode fazer todos os atendimentos aqui mesmo mais perto de casa e isso facilita muito a nossa vida. Sou muito grata ao prefeito Edivaldo, que esteve na nossa comunidade, ouviu nossa reclamação e nos atendeu. Essa reforma vai trazer muitas coisas boas para a gente”, disse.

O Centro de Saúde do Quebra Pote vai beneficiar também as comunidades do entorno. A dona de casa Ana Maria Ferreira, 54 anos, moradora do Arraial, localidade vizinha, disse que se sente aliviada por não precisar mais sair da região em busca de atendimento médico. “Para consultar ou marcar um exame no Centro eu tenho que sair de casa de madrugada, pegar o primeiro ônibus, que sai 5h30 da manhã. Isso é muito cansativo para a gente porque é tudo muito longe. Agora não teremos mais esse problema“, comemorou.

Pacote de Obras 

A reinauguração do Centro de Saúde do Quebra Pote faz parte de um pacote de reformas que estão sendo executadas em mais de 20 unidades de saúde de São Luís, contemplando desde a atenção básica até as unidades de maior porte, incluindo outros equipamentos da área como a Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e Escola Técnica do SUS. Os trabalhos integram o programa São Luís em Obras.

Na semana passada, dia 11, o prefeito Edivaldo reinaugurou a Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney. Ainda em 2019 foi reinaugurado o Centro de Saúde Genésio Ramos, que passou por uma reforma completa, incluindo a ampliação da estrutura física e a aquisição de novos equipamentos. Também já foram entregues alas do Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II) que foram reformadas bem como a Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde.

Empresa Guanabara promove ‘Carnavou’ na Rodoviária de São Luís

Terminal Rodoviário de São Luís

Nos dias 21 e 22 de fevereiro de 2020, sexta e sábado de carnaval, das 9h às 18h, a empresas de ônibus Expresso Guanabara realiza uma ação no Terminal Rodoviário de São Luís para animar os passageiros que irão viajar no período de carnaval.

O “Carnavou”, contará com DJ tocando diversos hits de carnavalescos, com muita alegria e descontração. A ideia é que foliões entrem no clima de festa e viajem com alto astral.

Além do espírito festivo, a ação terá também um caráter educativo, com a distribuição de preservativos,  aferição de pressão arterial e orientações de como aproveitar a folia com saúde e segurança.

O “Carnavou” ocorre concomitantemente nas rodoviárias de Fortaleza, Teresina, Salvador, Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Uberaba, Belo Horizonte e Juiz de Fora.

Ex-prefeita de Serrano do Maranhão é condenada por fraude em licitações

Maria Donária Rodrigues, ex-prefeita de Serrano do Maranhão

O Poder Judiciário condenou a ex-prefeita de Serrano do Maranhão, Maria Donária Rodrigues, à pena de quatro anos de prisão, sendo um ano e meio de reclusão e dois anos e meio de detenção, pena a ser cumprida em regime inicialmente aberto; bem como ao pagamento de multa no valor de R$ 27.642,45 (Vinte e sete Mil, seiscentos e quarenta e dois reais e quarenta e cinco centavos). Além da ex-gestora, figuraram como réus no processo Erenilde Pinto Ferreira, Rosane Rodrigues Cadete e Iracema Pinto de Abreu, estes na qualidade de membros da Comissão de Licitação, nomeados pela ex-prefeita, e Hilquias Araújo Caldas, na qualidade de contratado pela acusada Maria Donária Moura Rodrigues como prestador de Serviço de Consultoria Técnica de Licitações. A sentença foi proferida pelo juiz Douglas Lima da Guia, titular de Cururupu.

A sentença é resultado de ação penal movida pelo Ministério Público Estadual, na qual acusou os réus de fraudarem o caráter competitivo do procedimento licitatório Concorrência nº 008/2014 com finalidade de beneficiar a empresa MALTA CONSTRUÇÕES LTDA, de propriedade do acusado Raimundo Nonato Do Val Filho, com a adjudicação do objeto da licitação. Narra a ação que, durante os anos de 2013 a 2016, os denunciados, sob o comando da primeira denunciada, associaram-se em quadrilha visando ao cometimento de crimes, fraudando procedimentos licitatórios e apropriando-se de recursos estaduais recebidos pelo Município de Serrano/MA, mediante convênios ou repasse com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – SEDES.

