TURISMO: No Carnaval, nem o Zika vírus quis ficar em São Luís…

Restaurante, bares e hotéis vazios em São Luís
Restaurante, bares e hotéis vazios em São Luís

O Blog recebeu de um grupo de produtores de eventos de São Luís, um manifesto repudiando as políticas públicas mal elaboradas para o Turismo por parte de gestores.

Para eles, o Carnaval de São Luís não é mais o mesmo por conta das mudanças que não agregaram nada de positivo à cidade.

Veja a carta abaixo:

Quando, aonde, quem, onde fica, eu confesso que estou me perguntando onde está aquele carnaval que a cidade de São Luis pegava fogo, a rua do passeio, a Deodoro, o Reviver, as praias lotadas, os ônibus de turismo, os hotéis, os restaurantes, o clima, o transito, enfim onde está o carnaval de São Luís ? Como produtor cultural e consciente da crise que o país passa, me pergunto porque capitais como recife e salvador conseguem levar maranhenses a kilo, qualquer profissional fica desanimado, os bares e restaurantes, os hotéis, até os cidadãos comuns não tem incentivo para sair.

Não sou político, longe de mim ser é muito menos partidário, mais tenho pena do cenário que se tornou a ilha, que um dia foi conhecida como 3º melhor carnaval do Brasil. Não entro no mérito da culpa, desejo que o livre arbítrio e a consciência de quem poderia fazer algo, se manifeste e mude, com este depoimento espero alerta a todos, pois perdemos no geral, o carnaval é cultura, música, alegria, turismo, numa época de crise então, ajuda fomentar a economia, assim como os show evangélicos também fazem parte deste momento, as cabeças pensantes tem que saber lidar com ambos os lados, porque é triste andar em plena litorânea e ver bares e casas sem cliente, sem clima é como se tivesse dado um alerta de tsunami e só ficou quem realmente não tinha dinheiro para viajar e contava com o mínimo necessário para se divertir.

Uma cidade sem pessoas, sem turista é impossível a iniciativa privada fazer algo que agregue valor ao turismo e economia, dizem que o engenheiro cuida de obra, o médico de saúde, o advogado da justiça, acredito que entretenimento tem que se ter profissionais que saibam o que fazer, responsabilidades que em uma época de carnaval o fracasso ou o sucesso fazem a diferença na cidade, assim como Paulinho da Viola disse e pediu para não alterarem o Samba assim, tentarei levantar a bandeira para que não possamos permitir e ALTERAR O CARNAVAL DE SÃO LUIS assim, segunda-feira de Carnaval e parece que todos os dias são sexta-feira Santa…

Competência, experiência, maturidade ou será coerência para realmente unir forças e olhar o todo esquecendo as diferenças para fazer um bom trabalho…

Abaixo, imagens registradas pelo Blog na manhã desta segunda-feira (8) em São Luís:

9 comentários em “TURISMO: No Carnaval, nem o Zika vírus quis ficar em São Luís…”

  1. Falador

    6 anos atrás  

    Carnaval… Antes foi o réveillon… Desde que o senhor Flávio Dino assumiu o governo do estado não temos por cá festas que atraiam turistas de qualquer lugar. É bem verdade que a crise econômica nacional estabelece limites aos gastos com festas e tudo mais, mas quem em sã consciência viria para São Luís ver desfile da Favela do Samba ou Turma do Quinto, ou qualquer outra “escola”? Quem viria para uma cidade onde o povo atende mal o cliente, debocha quando se reclama e faz pouco caso com quem se revolta?? Os produtores culturais (?) que trazem pra cá shows a valores superiores aos praticados país à fora estão hoje de pires na mão, quase a beira do desespero por sua própria culpa. Os administradores estadual e municipal, cercados de incompetentes pouco conhecedores do assunto Cultura, seguem o protocolo de economizar e o povo se não gostar que se dane. O governador ainda segue os ditames de juiz federal, e o prefeito, por ser evangélico, sabe bem menos de festa que seus assessores. E assim segue a quebradeira dos que dependem de turistas para ganhar seu sustento. Em pouco tempo hotéis vão demitir funcionários, e o número de lascados no estado vai aumentar de forma exponencial.

