IMPEACHMENT PASSA E DILMA É DERROTADA NA CÂMARA…

Presidente Dilma Rousseff
Presidente Dilma Rousseff

Depois da maior sessão parlamentar realizada na Câmara dos Deputados em Brasília que durou mais de 40 horas consecutivas – a mais longa da história do país – e conforme previsto pelas estatísticas mostradas pela imprensa nacional, deputados federais decidiram neste domingo (17) pelo prosseguimento do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT).

A oposição precisou de 342 votos para que o impeachment triunfasse e assim aconteceu. Daqui em diante o processo segue para o Senado Federal, onde será criada uma nova comissão que pode ou não aceitar a denúncia contra a petista.

Caso os senadores aceitem a instauração do afastamento, ele só será concretizado se houver 54 votos dos 81 senadores. Com os votos necessários, Dilma então terá que se afastar do cargo por até seis meses, prazo esse em que será julgada em sessões comandadas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal.

Na última quarta-feira (13), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), reafirmou que não vai tomar qualquer atitude para acelerar o rito do impeachment na Casa. Ele disse que vai cumprir os prazos previstos no regimento interno e fez questão de exaltar que vai cumprir o papel “institucional” de presidente do Senado. Renan já está sendo pressionado pela oposição e por aliados do vice-presidente Michel Temer a acelerar a votação, pelo plenário do Senado, pelo afastamento da presidente.

Pelo calendário proposto pelo Senado, essa decisão só deve ser tomada no dia 11 de maio, isto é, 24 dias após a decisão de hoje.

Um comentário em “IMPEACHMENT PASSA E DILMA É DERROTADA NA CÂMARA…”

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>