O MP destacou que o objeto da licitação era é a contratação de empresa de engenharia especializada para executar os serviços de recuperação de estrada vicinal entre a sede e o povoado Pindobal no município de Serrano do Maranhão, no valor de R$ 552.849,00 (quinhentos e cinquenta e dois mil, oitocentos e quarenta e nove reais), com o intuito de obter, para a empresa Malta Construções Lida, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação. Em contestação, os acusados integrantes da comissão de licitação, bem como a ex-prefeita, alegaram que não ficou comprovado no processo a prática dos fatos típicos a eles atribuídos, bem como a não restou demonstrada a caracterização do dolo específico ou associação criminosa, requisitos necessários para a condenação por eventual crime licitatório e pelo crime de associação.

Entretanto, o Judiciário entendeu ser procedente a denúncia. “Assim, tenho que a denúncia é apta vez que bem individualiza a conduta dos réus, expondo de forma pormenorizada o fato criminoso, tanto que lhes facultou o amplo exercício de suas defesas em juízo na amplitude que lhes é garantida pela Carta Magna, preenchendo, assim, os requisitos do artigo 41 do Código de Processo Penal, razão pela qual rejeito a preliminar de inépcia da inicial”, fundamentou Douglas Lima da Guia. E segue: “O delito do art. 90 da Lei n.º 8.666/93, correspondente a frustrar ou fraudar o caráter competitivo de procedimento licitatório, com o intuito de obter para si ou para outrem vantagem decorrente da adjudicação de bem, é de natureza formal, não exigindo, para sua configuração, resultado naturalístico consistente em prejuízo para a Administração ou obtenção efetiva de vantagem ao agente”.

Comprovação – A sentença relata que, a partir dos elementos de provas produzidos, de fato, tem razão o Ministério Público, haja vista demonstrarem que fora fraudado o caráter competitivo de procedimento licitatório. E cita: “O primeiro fato que demonstra a ocorrência da fraude revela-se nas diversas irregularidades constatadas pelo Parecer Técnico n°. 249/2016 – AT produzido pela Assessoria Técnica da Procuradoria-Geral de Justiça, a saber: Inexistência de aviso de licitação, em desacordo com o art. 21 da Lei n°. 8.666/96; Inexistência do comprovante da publicação em jornal de grande circulação no Estado e também, se houver, em jornal de circulação no Município ou na região onde será realizada em desacordo ao art. 21, 111, da Lei n°. 8.666/93; Inexistência de parecer jurídico em desacordo ao art. 38 da Lei n°. 8.666/93, dentre outras”.

A sentença cita, ainda, sobre a inexistência de documento de publicação do extrato do contrato em desacordo ao art. 61 da Lei n°. 8.666/93 (Lei de Licitações), a ausência de assinatura da Presidente da Comissão Permanente de Licitação no Edital de licitação, bem como ressalta que valor do contrato com a empresa Malta Construções Ltda foi superior ao valor constante do Edital de licitação, e, por fim, que a MALTA CONSTRUÇÕES LTDA – ME, foi a única empresa a apresentar proposta de preço, em desacordo ao previsto no art. 37 da Constituição. “Para tanto, basta a frustração do caráter competitivo do certame, donde é descabida qualquer alegação de que não houve prejuízo ao erário, ainda que a proposta vencedora tenha fixado valor abaixo daquele fixado pelo orçamento público”, frisou o juiz.

E, por público, consideram-se as licitações e os contratos celebrados pela União, Estados, Distrito Federal, Municípios, e respectivas autarquias, empresas públicas, sociedades de economia mista fundações públicas, e quaisquer outras entidades sob seu controle direto ou indireto (…) Ou seja, a consumação ocorre com o mero ajuste, combinação ou adoção de outro expediente, independentemente da adjudicação ou obtenção da vantagem econômica, os quais constituem, a meu sentir, fase de exaurimento (…) Por igual, a efetiva realização da obra/prestação do serviço, independente da qualidade desta, não retira a materialidade delituosa em apreço, na medida em que o bem jurídico protegido é a impessoalidade, da qual decorre o caráter competitivo da licitação”, finalizou o magistrado.