  2. nildo souza

    6 anos atrás  

    GLÓRIA A DEUS POR ISSO. ESPERO QUE TODOS OS ANOS SEJAM ASSIM. QUE ESSA FESTA EM HOMENAGEM A SATANÁS ACABE DE UMA VEZ POR TODAS PARA QUE ASSIM HAJA PAZ EM NOSSA CIDADE.

    • Sérgio Carvalho

      6 anos atrás  

      Vai dá ter dinheiro pra pastor, evangélico boçal.

  3. 6 anos atrás  

    […] Quando, aonde, quem, onde fica, eu confesso que estou me perguntando onde está aquele carnaval que a cidade de São Luis pegava fogo, a rua do passeio, a Deodoro, o Reviver, as praias lotadas, os ônibus de turismo, os hotéis, os restaurantes, o clima, o transito, enfim onde está o carnaval de São Luís ? Como produtor cultural e consciente da crise que o país passa, me pergunto porque capitais como recife e salvador conseguem levar maranhenses a kilo? qualquer profissional fica desanimado, os bares e restaurantes, os hotéis, até os cidadãos comuns não tem incentivo para sair. Continue lendo aqui… […]

  4. Raimundo

    6 anos atrás  

    O Nildo está certīssimo. Turismo aqui nāo existe porque os políticos nāo cuidam da nossa cidade, o povo mal educado e tudo muito caro. Que os mesmos visitem Fortaleza e Salvador que sentirāo sa diferença; principalmente na infra estrutura fa cidade.

  5. Thays Marinho

    6 anos atrás  

    Com uma cidade violenta onde ninguém pode sair de casa que tem o risco de ser sequestrado, assaltado, mulheres estupradas e até mesmo assassinadas, é óbvio que quem não viajou para outro estado está em casa o mínimo de segurança que lhe resta. Sou Ludovicence, mas moro em Santa Catarina, tenho saudades da minha ilha, mas receio de voltar ao menos a passeio com medo da insegurança e violência nas ruas.

  6. Falador

    6 anos atrás  

    Quem escreve é o FALADOR, que vê as coisas acontecerem , critica sem partidarismo, sem atrelamentos políticos e sem compromisso de agradar a quem quer que seja.

  7. João de Deus V. da Silva

    6 anos atrás  

    Realmente, o FALADOR, como se intitula ao colega que comenta sobre a derrocada do turismo no Maranhão, com mais fortes reflexos na capital, São Luís, está coberto de razão, e só não enxerga isso quem não quer ou está muito preocupado em defender a ausência de políticas públicas pra incrementar o turismo na capital.

    A bem da verdade, minha gente, são Luís não mais tem atrativo de absolutamente nada! Hoje, o turista que pesquisar um lugar para conhecer, só mesmo sendo idiota opta por São Luís.

    Falando francamente, minha gente, o que é que temos para oferecer a um turista estrangeiro, habituado a tratamento profissional de alta qualidade?

    Hoje, nem praias temos para tomar um banho legal. Tá tudo poluído, com esgotos in natura sendo despejados diretamente nas praias… qual é o turista estrangeiro, viajado pelo mundo inteiro, que vai aguentar uma droga dessa?

    Çpor outro lado, preços exorbitantes de comida sem qualidade… fala-se da culinária maranhense, mas a qualidade desta só se vêem pouquíssimos lugares… não é uma coisa comum nos bares e restaurantes comuns…

    Enfim, turista estrangeiro, ou mesmo brasileiro que vem pra São Luís, é porque não está bem informado… não pesquisou nada. É como diz o carioca: é um fariobaca, ou seja, uma mistura de fariseu com babaca!!!

    Joaõzinho travessura

  8. Deveriamos mesmo fazer uma manifestação mas em defesa das pessoas que estão enfermas ou seja doentes e carnavalesco do maranhão colocam bando enfrente aos hospitais da cidade isto é uma maldade e um desrespeitos as leis .....

    6 anos atrás  

    Uma festa muito triste aos olhos de DEUS. pois uma festa que dura 3 dias mas morrem tantas gente os hospitais ficam lotados de pessoas feridas, os jovens destruidos por meio da bebida e drogas e ninguém percebe,,,,

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>