Zé Doca: advogado preso se passando pelo sobrinho em prova na UEMA é homicida

Jocinaldo foi preso em flagrante
Jocinaldo foi preso em flagrante

Um advogado identificado como Jocinaldo Silva Souza foi preso neste domingo (20) pela Polícia Civil do Maranhão na cidade de Zé Doca, pela pratica do crime de Estelionato Tentado (Art. 171, capítulo, C/C Art.14, II, ambos do Código Penal).

Jocinaldo foi retirado de dentro de uma das salas da Universidade Estadual do Maranhão naquela cidade, quando estava prestes a realizar a prova de vestibular para Oficial da Polícia Militar, se passando pelo sobrinho, o nacional Thales Eduardo Souza de Lima, fazendo uso, para tanto, de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) adulterada.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado, a coordenação da UEMA, como já estava previamente avisada pelo setor de inteligência da Polícia Civil, retirou o conduzido da sala de prova e o entregou para a PM, que fez a condução do mesmo ao plantão da delegacia de Zé Doca.

Jocinaldo (à esquerda) se passava pelo pelo Thales
Jocinaldo (à esquerda) se passava pelo pelo Thales

Após a lavratura do flagrante, o conduzido foi encaminhado para a unidade prisional também em Zé Doca, onde se encontra a disposição da Justiça. O conduzido tem 49 anos de idade, é advogado, e já cumpriu pena por homicídio qualificado.

Um comentário em “Zé Doca: advogado preso se passando pelo sobrinho em prova na UEMA é homicida”

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>