A Justiça concedeu à Maria Donária o dispositivo de substituição da pena privativa de liberdade pela pena restritiva de direito, consistente nas modalidades previstas no Código Penal, a saber: prestação pecuniária, devendo a ré depositar a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), em conta judicial, nos termos da resolução do CNJ de n.º 154 de 13 de julho de 2012, a ser destinada às entidades públicas, sem prejuízo do pagamento de outras penalidades eventualmente já aplicadas; e prestação de serviços à comunidade ou à entidade pública, de modo que a pena restritiva de direito tenha a mesma duração da pena privativa de liberdade.

Dados do IBGE mostram: Maranhão tem maior queda na taxa de desemprego

Pelo terceiro ano consecutivo, Maranhão teve crescimento percentual do emprego com carteira assinada (Foto: Gilson Teixeira)

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados na última semana, mostram o Maranhão numa posição privilegiada: a maior queda na taxa de desemprego, no país, no último trimestre do ano passado. O recuo foi de 14,1% no 3º trimestre para 12,1% nos últimos três meses de 2019. É a terceira queda consecutiva do desemprego registrada no estado.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) divulgada pelo IBGE, na última sexta-feira (14), referente ao 4° trimestre de 2019. Os números mostram que o Maranhão teve taxa menor que a do Nordeste, com 13,6% de desocupação no 4° trimestre de 2019. Em números absolutos, a quantidade de pessoas desocupadas no Maranhão caiu de 373 mil para 321 mil.

O secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, Jowberth Alves, explica que esse resultado é reflexo do fortalecimento das políticas de enfrentamento ao desemprego e também de atração de novos empreendimentos para o Maranhão.

A gente está colhendo os resultados de todo um trabalho que o governador Flávio Dino vem desenvolvendo ao longo dos cinco anos de gestão. E a gente comemora essa diminuição do desemprego aqui no estado. Ao contrário do restante do país, o Maranhão se destaca cada vez mais, basicamente por causa de uma política séria, voltada para os interesses dos trabalhadores, reflexo de uma segurança jurídica e política que o governo Flávio Dino vem passando, não só para o Maranhão, mas para o Brasil”, defendeu o secretário.

Há o envolvimento de diversas secretarias nessa missão, que vai desde o acompanhamento, mais próximo, de empreendimentos, a busca por investidores e a realização de formações técnicas. Jowberth defende que um dos fatores que fizeram o Maranhão assumir esse papel de destaque é o investimento público. “Quando o Maranhão mantém um grande volume de obras públicas, como construção de escolas e pavimentação de ruas, gera emprego e renda”, pontua o secretário.

Carteira assinada

Segundo números do Ministério do Trabalho, apresentados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Maranhão, pelo terceiro ano consecutivo, registrou crescimento percentual do emprego com carteira assinada. Só em 2019 foram criadas 10.707 vagas formais no estado, uma alta de 2,3% acima da média nacional (1,68%) e quase o dobro da nordestina (1,21%).

Seduc regulamenta regulamenta Eleição Unificada de Grêmios Estudantis nas escolas públicas

Secretário de Educação, Felipe Camarão

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), divulgou, nesta terça-feira (18), a Portaria que regulamenta Processo de Eleição Unificada da diretoria do Grêmio Estudantil e representantes de turma (líder e vice-líder) nas escolas públicas, como ferramenta da gestão democrática no âmbito da Rede Pública de Ensino.

Esta é a primeira vez que o processo de eleição para os Grêmios Estudantis e representantes de turma acontecerá de forma unificada em todo o estado, e será realizado garantindo a autonomia dos estudantes, em parceria com a gestão e comunidade escolar.

De acordo com o calendário estabelecido na Portaria regulamentadora, a votação para representantes de turma (líder e vice-líder) acontece no período de 17 de fevereiro a 03 de março de 2020, em todas as unidades de ensino, por turma, no horário de seu funcionamento. Já a votação para Diretoria dos Grêmios Estudantis entre os dias 23 e 27 de março, também em cada unidade de ensino, por meio de voto livre e secreto.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destaca que a formação de grêmios estudantis faz parte das ações do Governo do Estado de incentivo a uma gestão educacional democrática.

O incentivo à criação e fortalecimento de grêmios estudantis é uma política do Governo Flávio Dino. A rede estadual de ensino que, em 2015, contava com apenas 32 Grêmios Estudantis formalizados, teve esse número multiplicado e já chegou a mais de 400 grêmios instituídos, nos quatro cantos do Maranhão. E queremos com essa formalização da eleição unificada, fortalecer, ainda mais, a participação dos nossos estudantes nas decisões da escola, que deve ser sempre um espaço democrático”, disse Felipe Camarão.

