ACABOU! Depois de 20hs, Senado aprova impeachment e afasta Dilma

Dilma Rousseff (PT) é afastada por 180 dias após votação no Senado
Dilma Rousseff (PT) é afastada por 180 dias após votação no Senado

Terminou agora, à 6h e 34 min desta quinta-feira (12) a votação extraordinária iniciada ontem (11) no plenário do Senado Federal com um resultado que deixa petistas e mais de 55 milhões de brasileiros que foram às urnas em outubro de 2014, extremamente desapontados.

O resultado proferido com uma leitura final pelo presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) foi o esperado. Numa sessão que durou mais de 20 h e virou a madrugada com debates e opiniões contundentes, a maioria esmagadora dos senadores disse SIM e aceitou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A petista ficará então afastada por 180 dias e quem assume interinamente a Presidência da República do Brasil, é o vice Michel Temer (PMDB-SP). Foram 55 votos a favor do impeachment e 22 contra.

O resultado da votação será publicado no Diário do Senado de hoje. Assim que Dilma for notificada, ela fica oficialmente afastada do cargo. A lei prevê 10 dias para que a Presidência apresente a defesa.

A partir de agora a Comissão Especial do Impeachment do Senado retoma seu trabalho, desta vez analisando o mérito do processo de impeachment e a culpa ou não da presidente agora afastada da República.

Não existe limite de prazo para que a comissão finalize o relatório e encaminhe à votação do plenário. A previsão é que o julgamento final de Dilma aconteça por volta de setembro. Esta sessão será presidida pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowscki, caso ele ainda esteja na função, pois Cármen Lúcia assume a presidência do Supremo em setembro.

Os senadores maranhenses Roberto Rocha (PSB) e Edison Lobão (PMDB) se posicionaram à favor do impeachment. João Alberto (PMDB) foi contra.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>