As etapas do processo eleitoral para representantes de turma e Diretoria dos Grêmios Estudantis obedecerão ao calendário estabelecido pela Seduc e orientações disponíveis em cartilha, disponibilizada no site da Secretaria.

O processo para eleição da Diretoria dos Grêmios Estudantis será acompanhado e direcionado da seguinte forma: I. Comissão de Acompanhamento Estadual, composta por cinco membros, sendo: a) três representantes da Seduc; b) dois representantes das Entidades Estudantis, indicados pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas; II. Comissão Eleitoral Escolar, formada em cada Unidade de Ensino, composta por cinco estudantes, podendo ser, mais ou menos, conforme definição da assembleia-geral dos estudantes que elegerão a mesma, sendo: a) um estudante Presidente; b) um estudante Vice-Presidente; c) um estudante Secretário; d) um estudante Fiscal I; e) um estudante Fiscal II.

A Portaria rege, ainda, que para as unidades de ensino que não possuírem Grêmio Estudantil, a assembleia geral será convocada por uma comissão pró-grêmio, de caráter provisória, composta por representantes de turma ou estudantes interessados em formar o grêmio, com a finalidade de mobilizar para a assembleia geral e conscientizar sobre a importância do grêmio.

Para mais informações os estudantes interessados em participar do Processo de Eleição Unificado devem consultar a Portaria disponível no site da Seduc ou entrar em contato com a coordenação do Programa Mais Grêmios, por meio do e-mail [email protected]

Abaixo a Portaria.

Foto Reprodução
Foto Reprodução

Prefeito de Matões do Norte é condenado por contratar serviços sem licitação

Prefeito de Matões do Norte, Padre Domingos Costa Correia

O prefeito de Matões do Norte, Padre Domingos Costa Correia, foi condenado por improbidade administrativa, por ter realizado diversas contratações de forma verbal e sem licitação, em 2017. A sentença é do juiz Paulo do Nascimento Júnior, titular da comarca de Cantanhede, com base no artigo 11, caput, da Lei de Improbidade Administrativa (nº 8.429/92),

O prefeito foi penalizado com o pagamento de multa civil no valor correspondente a cinco vezes a última remuneração mensal; suspensão dos direitos políticos, pelo período de três anos; à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos.

A condenação atendeu ao pedido do Ministério Público na Ação de Improbidade em desfavor de Domingos Costa Correia, com base em denúncia de que o prefeito procedeu a contratação de prestadores de serviço sem licitação e contrato escrito. Nos autos consta que o réu acertou verbalmente com quatro motoristas para esses prestarem serviços para a prefeitura, colocando os veículos à disposição do Município. O acerto exigia fornecimento diário do veículo, mediante pagamento de R$5 mil à R$7 mil. Mas os prestadores de serviço não receberam o pagamento prometido, o que levou a apresentarem reclamação ao Ministério Público.

Dentre as provas produzidas nos autos, foram anexados ao processo ofício em que o secretário de infraestrutura solicita o pagamento aos fornecedores e planilha de controle de locação de veículos. Ariston Barbosa Carvalho, secretário de infraestrutura, declarou a realização de contratação sem licitação e que os motoristas prestaram serviços ao município e forneceram veículos para locação. Depoimentos dos motoristas confirmam a prestação de serviços sem a formalização de contratos. Também ficou constatada nos autos a celebração de contrato verbal e sem licitação para fornecimento de máquinas pesadas por outra pessoa contratado.

A alegação de descentralização da administração municipal não se presta a isentar de toda e qualquer responsabilidade o prefeito, isso porque, como gestor máximo do Município, cabe a ele fiscalizar o trabalho dos seus subordinados, que, a propósito, são por ele escolhidos, para os cargos de maior envergadura. Acrescente-se que o próprio réu – diretamente – realizou contratação verbal e sem licitação”, enfatiza o juiz na sentença.

A sentença concluiu que ficou caracterizada a violação a princípios da administração pública, pela prática de atos de improbidade administrativa enquadrados no artigo 11, caput, da Lei n.º 8429/92, com a lesão aos princípios da legalidade, impessoalidade e moralidade que devem reger a administração pública.

O juiz ressalta, no entanto, que a penalidade de ressarcimento integral do dano não deve ser imposta, uma vez que exige prova do efetivo dano causado, o que não consta nos autos.

Governador anuncia pagamento dos servidores do Estado para dia sábado (22)

Governador Flávio Dino

O governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB), anunciou hoje, nas redes sociais, que as remunerações dos servidores do Governo do Maranhão, relativas ao mês de fevereiro de 2020 serão pagas no próximo sábado, dia 22.

Para ter acesso à versão digital do contracheque é só clicar em www.portaldoservidor.ma.gov.br/portal. Para fazer login no Portal, é necessário possuir senha cadastrada.

‘O dono de Codó agora quer ser dono de Coroatá’, diz Ricardo Murad sobre FC Oliveira

Prefeito Francisco Nagib e o pai Francisco Carlos de Oliveira e Ricardo-Murad

Proprietários de dois postos de combustíveis de Coroatá declararam guerra e resolveram derrubar os preços dos produtos para os proprietários de veículos automotores. Enquanto os codoenses estão pagando até R$ 4,85 pelo litro de gasolina, os coroataenses estão pagando menos de R$ 4 pelo litro do mesmo tipo de combustível.

A guerra está sendo travada pelo ex-deputado estadual Ricardo Murad, dono do Posto Cajueiro, e o industrial Francisco Carlos de Oliveira, proprietário do Posto FC. A briga pra saber quem vai vender a gasolina mais barata está deixando os coroataenses animados e revoltando os codoenses. A população de Codó agora cobra que a gasolina vendida nos postos FC de Codó também sejam comercializada pelo mesmo valor de Coroatá.

Uma imagem do Posto FC de Coroatá, mostrando que a gasolina está sendo vendida ao preço de R$ 3,99, viralizou nas redes sociais no último domingo (16) e deixou Ricardo Murad indignado. O ex-deputado fez um desabafo surpreendente em seu perfil no Instagram (veja abaixo).

Foto Reprodução

O dono de Codó agora quer ser dono de Coroatá.

Comparem preços dele em Codó e em Coroatá. Vejam a diferença.

Em Codó FC Oliveira não tem concorrente. Ele domina sozinho, manda em tudo e vende no preço que quer. Espolia e mantém como escravos os codoenses que precisam reagir. Basta de exploração.

Em Coroatá acabamos com o abuso, quebramos um cartel que assaltou o bolso dos coroataenses por muitos e muitos anos e agora o chefão resolveu reagir vendendo gasolina com prejuízo pra tentar fechar o Posto Cajueiro.

O Posto Cajueiro chegou em Coroatá para vender combustível pelos menores preços, mas não venderemos com preços que comprometam a sobrevivência da nossa empresa. Temos responsabilidade com nossos funcionários e fornecedores.

Do Blog do Marco Silva

Prefeitura de Caxias paga salários de aposentados e servidores antes do Carnaval

Foto Divulgação

A Prefeitura de Caxias, cumprindo o compromisso com os caxienses que estão na ativa e os que já contribuíram com o município e hoje são aposentados, já pagou de forma antecipada o salário de fevereiro.

Foto Divulgação

A cidade de Caxias tem se destacado desde 2017, na atual gestão, inovando na forma de se relacionar com os servidores municipais quando o assunto é o pagamento do funcionalismo. De forma inédita, a administração municipal tem feito a sua parte, motivando e aplicando os recursos municipais em obras públicas, sendo a maioria executada com recursos próprios, mas, ao mesmo tempo, mantém a folha de pagamento em dia, aliás, antecipada, beneficiando o comércio, que tem suas vendas aquecidas.

A economia local é uma das maiores beneficiadas com o pagamento antecipado. Além disso, o Cartão do Servidor dá a possibilidade aos funcionários municipais de terem acesso a 30% do salário antes do pagamento antecipado, fazendo com que mais de R$ 6 milhões possam girar na economia de Caxias.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, reforçou durante o programa Café com o Prefeito desta segunda-feira (17) que é preciso sempre colocar as pessoas em primeiro lugar. A humanização no atendimento e a priorização das demandas da população devem sempre ser levadas em conta, a fim de possa construir a “cidade que a gente quer”.

Quem ama faz bem feito. Eu durmo achando que já fiz muito e acordo achando que posso fazer muito mais por nosso município. Este é o compromisso da nossa gestão, pagar antecipado e valorizar o nosso povo. Só valorizando a nossa cidade e o nosso povo vamos concretizar o sonho de construir a cidade que a gente quer”, disse o prefeito.